Juiz-forano conquista primeiro ouro de MG no Jubs 2021!

João Victor conquistou o ouro no lançamento de disco

Os Jogos Universitários Brasileiros (JUBs) 2021 estão rolando em Brasília, e os juiz-foranos representando Minas Gerais se destacando.

O primeiro ouro dos atletas que competem sob a bandeira da Federação Universitária Mineira de Esporte (Fume), nesta quarta, dia 13, foi do juiz-forano João Victor Ferreira. No lançamento de disco, o estudante-atleta da Universidade Federal de Juiz de Fora (UFJF) ficou com o primeiro lugar da competição com a marca de 43,13m.

Teve mais

A medalha de João Victor não foi a única juiz-forana do dia de competição. Nem mesmo a única do atletismo.

Teve pódio em prova de pista também. Na disputa dos 10.000m, Francisco Lima Filho, também da UFJF, ficou com a prata, com o tempo de 33min34s37.

Além dos juiz-foranos, Hellen Cristina, da Universidade Federal de Lavras (UFLA), foi bronze nos 10.000m feminino. Matheus Siveira, da Universidade Federal de Minas Gerais (UFMG), foi prata nos e-sports, no Fifa. Já Fernando Henrique Vital Filho, da Universidade Federal de Uberlândia (UFU), ficou com o bronze no kata do katarê masculino.

João durante a disputa em Brasília

Abertura

O JUBs vai até o próximo domingo, teve sua abertura oficial na segunda, dia 11, e os jogos começaram na terça, dia 12. Segundo o chefe da delegação da Fume, professor Luiz Carlos Gomes Júnior, a competição começou surpreendendo.

“Foi uma surpresa o número elevado de equipes nas modalidades coletivas. (O JUBs 2021) tem tudo para ser uma das melhores competições, apesar das adversidades da pandemia. Torcemos por um boa participação e desempenho dos estudantes-atletas de Minas Gerais”, deseja Luiz.

Segurança na pandemia

Esse é o retorno do JUBs que não foi realizado em 2020 por conta da pandemia. Por isso, a participação, seja como estudante-atleta ou dirigente, é condicionada aos procedimentos de segurança contra a Covid-19.

Francisco foi prata nos 10.000m

O presidente da Fume, Wellington Ferreira, explica que os cuidados começaram antes mesmo do início da competição. Integrantes da delegação de Minas Gerais tiveram que realizar testes para confirmar a não-infecção. Além disso, existe também uma norma no que diz respeito a vacinação: “para quem já finalizou o processo de imunização (duas doses ou dose única), foi preciso apresentar uma comprovação impressa (cartão de vacina original ou gerado pelo ConecSUS). Já para quem está, por exemplo, com apenas uma dose, antes mesmo de passar pelo credenciamento, a comissão organizadora disponibilizou um segundo teste.”

Outra medida de segurança, além da aferição de temperatura, é sobre a orientação para o uso de máscara. Exceto em jogos, provas e lutas, o equipamento de proteção individual é obrigatório no JUBs.

Texto: Toque de Bola – Wallace Mattos com informações da assessoria da Fume

Fotos: Arthur Raposo Gomes/Fume; e Atlética UFJF

Deixe um comentário