Mirando o G4, Tupi e Democrata se enfrentam pelo Módulo 2

Albert comemorou o gol do Tupi contra o Baeta

 Uma vitória e o G4 vira realidade. É com esta missão que o Tupi entra em campo contra o Democrata de Governador Valadares pela nona rodada do Módulo 2 do Campeonato Mineiro.

  A partida nesta segunda, 16, às 20h30, no José Mammoud Abbas, vale uma posição importante na luta por uma das vagas no quadrangular final faltando duas rodadas para terminar a fase classificatória.

Neste duelo de seis pontos, os dois times estão colados no grupo que avança. Em uma rodada onde os quatro primeiros empataram, é a chance para se colocar na briga e tomar a posição do Betim, que tem 14 pontos.

  O Democrata está em quinto lugar, com 12 pontos. O Tupi é o sexto, com 11. A vitória coloca o Democrata no quarto lugar. Os três pontos levariam o Tupi ao empate com o Betim e à vantagem no número de vitórias.

  A vitória também ganha peso dependendo do resultado do outro jogo desta segunda: se o Guarani vencer o Democrata em Sete Lagoas, sobe para 13 pontos.

  “Seguimos no limite, mas esperançosos com a evolução que a equipe está tendo dentro do campeonato nesse jogo de adversários diretos”, disse o técnico Rafael Novaes em conversa com o Toque de Bola.

Tempo para se recuperar

  Após a vitória no Tu-Tu, Novaes comemorou ganhar tempo para colocar o time novamente em campo pelo Módulo 2 pela nona rodada.

  “Jogamos bem desfalcados na última quarta, além dos desfalques disciplinares, tivemos atletas atuando com problemas de lesão. Essa partida passando pra segunda foi bom pra nós, já que ganhamos um tempo a mais pra tentar recuperar alguns lesionados, como Adson, Coquinho, Isaías, Esquerdinha”, disse Rafael.

  O time terá desfalques: o volante Rezende cumpre suspensão por cartões amarelos e o centroavante Renan Amorim, com uma inflamação na garganta. “Amorim ainda não se recuperou e tem pouquíssimas chances de jogar”, explicou o treinador.

Texto: Toque de Bola – Roberta Oliveira 
Foto: Toque de Bola

Deixe um comentário