Toque Notícia 14h dia 21-12

FEDERAÇÃO MINEIRA DE FUTEBOL DIVULGA TABELA DE 2022
Saiu oficialmente o calendário 2022 da Federação Mineira de Futebol. A entidade divulgou o documento com novidades. A primeira competição a se iniciar será o Campeonato Mineiro, que começa dia 26 de janeiro.  O Módulo 2 do Estadual retorna para seu mês tradicional. A bola rola no dia 19 março para quem buscará uma vaga na elite em 2023. Em 2021, o torneio teve início em julho. Tupi e Tupynambás tem pouco mais de dois meses para montar e preparar elencos para sua única competição da temporada. Ainda terão, no mercado e no início da disputa, a concorrência com os times da elite mineira, já que a Primeira Divisão tem final previsto para 9 de abril. O Módulo 2 termina no dia 9 de julho.
A Segunda Divisão do Estadual terá início no dia 13 de agosto, ao invés de se iniciar em setembro como em 2021. Volta ao seu calendário habitual, com fim no dia 26 de novembro. Nela devem estar, além do Manchester, que disputou o acesso no torneio em 2021; o Villa Real, que se prepara desde o segundo semestre desta temporada para entrar no cenário estadual profissional; e o Uberabinha, que tem projeto de se profissionalizar em andamento desde fevereiro de 2021.
Na última temporada, apenas os Campeonatos Mineiros sub-20 e sub-17 foram disputados. Mas em 2022, o restante das categorias que têm Estadual, retornará. Juiz de Fora sempre tem representantes na maioria das categorias, e em 2022 não deve ser diferente. O Tupi tem vaga no Mineiro sub-20 garantida, já que em 2021 não houve rebaixamento no torneio. Quem deve pleitear uma vaga na Segundona da categoria é o Manchester, que tem planos em andamento de formar categorias de base em 2022.
No sub-17, o Uberabinha disputa a Segunda Divisão. A equipe auri-negra do Cerâmica pode também entrar, como tradicionalmente ocorre, no sub-15, já que ambas as competições são agrupadas pela FMF. E deve ter a companhia do projeto de futebol da Universidade Federal de Juiz de Fora (UFJF) em parceria com a Associação de Ensino e Pesquisa em Esporte e Lazer (Asepel), que disputou as temporadas 2019 e 2020 em parceria com o Baeta.
==================== ========== ==========
A Conmebol divulgou a tabela detalhada com as datas e os horários dos jogos da primeira e segunda fases da Libertadores da América. A competição começa no dia 8 de fevereiro de 2022, com o duelo entre City Torque e Barcelona de Guayaquil, no estádio Centenario, no Uruguai.  América Mineiro e Fluminense, classificados para a segunda fase da pré-Libertadores, também conheceram os dias da estreia na competição continental.
Ainda com adversário a definir (Millonarios ou Deportivo Cali), o Fluminense abre o confronto no dia 22 de fevereiro, uma terça-feira, fora de casa, e decide a vaga em casa no dia 1º de março, terça-feira de Carnaval. A entidade confirmou o estádio de São Januário como mando de campo do Tricolor. O Maracanã estará fechado no período em razão da troca de gramado.
Deportivo Cali e Tolima disputam o título. Se o Cali for campeão, assegura a vaga diretamente na fase de grupos da Libertadores. Neste caso, o Millonarios se classificaria pela campanha no somatório geral e pegaria o Flu. Caso o Tolima leve a taça, como também foi campeão do Torneio Apertura e possui a maior pontuação no somatório geral, seria aberta uma vaga na fase de grupos para o time seguinte com a melhor campanha, o Millonarios. Neste cenário, o Deportivo Cali, como segundo maior pontuador, teria que passar pela “pré”.

O jogo da volta será na terça, dia 1 de março, em São Januário. Os valores mais em conta de aluguel de São Januário, estádio do Vasco, em relação ao estádio Nilton Santos, do Botafogo, e a boa condição do gramado do campo vascaíno estão pesando na preferência do Fluminense. Antes de tomar a decisão, o presidente Mário Bittencourt chegou a conversar com alguns jogadores sobre as opções e teve este retorno a respeito do gramado.

