Toque Notícia 14h dia 22-11

FINAL DE SEMANA FOI MARCADO POR DECISÕES NOS CAMPEONATOS NACIONAIS E TÍTULO DO ATHLETICO PELA SULAMERICANA

 

Começando pelo Athletico Paranaense que foi bicampeão da Copa Sul-Americana. O Furacão venceu o Red Bull Bragantino por 1 a 0, no estádio Centenário, no Uruguai, e conquistou o segundo caneco da competição. Os paranaenses são o primeiro time brasileiro a conquistar o torneio duas vezes. O primeiro veio em 2018.

Nikão fez o gol aos 28 minutos do primeiro tempo. A bola foi lançada na área do Bragantino. Terans recebeu na segunda trave e bateu para o gol. Cleiton fez a defesa, mas deu rebote.

O Athletico conquista a Copa Sul-Americana com 11 vitórias e duas derrotas. Foram 22 gols marcados e seis sofridos. Na fase de grupos, avançou na primeira colocação do Grupo D, com 15 pontos. Nas oitavas de final, passou pelo América de Cali. Nas quartas, superou a LDU. Na semifinal, venceu o Peñarol e, na decisão, superou o Bragantino.

Para evitar que o estádio Centenario parecesse completamente vazio na transmissão televisiva da final da Sul-Americana, a Conmebol realocou o público para a parte central da arquibancada. A maioria dos torcedores comprou ingressos para os setores atrás das traves, mas foi remanejada para a arquibancada central, que ficaria vazia.

A final em relação a torcida foi o pior da história da competição, que existe desde 2002. O levantamento desconsidera os anos de 2016, quando não houve jogo final, e de 2020, quando a final foi jogada sem público. Esta foi a terceira edição com final de partida única, a exemplo do que acontece nos grandes torneios interclubes da Europa.

Para uma final entre dois times brasileiros em território uruguaio, a Conmebol cobrou 100 dólares, o equivalente a 560, para o setor atrás dos gols, os mais baratos da partida. Entre as duas torcidas houve protestos contra o valor cobrado, que parece não ter levado em consideração a distância até o local da partida, a crise inflacionária no Brasil e a alta do dólar em relação ao real.

A torcida do Athletico foi mais numerosa e ficou distante alguns metros dos torcedores do Bragantino. Houve baixíssima procura de ingressos por uruguaios. O setor reservado a convidados também estava pouco ocupado. Os torcedores que ficaram no Brasil também tiveram dificuldade de assistir à partida, já que a transmissão foi feita apenas pela Conmebol TV, um serviço por assinatura pouco popular no país.

Os times agora voltam à disputa do Campeonato Brasileiro. No sábado, 27, o Bragantino recebe o América-MG, às 19h30, no estádio Nabi Abi Chedid. O Athletico joga no domingo, 28, contra o Corinthians, às 16h, na Neo Química Arena.

========================================

O Corinthians conquistou o tricampeonato da Libertadores feminina. Campeão brasileiro nesta temporada, o Timão venceu por 2 a 0 o Independiente Santa Fé, da Colômbia, e faturou mais um título em 2021. Ele se soma aos torneios conquistados em 2017 e 2019. A decisão aconteceu no Parque Central, em Montevidéu, e contou com o apoio de torcedores organizados do Timão, que se deslocaram de ônibus até o Uruguai para abraçar a equipe.

Os gols do Timão foram marcados ainda no primeiro tempo. Aos 10, Victoria Albuquerque tabelou com Gabi Portilho, que encontrou Adriana, livre, para abrir o placar. O segundo veio aos 41: após cruzamento de Tamires, Portilho tocou para o fundo do gol e deu boa vantagem ao Timão. O time se igualou ao São José como maior vencedor da competição. A equipe do interior levou o caneco em 2011, 2013 e 2014. Poliana, Grazi e Cacau, aliás, agora são tetracampeãs do torneio.

A campanha teve seis jogos, 24 gols marcados e apenas dois sofridos. A ida para a final foi com uma goleada por 8 a 0 contra o Nacional-URU, em jogo marcado por um ato de racismo contra a atacante Adriana. Em dezembro, o Timão decide o título paulista contra o São Paulo. O título corintiano acontece 249 dias após a eliminação na Libertadores de 2020. Em 17 de março, a equipe havia empatado por 1 a 1 com o América de Cali e perdido nos pênaltis a vaga para a final.

