20 ago 2018

Caixa reforçado! Copa do Brasil traz nova receita ao Tupi em 2019



 

Copa do Brasil: cota da competição em 2019 é um alento para a nova temporada do Tupi

Logo após o ainda recente rebaixamento para a Série D do Campeonato Brasileiro, os pensamentos do torcedor alvinegro juiz-forano já se voltaram para a próxima temporada. E se serve de alento para os ainda doloridos corações carijós, o time local terá mais condições financeiras do que teve no último ano para tentar voltar à disputa da Série C em 2020.

  Isso porque, com o título do interior no Campeonato Mineiro, o Tupi conquistou uma vaga na Copa do Brasil de 2019. A competição nacional em 2018 distribuiu generosas cotas de premiação a cada fase e deve manter, se não aumentar, o patamar das premiações.

Mais dinheiro

  Só por entrar em campo no primeiro confronto da Copa do Brasil, o Tupi vai embolsar R$ 500 mil brutos caso a competição siga a divisão de prêmios desta temporada. Isso representa um incremento de receita bruta de 50% em relação ao que o clube arrecadou em 2018 com a cota de televisão do Campeonato Mineiro. Os clubes do interior receberam cerca de R$ 1 milhão brutos da Rede Globo, repassados pela Federação Mineira de Futebol (FMF).

  Se avançar apenas no mata-mata inicial da competição nacional, o Carijó vai mais do que dobrar esse valor. Tomando-se como base a atual premiação, o Carijó receberia, além dos R$ 500 mil iniciais, outros R$ 600 mil. Chegando à terceira fase, o clube juiz-forano colocaria mais R$ 1,4 milhão em seus cofres.

  Avançando às fases seguintes, caso seja mantida a premiação atual da Copa do Brasil em 2019, o Tupi receberia R$ 2,4 milhões, R$ 3 milhões e R$ 6,5 milhões, respectivamente, alcançando as semifinais. O vice-campeão do torneio leva R$ 20 milhões, e o campeão R$ 50 milhões em 2018, o maior prêmio já pago pela competição em sua história.

Fazendo as contas

  Se não pode contar com o avanço de fases para projetar seu orçamento, os R$ 500 mil iniciais da Copa do Brasil são garantidos. Outra cota certa é a do Campeonato Mineiro, de R$ 1 milhão. Assim, o Tupi terá pelo menos R$ 125 mil mensais brutos para bancar a temporada.

  Mantendo o patamar de patrocínios diretos de 2018, o clube contará com mais R$ 51 mil por mês, como revelou o diretor de futebol, Nicanor Pires, na última terça, dia 14, em entrevista coletiva. Assim, seriam R$ 175 mil mensais para o futebol carijó na próxima temporada, um crescimento em relação aos cerca de R$ 134 mil mensais desse ano.

Texto: Toque de Bola – Wallace Mattos com informações do jornal O Tempo e da CBF

Foto: site CBF – Confederação Brasileira de Futebol


Voltar

Deixe uma resposta

Notícias


24 set 2018
Copa Prefeitura Bahamas de Futebol Amador: resultados e tabelas

14 set 2018
11ª Semana Paralímpica tem desfile sábado e vai até o dia 22

14 set 2018
No Triângulo! Tupi Futsal disputa finais do Mineiro do Interior sub-20

13 set 2018
Haja fôlego! Arthur Rizzo encara as 12 horas da Maratona Aquática

+ notícias

Toque de Bola

O primeiro portal exclusivo de esportes de Juiz de Fora cresceu rápido! Lançado oficialmente em janeiro de 2011, o Toque de Bola conquistou milhares de seguidores também nas redes sociais. Estamos no Instagram, no face, no Twitter. Informação dinâmica, com credibilidade e agilidade.


Acesse

error: Conteúdo protegido.