Toque Notícias 14h dia 03-08-2021

Quer medalha, brasil? Madrugada tem ouro na vela e bronzes no boxe e no atletismo

 

Os atletas brasileiros fizeram muito bonito nesta terça-feira, 3 de agosto. Na classe forty-niners FX da vela, Martina Grael e Kahena Kunze conquistaram ouro após terminar em terceiro na medal race. A medalha de prata ficou com as alemãs Tina Lutz e Sussan Beucke e o bronze foi para as holandesas Annemiek Bekkering e Anette Duetz. A estratégia de ir por um caminho diferente no mar rendeu a elas o bicampeonato olímpico e Martina conquistou a nona medalha olímpica da família Grael em Jogos Olímpicos. Este foi o oitavo ouro da vela na história das Olimpíadas, a maior ganhadora de ouros do Brasil. Além deles, a vela tem três pratas e oito bronzes, 19 medalhas no total.

=========

Um bronze muito festejado veio nos 400 metros com barreira. Alison Brendom dos Santos, o Piu, de 21 anos cravou a marca de 46s72 e ganhou a primeira medalha brasileira no atletismo. O tempo de Piu foi o recorde sul-americano. Esta medalha foi a décima oitava do atletismo brasileiro em todos os tempos. A primeira foi o ouro do lendário Adhemar Ferreira da Silva no salto triplo em Helsinque 1952. O ouro ficou com o norueguês Karsten Warholm, com 45s84, novo recorde mundial. A prata ficou com o norte-americano Rai Benjamin, 46s17. Os três primeiros terminaram abaixo do recorde olímpico.

=========

Outro bronze no atletismo foi conquistado na noite de Tóquio, manhã no Brasil. Na prova com salto com vara, superando os problemas da preparação, a dispensa do patrocinador e do clube, Thiago Braz saltou 5,87 metros e ficou com a medalha de bronze. Cinco anos após o ouro no Rio em 2016, o paulista de 27 anos é o primeiro do país a ir ao pódio no atletismo em duas Olimpíadas consecutivas desde André Domingos nos Jogos de Sydney-2000. Além disso é o nono atleta do salto com vara a ter duas medalhas olímpicas. E ele manteve o recorde olímpico de 6,03 metros que não foi batido em Tóquio. O ouro ficou com o sueco Armand Duplantis, de 21 anos, com 6,02 metros. O sueco tentou quebrar o recorde mundial, de 6,18m, que é dele mesmo. No entanto, não conseguiu passar os 6,19m nos três últimos saltos. A prata ficou com o norte-americano Christopher Nilsen, que parou nos 5,97m.

=========

Abner Teixeira ficou com o bronze na categoria peso pesado, até 91 quilos, nas Olimpíadas de Tóquio 2020. O paulista de Santo Amaro perdeu nas semifinais para o cubano Julio La Cruz, medalha de ouro no peso meio-pesado, até 81kg, na Rio 2016 e tetracampeão mundial amador. La Cruz venceu por 4 a 1, decisão dividida dos juízes e segue à final, e o brasileiro termina com o bronze, já que não há disputa de terceiro lugar no boxe. Na entrevista ao SportTV, Abner Teixeira disse, com outras palavras, que estava muito irritado porque odeia perder. No entanto, valorizou a conquista. “pelo fato de ser medalhista, fico feliz, era o que tinha me proposto a fazer. É a realização de um sonho, de querer estar aqui, participar de uma Olimpíada e não só isso, ganhar uma medalha”. É a quarta medalha de bronze do boxe brasileiro na história dos Jogos Olímpicos: além de Abner, Servílio de Oliveira na Cidade do México-1968 e Adriana Araújo e Yamaguchi Falcão em Londres-2012 também conquistaram esta medalha. O Brasil tem mais duas medalhas garantidas no boxe em Tóquio, com Hebert Conceição e a baiana radicada em Juiz de Fora, Bia Ferreira, que estão classificados às semifinais. A Bia venceu a pugilista Raykhona Kodirova do Uzbesquistão por decisão unânime.
=========

Isaquias Queiroz e Jacky Godmann tentaram, mas ficaram fora do pódio no C2 1000 nas Olimpíadas de Tóquio. Eles terminaram em quarto lugar, com 3min27s603. O ouro ficou com a dupla cubana formada por Serguey Torres Madrigal/Fernando Jorge Enriquez, com 3min24s995. Os chineses Hao Liu Pengfei Zheng ficaram com 3min25s198, em segundo lugar. Os alemães Sebastian Brendel e Tim Hecker, com 3min25s615 levaram o bronze.

