Paralimpíadas: Gabriel Araújo cai na água no Japão!

Fábio e Gabriel estão em Tóquio

  As Paralimpíadas de Tóquio terão abertura nesta terça, dia 24, às 8h de Brasília, já noite no Japão, e as emoções especiais para a torcida de Juiz de Fora já chegam logo em seguida.

  O nadador paralímpico do Clube Bom Pastor, Gabriel Araújo, cai na água na noite de terça do Brasil, quando disputa as eliminatórias da classe S2 dos 100m nado de costas, a partir das 21h29, horário de Brasília. O paratleta, que está em Tóquio com o treinador Fábio Antunes, deve se classificar para a disputa de medalhas, que está marcada para ocorrer, no horário do Brasil, a partir das 5h31 do dia 25.

Expectativa

  Gabriel é nascido em Santa Luzia e criado em Corinto, na região central de Minas Gerais. Mudou-se para Juiz de Fora para treinar e embarcar de vez no projeto paralímpico de Fabinho no Bom Pastor. 

  Direto de Tóquio, o paratleta e seu treinador mandaram um recado exclusivo para o Toque de Bola. Gabriel não escondeu a ansiedade e até arriscou uma despedida em japonês. “Fala, galera! Está chegando o grande dia. O momento tão esperado. Conto o apoio e torcida de vocês. Vamos que vamos, arigatô!”  

Tem mais

  Além dos 100m costas, Araújo vai disputar também os 200m livre. Esta prova tem eliminatórias da classe S2 agendadas para sábado, dia 28 de agosto, às 22h37, de Brasília. A final, caso Gabriel avance, está prevista para a manhã de domingo, dia 29, às 7h07, do Brasil.

  O nadador paralímpico do Bom Pastor nada mais uma prova nas Paralimpíadas de Tóquio na quarta, dia 1º de setembro, participando das eliminatórias da classe S2 dos 50m costas, a partir das 22h25. Se avançar, nada a final no dia 2, a partir das 6h31.  

Índices

  Gabriel conquistou os índices da classe S2 para as Paralimpíadas em junho.  Ele nadou em 56s93 os 50m costas. A marca para estar em Tóquio era de 1min03s61.

  Nos 100m costas, o índice era de 2min19s59, e o atleta do Bom Pastor fez 2min00s19. Gabriel fez seu terceiro índice nos 200m livre, com 4min08s53, quando precisava de 4min52s46.

As classes

  Na natação paralímpica, são três as siglas utilizadas para denominar as classes, segundo o Comitê Paralímpico Brasileiro. A letra S significa natação – swimming em inglês -, servindo para designar os nado livre, costas e borboleta. Já a sigla SB designa competições de nado de peiro, e SM as de medley. 

  Os paratletas são divididos em classes de 1 a 10, para competidores com comprometimento motor; de 11 a 13, para pessoas com deficiência visual; e 14 para deficiência intelectual. As gradações – de 1 a 10 e de 11 a 13 – vão do maior para o men   

Texto: Toque de Bola – Wallace Mattos

Fotos: 

Deixe um comentário