Ituano bate Tombense e é campeão brasileiro da Série C!

Ituano levanta a taça de campeão da Série C 2021

Após empatar o primeiro jogo em casa, não deu para o Tombense fora na decisão da Série C do Campeonato Brasileiro.

Jogando em Itu a segunda partida da final, o time da Zona da Mata de Minas Gerais foi derrotado pelo Ituano. A vitória por 3 a 0, no Estádio Novelli Júnior, deu aos donos da casa o título da Terceira Divisão do Nacional este ano. O atacante João Victor e o meia Igor Henrique e o centroavante Iago Teles marcaram os gols do título. Os dois times, além do catarinense Criciúma e do paulista Novorizontino, comandado pelo juiz-forano Léo Condé, já haviam garantido o acesso para a Série B em 2022.

Como foi

A vitória do Ituano foi construída com um gol em cada tempo. Na primeira etapa, o Ituano forçava mais as jogadas pela esquerda e, em uma delas, João Victor recebeu na lateral da área, cortou para o meio e bateu sem muita força de direita. Mas, o goleiro Felipe calculou mal, e a bola acabou passando embaixo das mãos do arqueiro do Tombense. Os donos da casa abriam o placar aos 22 minutos e colocavam a mão no título.

Jogadores do Ituano comemoram o primeiro gol

A exemplo do que fizeram no fim do primeiro tempo, os jogadores mineiros saíram para cima na segunda etapa. Mas as principais alternativas eram as bolas altas, na tentativa do centroavante Rubens. Mas a zaga do Ituano estava firme.

O segundo

Já o ataque marcou outra vez. Após iniciar a jogada no meio, Igor Henrique viu a bola cruzar a pequena área da direita para a esquerda e chegar nos pés de Gérson Magrão. Ele cruzou novamente e o próprio Igor Henrique estava quase embaixo do gol para tocar forte e fazer o segundo gol.

A partir daí, o Tombense partiu para cima, ainda na base da bola pelo alto. E o Ituano tentava o terceiro nos contra-ataques. A missão do time da Zona da Mata mineira ficou mais difícil quando Everton, artilheiro do time na Série C, foi expulso aos 40 minutos por entrada violenta em um adversário, em lance revisado pelo VAR. Felipe ainda salvou o que seria o terceiro dos donos da casa, aos 49, mas não aos 50, quando Iago Teles pegou a sobra dentro da área de nova defesa do camisa 1 do Tombense deu números finais ao jogo.

Texto: Toque de Bola – Wallace Mattos

Foto: Facebook/Ituano; e reprodução/DAZN

Wallace Mattos

Jornalista profissional, formado pela Faculdade de Comunicação Social (Facom) da Universidade Federal de Juiz de Fora (UFJF), tem mais de 20 anos de carreira na qual já trabalhou em rádio, TV, jornal e mídias digitais. Além disso, tem experiência em gerenciamento esportivo, logística e administração de pequenos negócios. Entre as áreas de interesse e constante busca de aperfeiçoamento, destaca a busca pela discussão do papel da mídia no negócio do esporte e na construção de políticas públicas voltadas para o desenvolvimento das dimensões participativa e profissional das modalidades. EXPERIÊNCIAS PROFISSIONAIS: TUPI FOOTBALL CLUB, Juiz de Fora, Minas Gerais 2015: Consultor de comunicação/Chefe de delegação/Integrante do conselho consultivo. TRIBUNA DE MINAS, Juiz de Fora, Minas Gerais, Brazil 2004 – 2015 Repórter sênior (2009-2015) – Repórter júnior (2004-2008). TV ALTEROSA, Juiz de Fora/Varginha, Minas Gerais/Minas Gerais 2003 Assistente de Marketing/Repórter esportivo. TV ALTO LITORAL, Campos dos Goytacazes, Rio de Janeiro 2002 Estagiário/Repórter júnior. MOSTARDA PROPAGANDA, Juiz de Fora, Minas Gerais 2001 Estagiário/Redator. RÁDIO SOLAR, Juiz de Fora, Minas Gerais 2001 Estagiário.

Deixe um comentário