Toque Notícia 14h dia 12-11

SELEÇÃO BRASILEIRA ESTÁ CLASSIFICADA PARA COPA DO MUNDO DO QUATAR

O Brasil venceu a Colômbia por 1 a 0, na Neo Química Arena, em São Paulo. O jogo confirmou uma campanha quase perfeita em nível de resultados nas Eliminatórias Sul-Americanas garantindo vaga antecipada de 5 rodadas em mais um Mundial. O gol foi marcado por Lucas Paquetá, na segunda etapa, após lindo passe de Neymar. O Brasil chegou aos 34 pontos, agora com 11 vitórias e um empate nas 12 partidas que disputou. Já a Colômbia fica em quinto, com 16 pontos, mas pode ser ultrapassada pelo Uruguai, que enfrenta a Argentina nesta sexta.

Esta foi vitória de número 50 de Tite no comando da Seleção com 12 empates e cinco derrotas no período. Já nas Eliminatórias, o Brasil de Tite tem agora uma invencibilidade de 24 jogos, 12 nas atuais, mais 12 nas prévias da Copa de 2018.

Classificado, o Brasil agora tenta superar a melhor campanha das Eliminatórias no atual formato que é da Argentina de Marcelo “El Loco” Bielsa, que fez 43 pontos na classificatória para o Mundial do Japão e da Coreia do Sul, em 2002. A melhor campanha brasileira nesse formato de Eliminatórias foi em 2018, com 41 pontos. Com a vitória, garantiu a classificação com apenas 12 jogos, já que Brasil e Argentina foi suspenso.

No reencontro da Seleção com a torcida em São Paulo, foram 22 mil 80 torcedores na Neo Química Arena, para uma renda de 7 milhões 111 mil 200. No estádio, houve perrengue, na entrada muitos conseguiram acesso só com o jogo em andamento, homenagens a Marília Mendonça e invasões a campo no fim.

A seleção brasileira agora se prepara para o clássico contra a Argentina, terça-feira que vem, às 20h30 (de Brasília), em San Juan. Para esse jogo, o volante Casemiro terá de cumprir suspensão pois levou o segundo amarelo. O Brasil tem Thiago Silva, Marquinhos, Eder Militão, Fred, Fabinho, Gerson, Lucas Paquetá, Neymar, Gabriel Jesus e Vini Júnior pendurados. Entre os não convocados ainda há Richarlison, Bruno Guimarães e Gabriel Barbosa.

========================================

O Brasil conquistou a classificação antecipada. Mas, no cenário internacional do Mercado da Bola, os jogadores não andam tão valorizados assim. De acordo com o “Transfermarkt”, site especializado na cobertura da compra e venda de atletas da modalidade esportiva mais popular do planeta, o time de Tite caiu uma posição no ranking das seleções mais valiosas da atualidade.

No levantamento realizado neste ano, o Brasil acabou ultrapassado pela Alemanha, perdeu seu lugar no pódio e agora aparece no posto de quarta equipe nacional mais cara do planeta. Segundo a plataforma, a equipe hoje está avaliada em 590 milhões de euros  3,7 bilhões de reais, uma redução de praticamente 17% em relação à cotação feita em dezembro de 2020. Por equipe ideal, entenda-se a escalação montada com os jogadores mais caros de cada posição.

No caso do Brasil, esse time estaria escalado com Alisson do Liverpool; Emerson Royal do Tottenham, Marquinhos do PSG, Diego Carlos do Sevilla e Renan Lodi do Atlético de Madri; Casemiro do Real Madrid e Fabinho do Liverpool; Rodrygo do Real Madrid, Lucas Paquetá do Lyon, Neymar do PSG; e Gabriel Jesus do Manchester City.

Em relação ao levantamento feito no ano passado, houve três alterações na formação da seleção. Arthur da Juventus, Philippe Coutinho do Barcelona e Roberto Firmino do Liverpool cederam suas vagas para Fabinho, Paquetá e Jesus.

