A caminho da Segunda Divisão estadual, Villa Real comemora título invicto da Copa Regional

Villa Real faz o gol do título e comemora

A caminho da Segunda Divisão do futebol mineiro, competição na qual será o único representante de Juiz de Fora, o Esporte Clube Villa Real conquistou, no domingo, 26 de junho, em jogo iniciado às 11h, o título invicto da Copa Regional Zona da Mata.

A partida chamou a atenção não só pelo que ocorreu em campo – vitória por 1 a 0, gol de Michel, já nos instantes finais,  mas pela boa presença de público, trazendo boas lembranças ao torcedor da cidade e região, quando o estádio José Procópio Teixeira reunia centenas e até milhares de torcedores nas arquibancadas e cadeiras.

De acordo com informações divulgadas pela assessoria do novo clube de futebol juiz-forano, o público na final, diante do Trintão, foi de 1.400 torcedores.

O texto divulgado pelo clube após a partida começa com as seguintes palavras:

“Primeira competição de sua história. Campeão. Invicto. Defesa menos vazada. Somente jogadores e funcionários de Juiz de Fora. Parece roteiro de filme, mas é só o início da história do Villa Real. O Time do Povo provou que é sim possível fazer diferente na cidade, com honestidade, trabalho, dedicação e transparência.”

A boa presença de público chamou a atenção na final da Copa Regional Zona da Mata 2022

Na sequência, a nota afirma que disputar a competição foi um risco. “(…)sendo uma competição amadora, um time profissional teria a obrigação de ganhar. Se não ganha, a desconfiança viria. Por outro lado, equipes super experientes, acostumadas com tudo que envolve a competição. Para o Villa, tudo novo, inclusive o título.”

O Villa Real teve a melhor campanha na fase de grupos, passou nas quartas e semifinais. Na final, em jogos de ida e volta contra o Trintões, empate por 1 a 1, em Belmiro Braga, com gol no final de Carrasco, e no segundo jogo, no Sport, vitória por 1 a 0, com gol de Michel, também no final da partida.

    “Mais uma vez, os jogadores fizeram valer a alcunha de time do povo. Como o povo, não pararam de lutar em nenhum momento e acreditaram que tudo daria certo. Só quem estava entre os 1400 presentes pode sentir a vibração e a adrenalina na hora do gol e na comemoração do título. Adrenalina essa que só a águia juiz-forana possui.”, enalteceu a  nota.

Na parte em que constam os agradecimentos, um trecho foi dedicado à “nossa grande e barulhenta torcida. Sem vocês, nada disso seria possível. 1400 pessoas em um campeonato que não é profissional. Conseguimos resgatar o amor em muitos que estavam desacreditados com o futebol aqui.  É o começo da história do Time do Povo, logo com o título da Copa Regional Zona da Mata 2022. Que venha a estreia da Segunda Divisão do Campeonato Mineiro, no dia 7 de agosto!”.

   Confira os jogadores relacionados pelo Villa Real na decisão

Villa Real

1 Danilo
3 Sargento
13 Nogueira
2 Michel (João Victor)
7 Sá (Rhuan)
18 Lucas Thiago
5 Maicon
15 Tiago Félix (Carrasco)
20 Gui
8 Iago (Victor Moraes)
9 Wellintin (Mateus)

Reservas:
22 Arthur
16-Marcelo
14-João Vitor
25-Rayan
11- Carrasco
10-Victor Moraes
06- Mateus
21-Pedro
03-Batata
26-Luizinho
17 Rhuan

 

 

 

Escalação do Trintões na decisão:

12 Patinho
10 Mateus
27 Luan
4 Arial
6 Jason;
5 Juninho
8 Amaral
11 Dani;
7 Bolinha
8 Ramonzinho
9 Dim

Reservas:
14 Kevim – 37 Careca – 2 Kenedy – 17 Alisson – 18 Diogo – 19 Iago Assis – 97 Denilson – 3 Samuel – 16 Yago – 77 Rê – I Leone

Arbitragem
Arbitro: PC Zanovelli. Assistente 1: Vagner Zanovelli. Assistente 2: Valmdeir Batista

  Ouça aqui, no Spotify do Toque de Bola, entrevista com o presidente do Esporte Clube, Villa Real, feita antes da decisão da competição regional. O ex-jogador e agora dirigente fala sobre a inédita participação do clube na Segunda Divisão estadual

Texto com informações divulgadas pela assessoria do Esporte Clube Villa Real

Fotos: Gui Almeida – Villa Real

Ivan Elias

Ivan Elias, associado do Panathlon Club de Juiz de Fora, é jornalista, formado em Comunicação Social pela UFJF. Trabalhou por mais de 11 anos no Sistema Solar de Comunicação (Rádio Solar e jornal Tribuna de Minas), em Juiz de Fora. Já foi freelancer da Folha de S. Paulo, atuou como produtor de matérias de TV e em 2007 e 2008 “defendeu” o Tupi, na Bancada Democrática do Alterosa Esporte, da TV Alterosa (SBT-Minas). É filiado à Associação Mineira de Cronistas Esportivos (AMCE) e Associação Brasileira de Cronistas Esportivos (Abrace).

Deixe seu comentário