=========

O Brasil está na decisão do torneio de futebol masculino das Olimpíadas. O jogo sem emoções, muitas faltas e dez cartões amarelos contra o México terminou 0 a 0 no tempo normal e na prorrogação. Aí foi o momento do goleiro Santos brilhar e ser fundamental para a classificação nos pênaltis por 4 a 1. O goleiro do Athletico-PR defendeu a primeira cobrança de Eduardo Aguirre na disputa de pênaltis. Vazquez chutou na trave. Rodriguez marcou. Pelo Brasil, Daniel Alves, Martinelli, Bruno Guimarães e Reinier converteram. 

Na busca pelo bicampeonato, o Brasil terá pela frente a outra favorita do torneio de futebol, a Espanha. O time europeu também ficou no empate sem gols com o Japão no tempo normal. No segundo tempo da prorrogação, um golaço de Asensio deu a vitória e a vaga na decisão aos espanhóis. A decisão será no sábado, dia 7, às 8 e meia da manhã. Mexicanos e japoneses disputam o bronze às 8 da manhã de sexta-feira.

=========

O Brasil está na semifinal do vôlei masculino dos Jogos Olímpicos de Tóquio. A vaga foi conquistada no início da madrugada desta terça com uma vitória sobre o Japão por 3 sets a 0, parciais de 25/20, 25/22 e 25/20. O time de Renan Dal Zotto vai enfrentar o Comitê Olímpico da Rússia, que bateu o Canadá por 3 a 0 mais cedo. O duelo será na quinta-feira.

=========

O vôlei feminino terá o reencontro entre Brasil e Rússia, agora chamada de Comitê Olímpico Russo, nas quartas de final das Olimpíadas de Tóquio. As russas terminaram em quarto lugar no grupo e entraram no caminho das brasileiras, que finalizaram a primeira fase sem derrotas. O técnico do JF Vôlei, Marcão, comentou a expectativa para o jogo com exclusividade para a webradio Nas Ondas do Toque. São dois estilos diferentes em confronto, mas ele confia em uma vitória brasileira.

Brasil e Rússia já protagonizaram grandes partidas na história olímpica. Em Atenas-2004, o time teve seis chances de fechar a partida, quando tinha 2 sets a 1 e vencia por 24 a 19, mas tomou a virada e ficou fora da decisão. O troco veio em Londres-2012. As duas seleções se enfrentaram nas quartas de final. O jogo terminou 3 sets a 2, de virada, mas desta vez, a vitória foi do Brasil, que contou com uma atuação impecável de Sheila.

Quem passar entre Brasil e Rússia, enfrenta na semifinal a ganhadora entre Coreia do Sul e Turquia. A outra semifinal vai reunir as vencedoras de Estados Unidos e República Dominicana e Sérvia e Itália.

=========

O handebol brasileiro deu adeus às Olimpíadas de Tóquio. As equipes masculina e feminina não conseguiram avançar para as quartas de final.

——————-

Com exclusividade para a webradio Nas Ondas do Toque, a ponta-esquerda da Associação Atlética Universitária de Concórdia, de Santa Catarina, Barbarah Bella, avaliou a participação brasileira nos Jogos Olímpicos. Bella destacou que o time masculino não teve sorte no sorteio e caiu em um grupo muito complicado. O handebol masculino terminou em quinto na chave, com a vitória sobre a Argentina e derrotas para Noruega, França, Espanha. Barbarah Bella destacou que isso forçou o time a ter que ir para o tudo ou nada contra a Alemanha. Segundo Barbarah Bella, a seleção feminina deu esperança à torcida com um começo bem promissor. No entanto, o caminho do time feminino encontrou uma das equipes mais fortes do torneio, na visão de Barbarah Bella. A seleção feminina terminou no sexto lugar, com 3 pontos no grupo B e fora da zona de classificação para as quartas de final. Para a ponta-esquerda da Associação Atlética Universitária de Concórdia, de Santa Catarina, Barbarah Bella, agora é hora de estudar os desempenhos em Tóquio para ver o que pode ser melhorado no próximo ciclo olímpico.

