Derrota na final não desanima JF Imperadores: “É só o início do projeto”

JF Imperadores x Cruzeiro: primeiro jogo de futebol americano na história do Estádio Municipal Radialista Mário Helênio

O dia 12 de junho de 2022 ficou marcado. Foi o primeiro jogo de futebol americano promovido no Estádio Municipal Radialista Mário Helênio nos mais de 30 anos do estádio.

Personagem local da final, o JF Imperadores ainda comemora o fato de ter estado no principal palco do esporte da cidade e região. A partida era decisiva pelo Campeonato Mineiro e o resultado foi favorável ao adversário: Cruzeiro 17 a 7.

Mais que o resultado – naturalmente a equipe local buscava a taça depois de uma excelente campanha, o momento é de entender o que significou atuar no Estádio Mário Helênio, o reconhecimento de antigos e novos adeptos, e projetar a sequência esportiva e nos bastidores.

JF Imperadores x Cruzeiro

Em resposta ao Toque de Bola, o vice-presidente do JF Imperadores, Daniel Magalhães, analisou o momento da equipe:

“Infelizmente a vitória não veio, a gente perdeu por 17 a 7. No primeiro tempo, o time ficou um pouco desligado, o Cruzeiro começou na frente por 17 a 0, depois a gente ligou um pouco no segundo tempo só que já era tarde demais, ficou 17 a 7. Ficamos com o vice-campeonato da primeira fase do Campeonato Mineiro Gerais Bowl. Eu acho que a gente foi campeão fora de campo, não dentro de campo, porque o evento foi lindo, colocamos mais de 1.100 pessoas lá no Estádio Municipal, a torcida vibrou com a gente mesmo perdendo. É só o começo do projeto, sabemos o tamanho das dificuldades de manter esse projeto vivo. As adversidades que a gente tem no esporte com patrocínio, para treinar, com tudo… Estamos bem motivados a desenvolver mais o esporte em Juiz de Fora e vamos que vamos,  a gente ainda está animado e focado no segundo semestre, no Campeonato Brasileiro de Futebol Americano”.

  Boa notícia

JF Imperadores x Cruzeiro

Fora de campo, inclusive, nesta semana foi anunciada a aprovação de um projeto na Lei de Incentivo ao Esporte em Minas Gerais. “As empresas podem deduzir até 3% do seu ICMS devido ao Governo de Minas no custeio do projeto”, informa a direção da equipe, em suas redes sociais.

Ainda segundo explica a nota divulgada pelo JF Imperadores, “é possível que o apoio financeiro, feito por empresas, a projetos esportivos aprovados pela Subsecretaria de Esportes da Secretaria de Estado do Desenvolvimento Social (Subesp), seja deduzido do saldo devedor mensal do ICMS, também conhecida como “ICMS corrente”, alocando o recurso em forma de esportes para a população”.

JF Imperadores x Cruzeiro

 

Texto: Toque de Bola

Fotos: Giovanni Nascimento, cedidas pelo JF Imperadores

Ivan Elias

Ivan Elias, associado do Panathlon Club de Juiz de Fora, é jornalista, formado em Comunicação Social pela UFJF. Trabalhou por mais de 11 anos no Sistema Solar de Comunicação (Rádio Solar e jornal Tribuna de Minas), em Juiz de Fora. Já foi freelancer da Folha de S. Paulo, atuou como produtor de matérias de TV e em 2007 e 2008 “defendeu” o Tupi, na Bancada Democrática do Alterosa Esporte, da TV Alterosa (SBT-Minas). É filiado à Associação Mineira de Cronistas Esportivos (AMCE) e Associação Brasileira de Cronistas Esportivos (Abrace).

Deixe seu comentário