Toque Notícia 17h dia 04-11

MANCHESTER ENTRA COM RECURSO APÓS CONFUSÃO EM TEÓFILO OTONI

A vitória do América sobre o Manchester em Teófilo Otoni foi no domingo, mas o polêmico jogo continua, desta vez, fora de campo. Os representantes da diretoria do Manchester foram a Belo Horizonte para oficializar na Federação Mineira de Futebol um protesto contra os fatos que ocorreram na partida no estádio Nassri Matar e entrar com um pedido de impugnação do jogo no Tribunal de Justiça Desportiva, TJD, de Minas Gerais. O diretor jurídico dos Capivaras Manoel Denezine explica os motivos das providências adotadas pelo clube juiz-forano.

Junto com os documentos, o clube encaminhou vídeos com as imagens da transmissão da partida, para reforçar a defesa do argumento de que a equipe de arbitragem foi pressionada por dirigentes e políticos para voltar atrás na marcação do pênalti. Além disso, ressalta que todos os fatos ocorridos antes, durante e depois do jogo não foram relatados de forma completa na súmula enviada pela arbitragem para publicação no site da Federação Mineira de Futebol.

O Manchester também pediu que a equipe de arbitragem que trabalhou no jogo contra o América, formada pelo árbitro principal Hieger Tulio Cardoso; pelos assistentes Helen Aparecida Gonçalves Silva Araújo e Warllen Breno da Paixão Salgado e pelo quarto árbitro Lucas Amaral e Silva Crivellari Leite Branco, seja vetada em futuros jogos do clube. Manoel Denezine reforça que o time agora está na torcida pelo “bom senso” e por uma decisão favorável aos Capivaras

Enquanto isso, o time se prepara para o último compromisso na fase classificatória da Segunda Divisão do Campeonato Mineiro. A partida pela nona rodada contra o Contagem será domingo, às 11 da manhã, no Estádio Radialista Mário Helênio em Juiz de Fora. O time folga na décima rodada. Atualmente o Contagem é o líder do grupo C com 13 pontos. Manchester e América, vem em seguida com 11, mas os Capivaras levam vantagem no desempate. O Boston City tem 9 pontos e está em quarto e o Bétis é o quinto, com 1 ponto.

A matéria com os detalhes do protesto e do pedido de impugnação do jogo, os detalhes da súmula e os vídeos que o Manchester apresentou como evidências podem ser vistos na matéria no nosso portal www.toquedebola.esp.br

========================================

Definidos os mandos de campo da final da Copa do Brasil entre Atlético Mineiro e Athetico Paranaense. O primeiro jogo no dia 12 de dezembro, será no Mineirão, em Belo Horizonte. O jogo da volta, no dia 15 de dezembro vai acontecer na Arena da Baixada, em Curitiba. Além da taça, o campeão da Copa do Brasil leva para casa a premiação de 56 milhões. O time que perder receberá 23 milhões. Nas semifinais, os comandados de Cuca derrotaram o Fortaleza nos dois jogos, com um placar agregado de 6 a 1. Já a equipe paranaense, após empate em 2 a 2 no jogo de ida, venceu o Flamengo por 3 a 0, no Maracanã, e garantiu a vaga para a final.

========================================

O Supremo Tribunal de Justiça Desportiva não aceitou o recurso de nove clubes da Série A do Campeonato Brasileiro e manteve a decisão de arquivar a denúncia contra o Sport pela escalação do zagueiro Pedro Henrique. O time pernambucano corria o risco de perder até 17 pontos em caso de punição. América-MG, Atlético-GO, Bahia, Ceará, Chapecoense, Cuiabá, Grêmio, Juventude e Santos entraram com uma Notícia de Infração pela suspeita de irregularidade na utilização de Pedro Henrique.

O argumento utilizado pelos nove clubes que enviaram à CBF era de que haveria um limite no número de partidas que um jogador poderia disputar antes de se transferir para outro clube que disputa a competição, sete jogos. O defensor está emprestado ao Sport pelo Internacional, onde já havia entrado em campo em cinco oportunidades pelo Brasileirão.

Pedro Henrique, no entanto, chegou a ser advertido com cartão amarelo em dois outros jogos enquanto estava no banco de reservas, o que, de acordo com o Regulamento Geral das Competições da CBF, contabiliza a partida no limite de jogos para transferência. Essa previsão, no entanto, não existe segundo o Regulamento Específico da Série A.

========================================

Nesta quinta-feira tem o encerramento da 33° rodada da Série B. Guarani e Vasco se enfrentam sete da noite, no Brinco de Ouro da Princesa. O Guarani voltou para valer à briga pelo G-4 após ganhar do Sampaio Corrêa, fora de casa, e contar com tropeços de concorrentes na última rodada. Com 49 pontos, na sétima colocação, o Bugre tem a chance de ficar a dois pontos da zona de acesso.

A derrota em casa para o CSA esfriou a reação do Vasco que ficou mais distante do acesso à Série A. Em oitavo, com 47 pontos, o time carioca está a sete do G-4 e precisa vencer em Campinas para se reaproximar do pelotão da frente. Um eventual tropeço deixará a equipe de Fernando Diniz praticamente fora da briga por uma vaga na Série A.