==============================

Segue a 34° rodada da Série A. O Atlético Mineiro venceu o Juventude por 2 a 0 no Mineirão. Os gols foram de Hulk. O Atlético é líder com 74 pontos. O Juventude vinha embalado por uma sequência de cinco partidas sem derrotas com o técnico Jair Ventura, com três vitórias consecutivas. O clube gaúcho segue com 39 pontos, ainda com risco de rebaixamento.

O Fortaleza venceu o Palmeiras por 1 a 0, no Castelão. Robson marcou ainda no primeiro tempo. O Verdão atuou com os titulares pela última vez antes da final da Libertadores da América. E quase saiu com o empate porque o VAR anulou um gol perto do fim do jogo. Com a vitória, o Fortaleza está na quinta colocação com 52 pontos. O Palmeiras, com 58, é o terceiro.

O Grêmio venceu a Chapecoense por 3 a 1 na Arena Condá. O time ganhou fôlego e esperança na luta contra a queda à segunda divisão. Lucas Silva, Thiago Santos e Laércio contra definiram o resultado positivo. Bruno Cortez também balançou a rede, mas mandou contra o próprio patrimônio.  Com os três pontos somados, o Grêmio chegou aos 35 e assumiu a 18ª colocação. A diferença para o primeiro time fora do Z4 é de quatro pontos. A Chapecoense segue com 15 pontos e na lanterna.

Atlético-GO e Ceará empataram por 1 a 1 no estádio Antônio Accioly, em Goiânia. Vina, de falta, abriu o placar para o Vozão, mas João Paulo deixou tudo igual ainda no início da etapa final. Com o resultado, o Atlético-GO, que não vence há seis jogos, ultrapassa o Juventude e sobe para 15º, com 40 pontos. O Ceará, com 46 pontos, está em oitavo.

O Flamengo derrotou o Inter em Porto Alegre e engatou sua quarta vitória consecutiva no Brasileirão. Os gols do triunfo por 2 a 1 saíram todos no primeiro tempo Gabi e Andreas Pereira marcaram para o Fla, enquanto Taison descontou para o Inter. O Colorado segue estacionado na sétima colocação da tabela, e o Flamengo tem 66 pontos, na segunda colocação.

O Corinthians venceu o clássico contra o Santos, na Neo Química Arena, por 2 a 0. Os gols de Jô, no começo do segundo tempo, e Gabriel, quando a partida se encaminhava para o fim, colocaram o Timão no G-4 do Campeonato Brasileiro pela primeira vez na temporada. Foi a sétima vitória consecutiva da equipe de Sylvinho como mandante. O Santos segue sob risco de rebaixamento. Com a vitória, o Corinthians foi a 53 pontos, na quarta colocação. O Santos, com 42, é o 12°.

O Fluminense venceu o América por 2 a 0. Os autores dos gols foram Luiz Henrique, no primeiro tempo, e Fred, no segundo, no Maracanã. Com o resultado, o Fluminense é o sétimo colocado, com 48 pontos. O América estacionou nos 45 pontos e caiu para a 10ª colocação.

Bahia e Cuiabá empataram sem gols na Arena Fonte Nova, em Salvador. Este confronto era importante para o Bahia abrir vantagem na rodada e escapar da zona de rebaixamento. Com o empate, o Tricolor segue em 17º, com 37 pontos. Já o Cuiabá sobe para a 11ª posição, com 43 pontos.

Lembrando que o jogo entre São Paulo e Athletico Paranaense será realizado no dia 24, 21h30, no Morumbi. E o Bragantino venceu o Sport por 3 a 0, jogo dessa rodada que aconteceu no dia 28 de outubro.

========================================

Na Série B, o Botafogo é o campeão de 2021. O time venceu o Brasil de Pelotas por 1 a 0 no bento Freitas. O gol foi de Diego Gonçalves. Com a conquista, o Bota também garante a vaga na terceira fase da Copa do Brasil. Vale lembrar que o título da Série B não dá premiação ao campeão. Porém, só o fato de subir para a primeira divisão já faz com que os direitos de transmissão aumentem consideravelmente. Esse dinheiro só será visto a partir do segundo trimestre do ano, quando começa o Brasileirão.  E mesmo com o título garantido, o Botafogo só receberá a taça no próximo domingo. A CBF irá realizar a cerimônia de entrega do troféu do título da Série B no estádio Nilton Santos, após a partida contra o Guarani.

O título também aconteceu porque o CSA deu um passo importante na luta por uma vaga no G-4 da Série B. O Time venceu o vice-líder Coritiba por 1 a 0. O zagueiro Wellington marcou o único gol do jogo. A derrota significou o fim da linha para o Coxa na briga pelo título da Série B. O CSA foi a 59 na quinta colocação.

