Baeta busca liderança do Módulo 2 contra o União Luziense!

Baeta venceu o Guarni, em casa, na última vez que atuou

  A conta para o torcedor do Tupynambás nesta sexta, dia 6, é simples: se vencer, o Baeta é líder.

  Por isso, nenhum resultado diferente esta na mira do técnico do Leão do Poço Rico, Gustavo Brancão, e seus comandados. A partir da 15h, no Estádio Municipal Radialista Mário Helênio, em Juiz de Fora, o Alvirrubro entra em campo para enfrentar o União Luziense. A meta é consolidação na luta pelo G4 do Módulo 2 do Campeonato Mineiro.

Será que fica? 

  Para permanecer na ponta ao final da sétima rodada, além de vencer, o Baeta tem que secar o líder Nacional de Muriaé. Se o time da cidade vizinha da Zona da Mata não bater o Democrata de Sete Lagoas, fora de casa, o Leão do Poço Rico, vencendo, assume a ponta.

  Mas mais do que ganhar para chegar à liderança, Brancão quer vencer para que sua equipe ganhe consistência no Módulo 2. “Queremos permanecer no G4. Falei que iríamos trabalhar para chegar e, de lá, não sair mais. Respeitamos todos, mas quem quer se classificar para a próxima fase não pode oscilar. Temos que ser regulares para alcançar nossos objetivos na competição.”

Brancão (cinza) orienta seus atletas

Suspensos liberados

  Para a partida desta sexta, o treinador vai poder contar com o volante Michel Elói e o atacante Fabinho Alves. Mesmo sem jogar na última rodada, ambos cumpriram suspensão no W.O. sobre o Serrananse

  “Intensificamos muito os treinos, já que não jogamos. Trabalhamos com o Elói e o Fabinho, que estão livres da suspensão. São jogadores importantes, que fariam falta. Ficamos satisfeitos com os retornos e que eles não desfalcaram o time”, comemora Brancão que deve mandar a campo: Juliano, Fernando, Davi, Rayan e Lucas Rodrigues; Yan Gomes, Michel Elói e Tetel; Cléber Pereira, Fabinho Alves e Marcos Paulo.

Texto: Toque de Bola – Wallace Mattos

Fotos: reprodução/TVN Sports; e Toque de Bola

Wallace Mattos

Jornalista profissional, formado pela Faculdade de Comunicação Social (Facom) da Universidade Federal de Juiz de Fora (UFJF), tem mais de 20 anos de carreira na qual já trabalhou em rádio, TV, jornal e mídias digitais. Além disso, tem experiência em gerenciamento esportivo, logística e administração de pequenos negócios. Entre as áreas de interesse e constante busca de aperfeiçoamento, destaca a busca pela discussão do papel da mídia no negócio do esporte e na construção de políticas públicas voltadas para o desenvolvimento das dimensões participativa e profissional das modalidades. EXPERIÊNCIAS PROFISSIONAIS: TUPI FOOTBALL CLUB, Juiz de Fora, Minas Gerais 2015: Consultor de comunicação/Chefe de delegação/Integrante do conselho consultivo. TRIBUNA DE MINAS, Juiz de Fora, Minas Gerais, Brazil 2004 – 2015 Repórter sênior (2009-2015) – Repórter júnior (2004-2008). TV ALTEROSA, Juiz de Fora/Varginha, Minas Gerais/Minas Gerais 2003 Assistente de Marketing/Repórter esportivo. TV ALTO LITORAL, Campos dos Goytacazes, Rio de Janeiro 2002 Estagiário/Repórter júnior. MOSTARDA PROPAGANDA, Juiz de Fora, Minas Gerais 2001 Estagiário/Redator. RÁDIO SOLAR, Juiz de Fora, Minas Gerais 2001 Estagiário.

Este post tem um comentário

  1. Allan Rabelo

    Tomara que o Marcos Paulo volte a marcar o Fabinho retorne bem e o Cléber tem entrado bem resta dar liga esse ataque e o Tupynambás manter uma regularidade

Deixe seu comentário