Previsão de entrega do Ginásio Poliesportivo é maio de 2023

 

Ginásio Poliesportivo Jornalista Antônio Marcos Nazaré Campos

Maio de 2023. Esta é a previsão para o término das obras do Ginásio Poliesportivo Jornalista Antônio Marcos Nazaré Campos, de Juiz de Fora, divulgada em visita da prefeita Margarida Salomão, na manhã de quinta-feira, dia 21 de julho.

A administração do Complexo Esportivo está a cargo da Secretaria de Esporte e Lazer (SEL) pretende torná-lo um espaço multiuso, para além do esporte, e também um local para atrações artísticas e culturais.

“O Ginásio Municipal é uma obra começada há tantos anos que finalmente será entregue para Juiz de Fora e ao Brasil. A obra está sendo realizada com muito capricho pela empresa Ribeiro Alvim, com a supervisão da nossa Secretaria de Obras. É um projeto muito bacana e muito completo. A população de Juiz de Fora vai contar com equipamento de padrão mundial, onde vamos poder desenvolver esportes dos quais nós temos uma vocação histórica tão valiosa”, avalia a prefeita. A previsão de término da obra é maio de 2023.

Já o secretário de Esporte e Lazer, Marcelo Matta destaca que  “o ginásio será um importante aparelho esportivo para cidade, onde várias atividades de esportes, lazer e de cultura poderão ser realizadas. Isso gera mais qualidade de vida para o município e para os cidadãos”. O complexo esportivo terá capacidade para quatro mil pessoas.

Em abril deste ano, a prefeita divulgou a contratação da empresa Ribeiro Alvim Engenharia Ltda. para a complementação das obras de construção do Ginásio. Localizado no bairro Aeroporto, ele contará com quadra poliesportiva, salas multiuso, vestiários, sala de musculação e espaço para descanso dos atletas. Integrando o Complexo Esportivo Moacyr Toledo, o Ginásio Municipal irá receber jogos de quadra como futsal, basquete, handebol e vôlei.

 

Texto: Toque de Bola, com informações da assessoria da Prefeitura de Juiz de Fora

Foto: Carlos Mendonça – PJF

Ivan Elias

Ivan Elias, associado do Panathlon Club de Juiz de Fora, é jornalista, formado em Comunicação Social pela UFJF. Trabalhou por mais de 11 anos no Sistema Solar de Comunicação (Rádio Solar e jornal Tribuna de Minas), em Juiz de Fora. Já foi freelancer da Folha de S. Paulo, atuou como produtor de matérias de TV e em 2007 e 2008 “defendeu” o Tupi, na Bancada Democrática do Alterosa Esporte, da TV Alterosa (SBT-Minas). É filiado à Associação Mineira de Cronistas Esportivos (AMCE) e Associação Brasileira de Cronistas Esportivos (Abrace).

Deixe seu comentário