O Brusque bateu o Operário por 2 a 0 no Augusto Bauer. Com um gol em cada tempo, o Quadricolor marcou nos pés de Airton e Garcez e se livrou definitivamente do risco de rebaixamento. Lembrando que na semana anterior, o clube recuperou três pontos no caso de racismo com Celsinho, do Londrina, em decisão do STJD. Já o Operário está quatro pontos acima do Londrina, que abre o Z-4.

O Vasco entrou em campo apenas para cumprir tabela, mas o jogo em São Januário era de extrema importância para o Remo, que luta contra o rebaixamento para a Série C. Em noite de protestos, vaias e xingamentos por parte dos vascaínos, o time paraense saiu na frente, abriu 2 a 0 com Neto Pessoa e Lucas Siqueira, mas cedeu o empate. Léo Matos e Galarza marcaram para o time carioca.

O resultado foi ruim para o Remo, que chegou a 42 pontos, é o primeiro clube fora do Z-4. O time paraense decidirá a permanência na Série B na última rodada, contra o Confiança, em casa. O Vasco, com 49 pontos segue em 9°.

O Vila Nova venceu o Londrina por 2 a 1. Alesson e Arthur Rezende fizeram os gols do Tigre no estádio Onésio Brasileiro Alvarenga, em Goiânia, e agora o clube não corre mais qualquer risco de rebaixamento. Já o Tubarão descontou com Marcelinho, mas não evitou a terceira derrota consecutiva e continua na zona da degola restando apenas uma partida para o fim da competição. O Vila Nova pula para a 10ª posição, agora com 48 pontos. O Londrina é 17º com 41.

O Confiança está rebaixado para a série C do próximo ano. O time perdeu para a Ponte Preta jogando em casa. Com um gol de Moisés no segundo tempo, a Ponte garantiu a permanência na segunda divisão. O resultado leva a Ponte aos 46 pontos, abrindo cinco de vantagem para o Londrina, primeiro time do Z-4, com apenas mais três em disputa. O Confiança fica estacionado nos 36 pontos, em 19°.

O Avaí conseguiu uma vitória importantíssima na sua luta pelo acesso à Série A ao bater o Náutico por 2 a 1, nos Aflitos. Com o resultado, o Avaí vai para a última rodada da Série B dentro do G4 e depende apenas das suas próprias forças para retornar à elite do futebol nacional após dois anos. Já o Náutico, que apenas cumpria tabela, conheceu a sua primeira derrota nos Aflitos após o retorno do público. Com 61 pontos o Avaí é o terceiro. Já o Náutico segue na oitava colocação, com 52.

========================================

E tem mais jogo decisivo nesta penúltima rodada da Série B. 18h, CRB e Vitória jogam no Rei Pelé. O CRB ainda briga pelo acesso. Com 57 pontos, é o sétimo colocado da Série B e tem dois jogos para tentar o acesso. O Vitória luta desesperadamente para escapar do rebaixamento. O Rubro-Negro venceu quatro dos últimos sete jogos que disputou e espera seguir em recuperação para evitar o rebaixamento. É o 18°. Com 40 pontos, dois a menos que o primeiro time fora do Z4.

Oito da noite, Guarani e Goiás fazem um confronto direto pelo G-4,no Brinco de Ouro da Princesa, em Campinas. O Guarani somou quatro vitórias e um empate nos últimos cinco jogos. Sexto colocado, com 59 pontos, depende dos próprios resultados para garantir o acesso.

O Goiás espera vencer em Campinas para já garantir o acesso com uma rodada de antecedência. Na pior das hipóteses, o time goiano busca pelo menos o empate para manter o Guarani atrás na tabela de classificação e depender apenas de suas forças na última rodada, em casa, contra o Brusque. O time é 4°, com 61 pontos.

========================================

E na Série C, não deu para o Tombense. O Ituano é campeão da Série C do Campeonato Brasileiro pela segunda vez. No estádio Novelli Júnior, em Itu, o Ituano venceu o Tombense por 3 a 0. Os gols da vitória foram marcados por João Victor, Igor Henrique e Iago Teles.

Campeão da Série C do Brasileiro pela primeira vez em 2003, o Ituano encerrou jejum de 32 anos sem conquistar um título atuando em casa. A primeira e única vez havia sido em 1989, quando o time conquistou o acesso à elite do Campeonato Paulista.