Os ingleses continuam na frente e agora são o único país cujo time ideal custa mais de 700 milhões de euros, 4,4 bilhões. As duas últimas campeãs mundiais têm escalações na casa dos 600 milhões de euros,3,8 milhões. Os franceses, vencedores em 2018, mantiveram a vice-liderança do ano passado, enquanto os alemães, que faturaram o tetra em 2014, subiram do quarto para o terceiro lugar.

========================================

Fim de 31° rodada da Série A do Campeonato Brasileiro. Com mais polêmica de arbitragem, o Flamengo venceu o Bahia por 3 a 0 no Maracanã, com gols de Gabigol em pênalti que teve revisão do VAR, Michael e Andreas Pereira fecharam o placar.

Artilheiro do Flamengo na temporada, Gabigol alcançou a marca de 100 gols pelo clube na carreira. O gol foi o 30º dele na temporada. O atacante, agora, é o 19º maior artilheiro da história do Flamengo.

O primeiro gol do Flamengo o árbitro Vinicius Gonçalves viu toque de Conti com o braço em finalização de Diego. Chamado pelo VAR, revisou o lance e manteve a decisão. O comentarista Sandro Meira Ricci, da Central do Apito, discordou e afirmou que a bola atingiu o ombro do zagueiro do Bahia.

O árbitro de vídeo teve outra intervenção no segundo tempo. Desta vez, sem polêmica. Diego, do Flamengo, e Rossi, do Bahia, foram expulsos após trocarem agressões. A decisão original do árbitro havia sido apenas um cartão amarelo ao meia rubro-negro.

Com os resultados, o Atlético Mineiro segue na liderança, tem 68 pontos, 10 a mais que o Palmeiras, segundo colocado que tem 58. Flamengo em terceiro tem 57 pontos e fechando o G4, o Fortaleza tem 49 pontos somados.

Em 5°, também com 49 pontos vem Bragantino, Corinthians em 6° tem 47, Internacional é o 7° tem 44, Fluminense em 8 ° tem 42, Athletico Paranaense em 9° tem 41, mesma pontuação do América em 10°.

Ceará em 11°e Santos em 12° tem 39, Santos e São Paulo vem atras com 38, o Atlético Goianiense em 15° tem 37, Bahia, último time fora da zona de rebaixamento tem 36.

No Z4, Juventude tem 33 pontos, Sport 30 pontos, Grêmio 29 e agora oficialmente rebaixada, a Chapecoense tem 15 pontos somados.

========================================

Fim de 35° rodada da Série B. Ponte Preta e Botafogo ficaram no 0 a 0 no Moises Lucarelli. No primeiro tempo a equipe carioca até balançou a rede com Rafael Navarro, mas Carlinhos estava impedido.

O Sampaio Corrêa fez 3 a 0 no Vila Nova, no Castelão. Gols de Roney, Pimentinha e Léo Artur. O Sampaio garantiu matematicamente a permanecia na série b do próximo ano. O número mágico de 46 pontos deixa o time tranquilo na reta final da competição, sem depender tantos números e combinações.

Com os resultados, o Botafogo segue na liderança com 63 pontos, Coritiba em segundo tem 61, Avaí em terceiro e Goiás em quarto tem 58.

CRB em 5° tem 57, Guarani em 6° tem 56, CSA em 7° tem 55 pontos. O Náutico vem em 8° com 49 pontos, Vasco em 9° tem 47 e fechando os 10 primeiros, o Sampaio Côrrea tem 46.

Também com 46 em 11° vem o Cruzeiro, Operário tem 45 e é o 12°, Vila Nova 13° tem 44, Ponte Preta 14°, 43, Remo 41 e o último time fora da zona de rebaixamento, o Brusque tem 38 pontos.

No Z4, Londrina tem 38 pontos, Vitória 37, Confiança 35 e o já rebaixado Brasil de Pelotas tem 23 pontos somados.

