Clássico Tupi x Tupynambás é programado para segunda rodada do Módulo 2

Registro dos dirigentes no Arbitral do Módulo 2, promovido no dia 23 (foto: site da Federação Mineira de Futebol)

O confronto mais aguardado pelo Módulo 2 do Campeonato Mineiro, entre os mais que centenários clubes Tupi e Tupynambás, foi programado para a segunda rodada da competição, prevista para o dia 30 de abril, um sábado.

É o que indica a tabela da divisão de acesso do futebol estadual, tornada pública neste domingo, dia 27.

Nesta programação, anunciada como “tabela básica”, ainda não há confirmação de datas, locais e horários.

Três dias antes do encontro entre os rivais históricos dos bairros Santa Terezinha e Poço Rico, a tabela básica marca a estreia do Tupynambás em Juiz de Fora, diante do Boa Esporte, de Varginha, enquanto o Tupi já atua como visitante logo na rodada inaugural: vai encarar o Ipatinga, adversário com o qual também se criou uma rivalidade na época em que a dupla ocupava a divisão principal do futebol mineiro.

Já na última rodada da fase inicial, os papeis de invertem. O Tupi será mandante, recebendo o Coimbra. Já o Baeta visita o Democrata. Esta rodada que encerra a fase classificatória está prevista para o dia 11 de junho.

A fórmula de disputa do Módulo 2 também foi divulgada. As principais resoluções já haviam sido anunciadas pelo Toque de Bola, após o Arbitral promovido na quarta-feira, dia 23.

CLIQUE AQUI PARA CONFERIR A TABELA BÁSICA DO Módulo II 2022

Os times participantes são os seguintes:

BETIM FUTEBOL

BOA ESPORTE CLUBE

COIMBRA SPORTS

DEMOCRATA FUTEBOL CLUBE

IPATINGA FUTEBOL CLUBE

NACIONAL ATLÉTICO CLUBE

SPORT CLUB AYMORÉS

TUPI FOOTBALL CLUB

TUPYNAMBÁS FUTEBOL CLUBE

UBERABA SPORT CLUB

UNIÃO LUZIENSE ESPORTE CLUBE

VARGINHA ESPORTE CLUBE

CLIQUE AQUI E CONFIR A ÍNTEGRA DO REGULAMENTO MÓDULO 2 2022

Veja, abaixo, a transcrição literal dos principais pontos da fórmula de disputa da competição. Os seis primeiros colocados na fase inicial disputarão um hexagonal, e deste hexagonal subirão os dois primeiros para a primeira divisão de 2023. Os dois piores ao final da fase de classificação serão rebaixados.

Art. 5º – O Campeonato será disputado em 02 (duas) fases: fase classificatória e hexagonal final.

  Art. 6º – O Campeonato terá início e término de jogos previstos, respectivamente, para os dias 27.04.2022 e 30.07.2022.

  § 2º – A previsão de término da fase classificatória será no dia 11.06.2022.

  § 3º – O hexagonal final será disputado entre dos dias 18.06.2022 e 30.07.2022.

  FASE CLASSIFICATÓRIA

Art. 7º – Todos os clubes se enfrentarão uma vez, em turno único, classificando-se, ao final das 11 (onze) rodadas, para o hexagonal final, os 06 (seis) mais bem colocados.

Art. 9º – Na Fase Classificatória, os clubes poderão disputar seus jogos em suas respectivas praças, independente da capacidade de espectadores dos estádios, respeitados os laudos técnicos e a exigência de sistema de iluminação adequado para partidas noturnas.

2.2. HEXAGONAL FINAL

Art. 10 – Os 06 (seis) clubes mais bem colocados na fase classificatória jogarão entre si, em sistema de ida e volta (turno e returno), totalizando 10 (dez) rodadas.

Art. 11 – Os dois clubes com maior número de pontos nesta fase serão considerados Campeão e Vice-Campeão do Campeonato Mineiro 2022 – Módulo II.

Parágrafo único – Se empatados os clubes em número de pontos, observar-se-á o critério de desempate do art. 14.

Art. 12 – Concluída a Fase Classificatória, os dois clubes com menor pontuação serão rebaixados para o Campeonato Mineiro 2023 – Segunda Divisão, observando-se, caso necessário, os critérios de desempate previstos no artigo 13.

Art. 13 – Ascenderão ao Campeonato Mineiro 2023 – Módulo I, o campeão e o vice-campeão do Campeonato Mineiro 2022 – Módulo II.

Art. 14 – Em caso de empate em pontos ganhos entre dois ou mais clubes ao final da fase classificatória, o desempate, para efeito de classificação à semifinal, será efetuado observando-se os critérios abaixo:
1º) maior número de vitórias;

2º) maior saldo de gols;

3º) maior número de gols pró;

4º) confronto direto;

5º) menor número de cartões vermelhos recebidos;

6º) menor número de cartões amarelos recebidos;

7º) sorteio público na FMF.

 

Texto: Toque de Bola, com informações e foto da Federação Mineira de Futebol

 

Ivan Elias

Ivan Elias, associado do Panathlon Club de Juiz de Fora, é jornalista, formado em Comunicação Social pela UFJF. Trabalhou por mais de 11 anos no Sistema Solar de Comunicação (Rádio Solar e jornal Tribuna de Minas), em Juiz de Fora. Já foi freelancer da Folha de S. Paulo, atuou como produtor de matérias de TV e em 2007 e 2008 “defendeu” o Tupi, na Bancada Democrática do Alterosa Esporte, da TV Alterosa (SBT-Minas). É filiado à Associação Mineira de Cronistas Esportivos (AMCE) e Associação Brasileira de Cronistas Esportivos (Abrace).

Deixe seu comentário