Kappa marca duas vezes, e Tupi perde em Santa Luzia!

Kappa comemora seu segundo gol sobre o Tupi

  O Tupi não resistiu ao faro artilheiro do centroavante Edson Kappa, do união Luziense, e foi derrotado na tarde desta sábado, dia 31, e Santa Luzia.

  O camisa 9 fez os dois gols da vitória por 2 a 0 dos donos da casa no Estádio Victor Andrade de Brito, o Campo do Frimiza, na região metropolitana de Belo Horizonte. Com o resultado, o Carijó desperdiçou a chance de encostar no G4 e viu o time de Santa Luzia ultrapassá-lo.

  O Tupi volta a campo na sétima rodada da Segundona do Estadual no dia 7 de agosto, em Juiz de Fora, contra o Betim.

Lee x Albert 

  Como os três pontos eram muito importantes para as duas equipes, o início foi de muito estudo em busca de brechas para atacar. O União Luziense apostou em muita gente no meio campo. O Tupi confiava na força do ataque.

Albert deu trabalho ao goleiro Lee no primeiro tempo 

  Por isso, o time juiz-forano apareceu mais vezes na área do time de Santa Luzia. O goleiro Lee teve um duelo à parte com os atacantes Carijós. Primeiro, defendeu um lance criado por Thiago André pela direita. Depois, o goleiro defendeu a cabeçada de Adalberto concluindo um cruzamento.

  No entanto, quem mais deu trabalho a Lee foi o meio campo Albert. Em três cobranças de falta, o jogador carijó testou a elasticidade do goleiro dos donos da casa. Na primeira, em uma falta marcada no lado esquerdo na região intermediária, Lee rebateu a bola para escanteio.

  Na segunda falta, no centro do campo, Albert bateu direto e Lee defendeu sem dar rebote. Na terceira, na reta final, em uma cobrança de Albert do bico da grande área pela esquerda, Lee foi ajudado pelo atacante Edson Kappa, que desviou a bola que tinha endereço certo.

União Luziense ameaça

Kappa marca duas vezes, e Tupi perde em Santa Luzia!
Kappa (9) abriu o placar aos 30 do segundo tempo

  Enquanto o Tupi criava chances claras, os donos da casa também tiveram boas jogadas. Uma delas foi um cruzamento pela esquerda para a área do Tupi que o goleiro Ésio desviou e evitou a conclusão.

  Nos acréscimos do primeiro tempo, em um contra-ataque do União Luziense, Rafael Leme cabeceou de dentro da grande área, mas o goleiro Ésio observou a bola sair com tranquilidade.

Alugaram o ouvido da árbitra

  As duas equipes reclamaram muito com a árbitra Andreza Helena de Siqueira.  No primeiro tempo, houve um período de lances mais ríspidos e duros das duas equipes. Os integrantes pediram punição uns para os outros.

  A juíza pediu calma, conversou com os jogadores para deixar claro que a partida estava sob controle. Apesar da falação, o primeiro tempo terminou com apenas um cartão amarelo, para Ézio, do União Luziense, em uma falta dura em Elder. Ao final da primeira etapa, o goleiro Lee, capitão do União Luziense, bateu um papo com a equipe de arbitragem. 

Esio não evita derrota

Partida terminou com vitória do União

  Antes dos cinco minutos de segundo tempo, o Tupi pareceu mais animado, com jogada de Renan Amorim no fundo,pela direita. A bola cruzou toda extensão da pequena área sem um pé carijó para colocá-la na rede.

  Mas, loga os nove minutos, o goleiro carijó, Esio, começou a ter trabalho. O arqueiro alvinegro saiu e salvou nos pés de Kappa, no bico esquerdo da pequena área, o que seria o primeiro gol do União.

   Aos 19 minutos, Esio salvou novamente. Após jogada individual de Carioca pela direita, o mesmo finalizou cara a cara com o goleiro do Tupi, que jogou para escanteio. Aos 30, não teve jeito. Cobrança de falta na área, toque no segundo pau para a pequena área e, sozinho, Edson Kappa abriu o placar.

  O Tupi tentou ir à frente para empatar. Mas abriu espaço, e Kappa recebeu de novo na área, colocou no ângulo, aos 42 minutos, para fechar o placar em 2 a 0.

União Luziense x Tupi

Campo do Frimisa – Santa Luzia

Arbitragem: Andreza Helena de Siqueira com assistentes Samuel Henrique Soares Silva e Jeferson Cristiano Monteiro

Gols: Edson Kappa, aos 30 e  aos 42 minutos do segundo tempo

Cartões amarelos: Ézio, Bádio, do União Luziense. Adalberto, do Tupi.

União Luziense: Lee, Breno, Matheus Ernandes, Rafael Leme, George Pitbull (Gabriel Henrique), Vinicio, Ézio (Carioca), Galhardo, Édson Kappa, Júnior Lemos, Marion (Bádio).

Técnico: Rodrigo Rojas

Tupi: Ésio, Adson, Douglas, Adalberto, Izaías (Macário), Elder, Rezende, Albert (Yago), Renam Amorim, Eduardo, Thiago André (Anderson)

Técnico: Rafael Novaes

Texto: Toque de Bola – Roberta Oliveira e Wallace Mattos

Fotos: TVNSports/reprodução

Deixe um comentário