========================================

A CBF anunciou o desligamento de Leonardo Gaciba do comando da Comissão de Arbitragem da entidade. Em comunicado, informou que a decisão se deu em “entendimento mútuo” entre as partes. A CBF afirmou ainda que iniciou processo de reformulação na estrutura da arbitragem brasileira, que vem sendo alvo de críticas por conta de erros e polêmicas decisões no Campeonato Brasileiro.

Leonardo Gaciba estava no cargo desde 2019, quando foi contratado pelo presidente da CBF na época, Rogério Caboclo. O ex-árbitro chegou para comandar uma época em que ocorreram investimentos em tecnologia, como a implementação do VAR, alvo de diversas polêmicas no período.

Alício Pena Júnior, então vice-presidente da Comissão de Arbitragem, assume o comando interino da área até o término da das competições nacionais de 2021. Na carreira, conta com passagens polêmicas. Ele ameaçou dar cartão para todos os jogadores envolvidos em um jogo entre Flamengo e São Paulo. Foi em novembro de 2013, em duelo realizado no estádio Novelli Júnior, em Itu. Uma manifestação dos jogadores organizada pelo Bom Senso FC previa que o jogo fosse iniciado e todos os atletas envolvidos parassem e cruzassem os braços.

Alício deixou de apitar em 2013, mas ficou desde 2009 sem trabalhar em clássicos mineiros. E sua última aparição no duelo entre Atlético-MG e Cruzeiro foi marcada por polêmicas. Uma falta não marcada de Léo Fortunato em Carlos Alberto, que geraria cartão vermelho para o jogador da Raposa, gerou cobranças públicas das direções.

O goleiro Magrão, que defendeu o Sport, também relatou ameaça de Alício durante um jogo. No livro em que conta o título do Sport da Copa do Brasil de 2008, o goleiro revelou que o árbitro disse que “mandaria voltar” caso ele defendesse um pênalti na disputa contra o Vasco.

O comportamento de Alício, já longe dos gramados, também foi questionado em um Blog especializado em arbitragem. Em texto publicado na “Tribuna do Apito”, o ex-juiz é descrito como “antissocial” e “inflexível”. A publicação ainda cita o sonho dele, realizado agora, de assumir o comando da arbitragem nacional.

========================================

A direção da CBF busca soluções para reduzir os problemas de arbitragem. Numa delas seria pedido ajuda à Fifa para capacitação dos profissionais, mas não somente por meio de seminários e vídeos de instrução, o que já é feito, mas também com a integração entre árbitros de outros países e os brasileiros. A ideia é viajar ao Brasil equipes completas de arbitragem estrangeiras, inclusive do VAR, para atuar em jogos nacionais, com a participação de profissionais brasileiros em todo o processo.

No momento, aperfeiçoar a utilização do árbitro de vídeo é prioridade. Há avaliação de que o protocolo elaborado para o VAR não é seguido e os árbitros têm usado a ferramenta com uma segunda chance para rever uma marcação, o que é proibido e ele só deve ser chamado ao monitor que fica na beira do gramado em casos de erros claros e óbvios.

Ainda na avaliação interna, como o profissional que está comandando a cabine de vídeo chama o árbitro excessivamente, ele acaba induzindo aquele que está no campo a mudar decisões sempre que vai até a beira do gramado ver o monitor. Mas a situação está tão confusa que até chamadas corretas para ver a imagem e corrigir falha não dão certo.

A CBF vem tentando encontrar soluções. Uma delas foi liberar o áudio do que é falado entre o árbitro de campo e o profissional que está na cabine. A iniciativa não teve como objetivo apenas a transparência pedida pelos clubes, mas também tentar diminuir as chamadas para rever lances subjetivos com menos conversas, menos áudios liberados e possível exposição de erros.

Também foi criada uma ferramenta chamada Radar-Relatório de Análise de Desempenho da Arbitragem, que junta todos os relatórios feitos pelos analistas nas partidas para que os árbitros sejam avaliados. A direção da CBF quer mais prática e menos teoria na melhora da arbitragem.