França, Bahrein, Suécia, Espanha, Dinamarca, Noruega, Alemanha e Egito seguem na disputa para chegar à decisão da medalha de ouro no handebol masculino no dia 7 de agosto. No feminino, as seleções de Montenegro, Comitê Olímpico Russo, Noruega, Hungria, Suécia, Coreia do Sul, França e Holanda estão no páreo para disputar a final no dia no dia 8 de agosto.

OLHO NO QUADRO! Vamos conferir como estão as conquistas de medalhas até aqui nos Jogos Olímpicos de Tóquio. A China lidera com 32 ouros, 21 pratas e 16 bronzes, 69 medalhas no total. Os Estados Unidos estão em segundo com 24 medalhas de ouro, 28 de prata e VINTE E UMA de bronze, total de 73 medalhas. Os donos da casa, os japoneses estão em terceiro com 19 medalhas de ouro, 6 de prata e 11 de bronze – 36 no total

O Brasil está em décimo oitavo lugar, com 3 medalhas de ouro, 3 de prata e 8 de bronze, quatorze medalhas no total.

========

Os jogos de volta das oitavas de final Copa do Brasil continua na terça, às sete da noite, Grêmio e Vitória se enfrentam em Porto Alegre, com ampla vantagem dos tricolores. Os gremistas podem até perder por dois gols de diferença que avançam às quartas de final. Os outros seis jogos serão quarta e na quinta-feira. O Fluminense eliminou o Criciúma e já está classificado para as quartas de final

========

O último classificado às quartas de final da Libertadores será definido nesta terça. Fluminense e Cerro Porteño jogam às 7 e 15 da noite no Maracanã, pelo jogo de volta das oitavas de final da Libertadores. O jogo estava marcado, inicialmente, para o dia 20 de julho, mas foi adiado em razão da morte do filho de Arce, técnico do Cerro Porteño, em um acidente de carro às vésperas da partida. O Fluminense venceu a partida de ida em Assunção por 2 a 0 e pode até perder por um gol de diferença que avança. Já o Cerro precisa vencer por 3 a 0 ou com vantagem de dois gols marcando pelo menos três vezes para avançar no tempo normal. Na Libertadores, gol fora de casa é critério de desempate. Vitória paraguaia por 2 a 0 leva a decisão para os pênaltis. O Tricolor tem dois desfalques: com uma lesão na coxa direta, Caio Paulista está fora do jogo desta terça. Ele deve ser substituído por Luiz Henrique, um dos destaques da vitória tricolor sobre o Criciúma pela Copa do Brasil. O outro desfalque é o atacante paraguaio Raúl Bobadilla. Ele se recuperou de uma lesão na panturrilha direita, mas testou positivo para Covid-19 e está em isolamento, de acordo com informação do clube.

========

Após várias rodadas com jogos pendentes, a tabela da série B ficar em dia. Nesta terça, Brusque e Coritiba entram em campo na partida adiada pela quarta rodada. O jogo será às 7 da noite no Augusto Bauer. Depois disso, as equipes só voltam a jogar pela décima sexta rodada, que começa na sexta-feira, 6 e termina no domingo, 8.

========

Wantuil Rodrigues é o novo técnico do Aymorés. Nascido em Ubá, ele já se apresentou para dirigir o time da cidade. O treinador comandou o “Expressinho” do Cruzeiro na década de 1990. Passou por Ipatinga, Uberaba, Nacional de Muriaé, Mamoré, Guarani e CAP Uberlândia. Ele estreia na próxima rodada, no sábado, 7 de agosto contra o Villa Nova, em Nova Lima.

==========

Hoje, às seis da tarde, tem Garotas no Toque com a nadadora do clube Bom Pastor Paula Ferrari. Não perca, às seis da tarde, aqui Nas Ondas do Toque!

O Toque Notícia é sempre de segunda a sexta, ao vivo, às duas e às cinco da tarde. Apoio: Plasc, Santa Casa de Juiz de Fora, Drogaria Santo Antônio, Projeto Cidadão Consciente da Hiperroll Embalagens e agente autorizado Claro Juiz de Fora.   

Este foi o Toque Notícia. Continue ligado na webradio Nas ondas do Toque, aqui é 100% esporte

 

Deixe um comentário