Se o adversário do Flu for o Millonarios, o clube carioca terá que encarar a temida altitude. A equipe de Bogotá joga no Estádio Nemesio Camacho, conhecido como El Campín, que fica a 2.552m acima do nível do mar. Já o Deportivo Cali joga em um estádio que leva seu nome, na cidade que possui 1.018m de altitude, similar a de São Paulo.

O América Mineiro joga no dia 23 de fevereiro, quarta-feira, às 19h15, contra o Guaraní-PAR, no Independência. A equipe mineira jogará fora de casa na quarta dia 2, em Assunção.

==================== ========== ==========

Os clubes que conquistaram títulos em 2021 também renderam uma boa quantia em dinheiro. Palmeiras e Atlético-MG lideram a lista deste ano. O Palmeiras teve um faturamento de mais de 168 milhões em premiações em 2021. A quantia principal veio do tri da Libertadores, que rendeu um total de 129,2 milhões na cotação atual. Além disso, o Alviverde também recebeu 29,7 milhões pela terceira colocação do Campeonato Brasileiro. Os vices na Supercopa do Brasil, Recopa Sul-Americana e Campeonato Paulista somaram quase 8 milhões em premiação. Já a queda na terceira fase da Copa do Brasil rendeu em torno de 1,7 milhão.

O Atlético-MG, com três títulos na temporada recebeu 145 milhões em premiações ao longo do ano. 33 milhões no Brasileirão, 71,15 milhões na Copa do Brasil e 40,9 milhões pela campanha até a semifinal da Libertadores. O Campeonato Mineiro, também vencido pelo Galo, não premia o vencedor.

O Flamengo, com os títulos do Campeonato Carioca e Supercopa do Brasil, também figurou entre os que mais lucraram ao longo do ano. As campanhas em 2021 renderam cerca de 128,4 milhões ao Rubro-Negro.

O Athletico-PR, campeão da Copa Sul-Americana e vice da Copa do Brasil, fechou o ano com cerca de 88 milhões. 37 milhões pelo título da Copa Sul-Americana e 38,15 milhões pelo vice da Copa do Brasil.

O São Paulo, que encerrou a seca de títulos com o troféu do Campeonato Paulista, fechou o ano com quase 56 milhões em premiações em 2021. Foram 3,5 milhões pelo título estadual, 31,7 milhões pela campanha até as quartas de final da Libertadores, quase 8 milhões na Copa do Brasil e 13,7 milhões por terminar a competição no 13º lugar no Brasileirão.

Vale destacar que outros clubes, mesmo sem títulos, também receberam premiações em 2021. O Campeonato Brasileiro pagou quantias milionários do campeão até o 16º colocado neste ano.

==================== ========== ==========

O Atlético Mineiro encaminhou um pedido à CBF para o reconhecimento de um título vencido em 1937. Sérgio Coelho, presidente do clube afirmou que enviou documentação para o reconhecimento do “Torneio dos Campeões”, conquistado naquele ano. A ação foi motivada devido a aceitação por parte da CBF de outras competições antigas, como “Taça Brasil” e “Torneio Roberto Gomes Pedrosa”.

O Torneio dos campeões foi um campeonato disputado entre os campeões estaduais do ano anterior, no caso 1936, que tinha equipes como Fluminense, Portuguesa e Rio Branco. Outras equipes como Vasco e Palestra Itália também estiveram presentes, por conquistar outros títulos ao longo de 1936. O Galo saiu como o campeão, vencendo quatro jogos, empatou uma vez e teve uma derrota.

Caso seja aceito pela CBF, o Atlético será reconhecidamente tricampeão brasileiro pela entidade máxima do esporte no país. 1937,1971 e 2021. “Tendo a aprovação da CBF, vamos comemorar esse título sim, como os demais clubes comemoraram”, afirmou o presidente alvinegro.

Ivan Elias

Ivan Elias, associado do Panathlon Club de Juiz de Fora, é jornalista, formado em Comunicação Social pela UFJF. Trabalhou por mais de 11 anos no Sistema Solar de Comunicação (Rádio Solar e jornal Tribuna de Minas), em Juiz de Fora. Já foi freelancer da Folha de S. Paulo, atuou como produtor de matérias de TV e em 2007 e 2008 “defendeu” o Tupi, na Bancada Democrática do Alterosa Esporte, da TV Alterosa (SBT-Minas). É filiado à Associação Mineira de Cronistas Esportivos (AMCE) e Associação Brasileira de Cronistas Esportivos (Abrace).

Deixe seu comentário