Tupi caso de polícia: próxima semana marca novos depoimentos

Delegada Ione Barbosa é a titular da investigação

  A semana que começou fervendo em Santa Terezinha com a Operação Tupi: Jogando Limpo terminou com a 4ª Delegacia de Polícia Civil analisando os vários depoimentos prestados nos últimos dias. E novas oitivas estão previstas para a próxima segunda-feira, 20.

  Algumas informações apresentadas não podem ainda ser divulgadas, mas serão apuradas. É o que diz a delegada Ione Barbosa à webradio Nas Ondas do Toque.

  Confiram os principais pontos abordados na conversa veiculada durante o Toque Notícias de 17h.

 Promessa de ressarcimento às vítimas

   Entre as pessoas ouvidas na 4ª Delegacia de Polícia Civil, estão o presidente do conselho deliberativo do Tupi, Jarbas Cruz, e o presidente da Multispor, Tiago Conte, acompanhado de advogado, segundo a delegada Ione Barbosa.

Armas, documentos e computadores foram apreendidos na Operação Tupi: Jogando Limpo

  “Na quarta-feira (15) nós ouvimos o presidente do Conselho Deliberativo. Ontem (16), conversamos informalmente com algumas pessoas que não quiseram ser ouvidas, mas trouxeram informações importantes, que eu não posso revelar. Tivemos também com o Thiago, que é a pessoa responsável pela Multisport e com o advogado dele”, enumerou.

  As oitivas continuam na próxima semana. “Na segunda feira (20), possivelmente nós vamos ouvir mais pessoas, já marcadas, tem depoimentos previstos para o dia inteiro”, comentou a delegada sem antecipar quem são as pessoas agendadas.

  De acordo com Ione Barbosa, Thiago Ferreira informou o andamento do ressarcimento dos valores investidos pelas famílias dos jogadores que participaram das peneiras da categoria de base.

  “Ele que nos mostrou uma relação mostrando a vontade e a pretensão de querer acertar em parte com as pessoas que ele precisa fazer o ressarcimento. Eu pedi que ele relacionasse mais uma vez e colocasse as condições. não vai ser feita nenhuma negociação na delegacia, não é essa a intenção, a gente quer formalizar isso e colocar nos autos. Lá não é um escritório de advocacia, é uma delegacia, mas que de alguma forma a gente possa ajudar que essas pessoas sejam ressarcidas o mais rápido possível”, disse a delegada.

Perícia

  Ione Barbosa explicou que investigações prosseguem, estamos aguardando os laudos periciais dos computadores e do celular apreendidos na operação deflagrada na segunda.

  Os computadores foram enviados para o perito especializado em Belo Horizonte. O celular está com uma perita em Juiz de Fora, segundo a delegada informou na terça-feira, 14.

Desdobramentos

   Além da denúncia de possível estelionato relacionado à categoria de base, a delegada confirmou que também há apuração referente a se houve alguma irregularidade conduta dos gestores do Carijó. No entanto, ainda não pode antecipar o que já foi levantado.

  “Nós estamos ainda angariando os indícios tanto de materialidade quanto da autoria. A gente não pode adiantar muitas coisas, muitos elementos, justamente para não prejudicar as investigações”, afirmou.

O outro lado

José Luiz Mauler Júnior, presidente do Tupi

   O presidente José Luiz Mauler Júnior está atualmente em liberdade condicional após o flagrante por causa de posse ilegal de armas de fogo, que foram apreendidas na casa dele durante o cumprimento dos mandados da Operação Tupi: Jogando Limpo.  Ao Portal de Notícias Toque de Bola, Juninho questionou a postura da delegada Ione Barbosa

  O presidente da Multisport Thiago Ferreira está em contato com a nossa reportagem para uma entrevista. Assim que ele enviar o posicionamento, o texto será publicado.

Texto: Toque de Bola – Roberta Oliveira e Ivan Elias 
Fotos: Wallace Mattos/Toque de Bola

Deixe um comentário