Toque nos Estaduais: Afogados da Ingazeira! Algoz do Galo luta pra não cair

Os estaduais de todas as regiões do Brasil sempre trazem equipes bem diferentes e, na maior parte das vezes, desconhecida do grande público. Muitos desses nomes relacionados a cidades, cultura e até mesmo com a boa criatividade de seus fundadores.

 O Toque de Bola separou uma lista com equipes com denominações bem diferentes, em distintas regiões do país.

O nome de hoje é um time que ficou conhecido por eliminar o Atlético Mineiro na segunda fase da Copa do Brasil com o goleiro que usava boné. Já sabe quem é? Sim, estamos falando do Afogados, time de Pernambuco que venceu e eliminou o galo nos pênaltis em 2020.

História

O Afogados da Ingazeira Futebol Clube é um clube brasileiro de futebol do município de Afogados da Ingazeira, na região do Sertão de Pernambuco, cidade que originou o nome do time. O distrito foi elevado à categoria de município em 1909 e conta com 37.243 habitantes, segundo o Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE). O clube foi fundado em 18 de dezembro de 2013.

No ano de 2014, após ser oficializado como um clube de futebol profissional, e após filiar-se à Federação Pernambucana de Futebol, ganhou o direito de participar do Campeonato Pernambucano de Futebol – Série A2 no qual acabou ficando nas quartas de final. No ano de 2015, voltou a disputar a Série A2 e ficou em terceiro lugar perdendo a vaga do acesso. Em 2016, ficou com o Vice do Campeonato Pernambucano de Futebol – Série A2 – 2016.

Na elite

No ano de 2017, veio a primeira participação na elite do Campeonato Pernambucano de Futebol. O time terminou na última colocação. Após disputar o Hexagonal da Permanência, garantiu continuação na elite. No ano de 2018, acabou a primeira fase da competição em oitavo lugar, enfrentando o Clube Náutico Capibaribe nas quartas de final da competição. No primeiro grande jogo de sua história, na Arena de Pernambuco, diante de mais de 18 mil torcedores, o Afogados acabou sendo derrotado por 1-0 no tempo normal, encerrando assim sua participação no Campeonato Pernambucano de 2018.

No ano de 2019, terminou em 3º lugar conquistando o título simbólico de Campeão do Interior. Na primeira fase do campeonato, o clube terminou em sexto lugar. Nas quartas de final enfrentou o Santa Cruz Futebol Clube e conseguiu a classificação para a semifinal com uma vitória nos pênaltis por 3 a 1. Perdeu a semifinal para o Clube Náutico Capibaribe, no estádio dos Aflitos e foi para a disputa do terceiro lugar da competição na qual venceu a equipe do Salgueiro. O ano de 2019 foi considerado um ano especial para o Afogados, por conseguir se classificar para dois torneios a nível nacional, pois o 3º lugar no estadual garantiu vagas na Copa do Brasil e na Série D do Campeonato Brasileiro de 2020.

Em 2020, no Campeonato Pernambucano, a equipe terminou em 6° lugar na 1ª fase, conseguindo uma vaga para as quartas-de-final, onde derrotou a equipe do Retrô por 1 a 0. Nas semifinais, foi eliminado por 3 a 0 pelo Salgueiro, terminando o campeonato na 4ª posição.

Feito histórico

Foto: Romário Silva/Afogados

O Afogados tem em seu capítulo mais importante da sua curta história ter eliminado o Atlético Mineiro da Copa do Brasil em 2020. O Galo era o favorito, mas não confirmou o status. No tempo normal, empate por 2 a 2, com gols de Candinho e Philip para o Afogados, Gabriel e Ricardo Oliveira para o Galo. Nos pênaltis, após 18 cobranças, melhor para os donos da casa, que comemoraram a classificação histórica e colocam R$ 1,5 milhão no bolso.

A eliminação foi a gota d’água para a diretoria do Atlético-MG em relação ao trabalho de Rafael Dudamel, técnico naquela oportunidade. Além da queda na Copa do Brasil, o Galo também foi eliminado da Copa Sul-Americana, pelo Unión, da Argentina naquele ano.

Mais uma coincidência

A maior vitória da história do Afogados teve como antagonista um adversário indiretamente ligado ao clube. O nascimento do time pernambucano ocorreu no dia de uma derrota marcante para a equipe mineira. O Afogados da Ingazeira Futebol Clube foi fundado no dia 18 de dezembro de 2013. Enquanto isso no mesmo dia, mas 5 mil km distante do interior pernambucano, o Atlético-MG perdia para o Raja Casablanca, no Marrocos, pela semifinal do Mundial de Clubes da Fifa.

Mascote e uniforme 

O time tem como mascote a coruja simbolizando a “inteligência e sabedoria”, e tendo como suas cores o azul, o vermelho e o branco, que também são as cores presentes na bandeira do município. Localizado a 386 quilômetros da capital, o Afogados tem um uniforme semelhante ao do Bahia, mas inspirado nas cores da bandeira da cidade, a terra da medalhista olímpica Yane Marques.

Estádio

O time manda os jogos no Estádio Municipal Valdemar Viana de Araújo, o Vianão. Ele tem capacidade total de 1.735 pessoas e foi construído em 1976. Em 2021, a Prefeitura de Afogados de Ingazeira abriu o estádio para escolinhas de futebol e clubes amadores no município para treinamentos. Cerca de 300 crianças e adolescentes estão sendo beneficiadas em cinco escolinhas diferentes.