CRB e Sampaio Corrêa entram em campo 21h30, no Estádio Rei Pelé, em Maceió.  O CRB tem 51 pontos e ocupa o sexto lugar na tabela, mas o que chama atenção é que o time não vence em casa há oitos partidas: foram seis empates e duas derrotas. A última vitória como mandante foi pela 17ª rodada contra o Brusque, por 3 a 0, no dia 12 de agosto. Se vencer nesta quinta, o CRB empata em número de pontos com o Goiás, mas para voltar ao G-4 terá que tirar uma diferença de seis gols no saldo.

O Sampaio Corrêa chega na partida bastante pressionado, pois nos últimos 11 jogos venceu apenas um. Os resultados atuais e a queda na classificação da Série B tiveram a saída do técnico Felipe Surian como consequência. João Brigatti assumiu a equipe sem sequer conceder uma entrevista de apresentação.

========================================

O Juizado do Torcedor e Grandes Eventos do Ministério Público do Rio Grande do Sul em reunião com representantes de clubes e órgãos de segurança, o juiz Marco Aurélio Martins Xavier decidiu proibir que os tricolores ocupem o espaço de visitante no Gre-Nal de sábado, no Beira-Rio, e suspendeu torcidas organizadas e interditou a Arquibancada Norte da Arena.

As medidas são consequência da invasão de campo por parte de torcedores gremistas em seu próprio estádio após a derrota para o Palmeiras, no último domingo, pela 29ª rodada do Campeonato Brasileiro. A decisão impede a participação de todas as torcidas organizadas do Grêmio em dias de jogos pelo prazo de 180 dias. Além disso, definiu a interdição da Arquibancada Norte da Arena, local de onde saíram os torcedores que depredaram a cabine do VAR no fim de semana passado.

As punições ocorrem poucos dias após a própria Justiça revogar a liminar que suspendia quatro organizadas do clube de acessar estádios por conta dos atos de violência em protesto no CT Luiz Carvalho, em setembro. As arquibancadas também haviam sido liberadas pelo governo gaúcho na semana passada.

O presidente do STJD já havia aceitado o pedido de liminar da Procuradoria para que o Grêmio mande seus jogos com portões fechados e não tenha torcida como visitante. A decisão vale até o julgamento do caso sobre a invasão na Arena. O departamento jurídico do Grêmio também trabalha na apuração dos responsáveis pelos transtornos no jogo contra o Palmeiras. Até o início da noite de terça, o clube identificou 22 torcedores envolvidos no episódio. Mas novos nomes devem ser identificados nos próximos dias.

========================================

O atacante Fred, atualmente no Fluminense acionou o Cruzeiro para pagar a dívida com o Atlético Mineiro. O Galo ganhou a disputa com Fred, que tem que pagar 23 milhões. No entanto, o jogador acionou a Raposa para pagar a dívida com o rival. Fred saiu do Galo rumo ao Cruzeiro em 2018. Ambos entraram na Justiça, sendo que o jogador tem a receber 4 milhões. A ideia de Fred é a de que a Raposa entre em acordo com o Atlético para pagar sua dívida com o que tem a receber do clube celeste. A tendência é a de que a disputa prossiga na Justiça com novos desdobramentos.

========================================

A ginasta Rebeca Andrade vai ser a responsável pela bandeirada final do GP de São Paulo de Fórmula 1, no dia 14 de novembro. Campeã olímpica no salto, a brasileira foi escolhida pela organização da etapa do Mundial para encerrar a prova no Autódromo de Interlagos. Rebeca será a terceira personalidade do país fora do automobilismo a balançar a bandeira quadriculada no GP de São Paulo. Antes dela, Pelé em 2002 e Gisele Bündchen em 2004 encerraram a etapa brasileira.

Em outubro, conquistou a medalha de ouro no salto e a prata nas barras assimétricas no Mundial de Ginástica Artística de Kitakyushu, no Japão. Nos Jogos Olímpicos de Tóquio, a ginasta se tornou a primeira brasileira a conquistar duas medalhas olímpicas na história. Além do ouro no salto, levou a prata no individual geral. Fora do calendário de 2020 por conta da pandemia de coronavírus, Interlagos vai sediar a décima nona etapa do Campeonato Mundial deste ano.

========================================

Keno Marley, o único brasileiro ainda em ação no Mundial de Boxe masculino, em Belgrado, na Sérvia, se garantiu na luta pelo ouro da categoria até 86kg. A vaga veio com a vitória sobre o belga Victor Scheltraete por decisão de 5 a 0. Na decisão pelo título, nesta sexta, Keno vai enfrentar o cubano naturalizado azeri Loren Alfonso Dominguez. O brasileiro venceu em sequência o cazaque Bek Nurmagabet, o coreano Heongu Kim e o polonês Sebastian Viktozak, todos por 5 a 0.

Ivan Elias

Ivan Elias, associado do Panathlon Club de Juiz de Fora, é jornalista, formado em Comunicação Social pela UFJF. Trabalhou por mais de 11 anos no Sistema Solar de Comunicação (Rádio Solar e jornal Tribuna de Minas), em Juiz de Fora. Já foi freelancer da Folha de S. Paulo, atuou como produtor de matérias de TV e em 2007 e 2008 “defendeu” o Tupi, na Bancada Democrática do Alterosa Esporte, da TV Alterosa (SBT-Minas). É filiado à Associação Mineira de Cronistas Esportivos (AMCE) e Associação Brasileira de Cronistas Esportivos (Abrace).

Deixe seu comentário