A tarde não começou bem após um frango do goleiro Felipe,aos 21 minutos do primeiro tempo, que não conseguiu segurar o chute de João Victor, que parecia não levar grande perigo ao gol. Aos 33 anos, Felipe Garcia ainda é lembrado pela intensa passagem pelo Santos. Revelado na base do Peixe e campeão paulista ao lado de Neymar em 2010, Felipe virou alvo de torcedores por conta de seguidas falhas nos jogos em que foi titular no Santos. Lembrando que Ituano, Tombense, Criciuma e Novorizontino são os times que vão disputar a Série B do próximo ano.

========================================

Pela primeira vez o futebol feminino terá três divisões no Brasileirão. A CBF divulgou o calendário da modalidade para 2022 e anunciou duas novidades: a criação da Série A-3 nacional, equivalente à terceira divisão, e de uma SuperCopa.

O calendário começa com a SuperCopa do Brasil, entre 6 e 13 de fevereiro. O torneio mata-mata reúne oito equipes, preferencialmente uma de cada estado, a partir da classificação das Séries A e A-2 do Brasileirão 2021. Os participantes ainda não foram divulgados pela CBF, mas Avaí/Kindermann, Cruzeiro, Corinthians, Flamengo e Internacional estão entre os que têm direito a participar.

Terminada a SuperCopa, começam os torneios nacionais. O Brasileirão tem seu formato de disputa mantido,16 times em pontos corridos, depois mata-mata, começa em 6 de março e dura até o início de outubro, terminando antes da Libertadores 2022. Já as Séries A-2 e A-3 vão de maio a setembro. As três divisões têm paradas previstas para o meio do ano, para a disputa da Copa América Feminina na Colômbia.

Para viabilizar a criação da Série A-3, a CBF decidiu reduzir a Série A-2 de 36 para 16 clubes. Os participantes serão os quatro rebaixados do Brasileirão deste ano Bahia, Botafogo, Minas Brasília e Napoli, além dos 12 melhores colocados da edição 2021 da A-2 que não subiram 5º ao 16º.

A terceira divisão tem novo critério de participação, com 32 equipes envolvidas. Os 27 campeões estaduais um de cada estado e do Distrito Federal), quatro clubes melhores posicionados no Ranking Nacional de Clubes de Futebol Masculino de 2022 e um clube da federação melhor posicionada no Ranking Nacional de Federações de Futebol Feminino de 2022. O calendário ainda prevê um Brasileirão sub-17, entre 13 e 30 de abril, e um sub-20 entre maio e setembro.

========================================

Na F1, deu Lewis Hamilton novamente. Ele largou em 1° e administrou a vantagem para vencer o GP do Catar da Fórmula 1. O britânico se manteve na liderança nas 57 voltas e se defendeu das tentativas de estratégias de Max Verstappen, que recebeu a bandeirada na segunda colocação após largar em sétimo. Chegando em terceiro, Fernando Alonso completou o pódio pela Alpine, que andou nas primeiras colocações ao longo das sessões livres e na classificação da etapa, também com Esteban Ocon. O bicampeão quebra também um jejum de sete anos longe do pódio.

Bottas, juntamente com Verstappen, foi punido duas horas antes do começo da corrida com a perda de posições de largada, por não respeitar as bandeiras amarelas na classificação. Ele, que caiu de sexto para 11º na largada e fazia uma corrida de recuperação importante para o campeonato de construtores, abandonou ao sofrer um furo no pneu por desgaste após 33 voltas, quando estava em terceiro lugar.

O resultado valeu para Hamilton sua sétima vitória em 2021 e a de número 102 da carreira na F1. Com o triunfo, ele soma 343,5 pontos contra 351,5 de Verstappen, reduzindo a desvantagem sobre o rival na vice-liderança do campeonato de pilotos de 14 para oito pontos. A Mercedes segue líder no Mundial de Equipes com 546,5 pontos, mas viu a RBR diminuir a diferença para apenas cinco, anotando 541,5.

Ivan Elias

Ivan Elias, associado do Panathlon Club de Juiz de Fora, é jornalista, formado em Comunicação Social pela UFJF. Trabalhou por mais de 11 anos no Sistema Solar de Comunicação (Rádio Solar e jornal Tribuna de Minas), em Juiz de Fora. Já foi freelancer da Folha de S. Paulo, atuou como produtor de matérias de TV e em 2007 e 2008 “defendeu” o Tupi, na Bancada Democrática do Alterosa Esporte, da TV Alterosa (SBT-Minas). É filiado à Associação Mineira de Cronistas Esportivos (AMCE) e Associação Brasileira de Cronistas Esportivos (Abrace).

Deixe seu comentário