 

Campeonato Pernambucano

A competição reúne 10 equipes brigando pelo título. São eles: Santa Cruz, Retrô, Salgueiro, Náutico, Sport, Caruaru City, íbis, Afogados, Vera Cruz e Sete de Setembro. O regulamento divide o campeonato em 5 fases.

– Primeira fase: os dez times colocados em um mesmo grupo jogam entre si, em caráter de turno único, ou seja, nove jogos para cada equipe.

– Segunda fase: são 4 colocados em 7º, 8º, 9º e 10º da Primeira Fase formam o grupo “B” que vão se enfrentar dentro do próprio grupo em jogos no sistema de IDA; as 02 equipes com menor número de pontos ganhos nessa fase são rebaixados e disputam a Série A2 em 2023.

– Terceira fase: os 04 colocados em 3º, 4º, 5º e 6º formam os grupos “C” e “D” quartas de final, enfrentando-se em jogos somente no sistema de IDA, os vencedores de cada grupo se classificarão para a fase seguinte. O terceiro colocado enfrenta o sexto, enquanto o quarto mede forças com o quinto.

– Quarta fase: os 02 clubes melhores colocados, 1º e 2º, juntam-se aos vencedores dos grupos “C” e “D”, formando os grupos “E” e “F” (semifinal) enfrentando-se em jogos no sistema de IDA, classificando-se os vencedores de cada grupo para a última fase. A vantagem vai para os dois representantes que se classificaram de forma direta após a primeira fase. Somente a final ocorre com jogos de ida e volta.

– Quinta fase: os vencedores dos grupos “E” e “F”, formarão o grupo “G” (finais), que se enfrentarão no sistema de IDA e VOLTA, e o vencedor será o CAMPEÃO. No Grupo “G”, o clube melhor colocado na Primeira Fase será o mandante no jogo da VOLTA. A equipe que obtiver 04 pontos ganhos, será CAMPEÃ, e havendo empate nos pontos ganhos entre as equipes, o critério de desempate será pelo saldo de gols ou pênaltis.

Ao clube vencedor do Campeonato será atribuído o título de Campeão Pernambucano da Série A1 de 2022. O clube que conquistar o título de Campeão receberá o troféu correspondente e 50 medalhas douradas destinadas aos seus atletas, à comissão técnica e aos dirigentes

As duas equipes finalistas asseguram participação na Copa do Brasil de 2023. Uma vaga para a Copa do Nordeste em 2023 para o campeão. A equipe com maior número de pontos ganhos e melhor classificada na primeira fase está classificada no Brasileiro da Série D de 2023. Exclui-se os que estiverem participando do Brasileiro de Série superior. Nesse caso, a vaga no Brasileiro da Série D passará para a equipe melhor classificada da Primeira Fase e assim, sucessivamente, se o impasse persistir, inclusive para os casos de desistência.

Situação atual

O time terminou essa primeira fase do estadual na 7° colocação. Na disputa do quadrangular de rebaixamento, ou seja, no grupo “B”, são 4 pontos somados em 2 jogos e é o líder. Os times que buscam se manter na primeira divisão tem 0 Íbis com os mesmos 4 pontos, Sete de Setembro com 2 pontos e o Vero Cruz tem 0 pontos somados. Lembrando que as 02 equipes com menor número de pontos ganhos serão rebaixados e vão disputar a Série A2 em 2023.

Os jogos que definem os rebaixados serão neste domingo, dia 27:

Afogados x Íbis – Vianão- 15h

Vera Cruz x Sete de Setembro- Arena de Pernambuco- 15h

Série D

O Afogados vai disputar em 2022 o Campeonato Brasileiro da Série D no Grupo A3. Afogados, América de Natal, Crato Esporte Clube, Globo Futebol Clube, Icasa, São Paulo Crystal, Retrô e Sousa. O primeiro jogo do time será no dia 7 de abril, fora de casa, contra o São Paulo Crystal.

Hino

Olá, vamos lá / O Afogados da Ingazeira vai jogar /
Quando ele joga é sinal de casa cheia/ A galera se incendeia e interfere no placar/
O Afogados da Ingazeira surgiu/ De um grupo que sentiu necessidade de formar um time competitivo/
Dai veio o incentivo de toda a sociedade/ É tricolor a bandeira a tremular/
Azul do céu e do mar/ Alem do branco da paz/
Tem o vermelho que pulsa na nossa veia/ O sangue que bombardeia as artérias principais/
Tem o vermelho que pulsa na nossa veia/ O sangue que bombardeia as artérias principais.

Fontes:

https://www.fpf-pe.com.br/pt/competicoes/

https://ge.globo.com/pe/futebol/campeonato-pernambucano/

https://afogadosdaingazeira.pe.gov.br/

Fotos: Instagram Afogados

 

Ivan Elias

Ivan Elias, associado do Panathlon Club de Juiz de Fora, é jornalista, formado em Comunicação Social pela UFJF. Trabalhou por mais de 11 anos no Sistema Solar de Comunicação (Rádio Solar e jornal Tribuna de Minas), em Juiz de Fora. Já foi freelancer da Folha de S. Paulo, atuou como produtor de matérias de TV e em 2007 e 2008 “defendeu” o Tupi, na Bancada Democrática do Alterosa Esporte, da TV Alterosa (SBT-Minas). É filiado à Associação Mineira de Cronistas Esportivos (AMCE) e Associação Brasileira de Cronistas Esportivos (Abrace).

Deixe seu comentário