Vanuza Pires esclarece dúvidas sobre pilates no Garotas no Toque

A educadora física Vanuza Pires falou sobre pilates no Garotas no Toque.

O pilates foi o tema da entrevista desta semana do Garotas no Toque na webradio Nas Ondas do Toque. A educadora física Vanuza Pires  falou sobre como se interessou pela técnica e quais os objetivos e impactos que pode trazer para a vida dos praticantes.

Por isso, reunimos aqui algumas respostas de Vanuza durante o programa, para ajudar a quem estiver interessado em começar o pilates. Se quiser conferir a entrevista completa, a reprise será neste sábado, às 16h, na webradio Nas Ondas do Toque.

O que é o pilates?

“Pilates é uma prática de atividade física que trabalha o corpo como todo. A gente tem o uso da respiração, da concentração. A gente trabalha muito o centro de força, alinhamento, a coordenação, fluência e vigor. São princípios que a gente vai colocando nos exercícios para que a pessoa consiga ter uma evolução global do corpo. A gente trabalha muito a questão da pessoa fazer os exercícios com a consciência corporal. É uma conexão de você mexer uma parte do corpo sem olhar para ela”.

“Pilates é universal, ele é para todos”

“O que a gente faz é direcionar o pilates para a necessidade das pessoas, para melhorar a funcionalidade da vida diária dele, seja idoso, adulto ou atletas que usam o pilates para o fortalecimento, alongamentos e mobilidade. O ser humano não nasceu pra ficar parado. O corpo precisa ser forte e ser móvel ao mesmo tempo”.

Pilates é aliado contra dores na coluna

“O pilates trabalha a questão postural de uma forma muito intensa e consciente. Ele trabalha com esse fortalecimento deste centro de força do corpo que é o crescimento axial das vértebras, o reposicionamento dessas vértebras. Quando você trabalha as vértebras de uma forma cadenciada e a reequilibrar a postura e a musculatura, é aí que ajuda nas dores”.

Na entrevista, Vanuza Pires explicou mitos e avaliou os benefícios da prática do pilates

Gestantes podem fazer pilates?

“Pode ser feito a partir da terceira semana de gestação, com liberação do médico. A gente trabalha de uma forma menos intensa na questão dos movimentos. É voltado muito para o fortalecimento do assoalho pélvico, que vai segurar todo o peso da barriga durante a gestação. E tem a questão da coluna porque o centro de gravidade muda, então a gente trabalha com o fortalecimento das costas. Ajuda também na ativação da circulação sanguínea e no reposicionamento das vísceras. E na preparação para o parto, para o trabalho de parto, ela precisa ter essa musculatura fortalecida. Estes benefícios ajudam até depois da gravidez. A recuperação do corpo se torna mais rápida e muito mais eficiente, quando ela começa com a prática da atividade antes de ganhar a criança”.

Como o pilates ajuda as pessoas descoordenadas ou desastradas?

“O pilates vai ser um aliado, porque você vai começar a perceber o que o corpo está fazendo. O seu corpo faz o que sabe, mas você precisa ensinar para ele algo novo que é melhor que o que ele está fazendo. Você começa a se observar mais, naturalmente você toma o controle do seu corpo. De uma forma muito natural, vem a concentração, a coordenação e a internalização de uma consciência corporal”.

Quem tem como meta emagrecer deve fazer pilates?

“O emagrecimento no pilates vem como uma forma secundária. Ele ocorre por causa do gasto calórico, se a pessoa tiver um gasto calórico grande, aí vai emagrecer. Não é o foco principal do pilates. Quando a pessoa quer trabalhar o emagrecimento, a gente coloca um aeróbico, um pouco do treinamento funcional, alia outras ferramentas para ajudar no gasto calórico para a pessoa ter o benefício do emagrecimento”.

Dedicação: os benefícios não aparecem da noite para o dia

“Tudo que é ganho duradouro que a gente queira tem que ser conquistado. Ele é lento, é merecimento. O trabalho todo é 50% meu e 50% dos alunos, no comprometimento com as aulas, com a prática, com a dedicação em fazer o pilates. Os ganhos virão. O que você ganha muito rápido, perde rápido. Não tenha pressa de conseguir tudo muito rápido. tenha consciência de cada benefício, celebre cada conquista para você juntar e ver quanto está melhorando, quanto está ganhando, como está caminhando”.

Garotas no Toque

Programa produzido pela equipe do Portal Toque de Bola (apresentação de Roberta Oliveira), todas as terças-feiras, a partir das 17h30, na webradio Nas Ondas do Toque, o espaço é para garotas e mulheres narrarem suas experiências e as histórias sobre como o esporte é uma parte importante de suas vidas.

Você pode ouvir a programação da Nas Ondas do Toque no site www.nasondasdotoque.esp.br ou pelo aplicativo do Toque de Bola, que pode ser baixado no Google Play ou na Apple Store.

 

Texto: Toque de Bola

Fotos: Vanuza Pires/arquivo pessoal

 

Deixe seu comentário