========================================

O volante Felipe Melo não terá qualquer problema para viajar ao Uruguai para a final da Copa Libertadores. O vice-presidente do Palmeiras, Alexandre Zanota, conduziu do Brasil, com um advogado uruguaio, a estratégia que resultou no arquivamento de um processo contra Melo em Montevidéu.

Por conta da briga ocorrida em 2017, após vitória do Palmeiras sobre o Peñarol, também pela Libertadores, Melo seria detido para depoimento ao desembarcar na capital celeste. A partida contra o Flamengo será disputada em 27 de novembro. A delegação alviverde chegará ao Uruguai no dia 24. E Melo poderá seguir o mesmo cronograma dos demais jogadores.

O tumulto em 26 abril de 2017 se iniciou assim que o juiz decretou a vitória de virada do Palmeiras, por 3 a 2. Felipe está apontando ao céu, no que parece ser uma oração, quando jogadores do Peñarol começam a cercá-lo. Inevitavelmente, o tumulto se torna generalizado em segundos. Felipe Melo acaba acertando um soco no meia Matías Mier, que hoje é jogador do Junior da Colômbia. Ao tentar deixar o gramado, membros da delegação do Palmeiras encontraram os portões fechados.

Enquanto isso, a torcida do Peñarol arremessava objetos e tentava invadir o setor reservado aos palmeirenses. Membros da torcida Mancha Alviverde formaram uma linha de frente para impedir a invasão, até que a Polícia chegou 20 minutos depois. Tudo isso aconteceu porque Felipe Melo disse em sua apresentação no clube que “daria tapa na cara de uruguaio” se necessário fosse. A frase foi levada ao pé da letra pelos jogadores do Peñarol.

========================================

Cinco anos depois de deixar o Barcelona, o lateral-direito Daniel Alves está próximo de acertar seu retorno ao clube catalão. Após se reunir com a direção da equipe, a contratação do experiente jogador de 38 anos está por detalhes de ser anunciada, segundo a imprensa da Espanha. A informação foi dada inicialmente pelo jornal “Sport”, da Catalunha, que afirmou que Xavi Hernández, novo técnico do Barcelona, aprovou a contratação do ex-jogador do São Paulo. Dani Alves foi oferecido à equipe espanhola ainda quando Ronald Koeman era o treinador, mas o holandês não se interessou

Livre desde setembro, quando rescindiu seu contrato com o São Paulo, Daniel Alves só poderá entrar em campo pelo Barcelona a partir de janeiro de 2022. Com a janela de transferências fechada, o brasileiro só terá condições de jogo quando o mercado reabrir.

Entre 2008 e 2016, o brasileiro vestiu as cores do clube, tendo entrado em campo 391 vezes, com 21 gols marcados e 101 assistências. Maior campeão da história do futebol, conquistou 23 títulos no time do Camp Nou.

Ivan Elias

Ivan Elias, associado do Panathlon Club de Juiz de Fora, é jornalista, formado em Comunicação Social pela UFJF. Trabalhou por mais de 11 anos no Sistema Solar de Comunicação (Rádio Solar e jornal Tribuna de Minas), em Juiz de Fora. Participou de centenas de transmissões esportivas ao vivo (futebol, vôlei, etc). Apresentou diversos programas de esporte e de humor, incluindo a criação de personagens. Já foi freelancer da Folha de S. Paulo, atuou como produtor de matérias de TV e em 2007 e 2008 “defendeu” o Tupi, na Bancada Democrática do Alterosa Esporte, da TV Alterosa (SBT-Minas). Criou, em 2010, ao lado de Mônica Valentim, o então blog Toque de Bola que hoje é Portal, aplicativo, Spotify, Canal no Youtube e está no Twitter, Instagram e Facebook, formando a maior vitrine de exposição do esporte local É filiado à Associação Mineira de Cronistas Esportivos (AMCE) e Associação Brasileira de Cronistas Esportivos (Abrace).

Deixe seu comentário