É campeão! Flamengo, São Paulo, Grêmio, Náutico e Grêmio Anápolis vencem estaduais

Taça do Campeonato Gaúcho 

  Vários vencedores dos campeonatos estaduais saíram neste fim de semana. Atlético, Flamengo e Grêmio mantiveram a hegemonia.

  São Paulo colocou fim em 16 anos de espera e levantou a taça do Paulistão.

  Nos pênaltis, Náutico deu alegria à torcida. Também nas penalidades, o Grêmio Anápolis conquistou um título inédito.

  Confira um resumo preparado pelo Toque de Bola.

Rio de Janeiro

Flamengo é o campeão carioca 2021

  O Flamengo chegou a 37 títulos e ao sexto tricampeonato estadual da história na noite de sábado, 22. O título veio com a vitória sobre o Fluminense por 3 a 1, com dois gols de Gabigol e um do estreante João Gomes. Fred descontou para o tricolor, cobrando pênalti.

  Um dos momentos marcantes ocorreu no intervalo, quando as câmeras flagraram Diego Ribas dando uma bronca em Gabigol a caminho do vestiário. Diego não gostou de ver o artilheiro provocando os adversários e exigiu foco na partida.

  No fim das contas, o craque do campeonato Gabigol terminou com oito gols, um atrás de Alef Manga, ex-Volta Redonda, que foi o maior goleador do Carioca. 

  A segunda partida da final do Carioca, inclusive, é o tema da nova crônica na seção #otoquequefaltava do Portal Toque de Bola. Clique aqui e confira a crônica

São Paulo

São Paulo é o campeão paulista de 2021

  Depois de nove anos sem levantar uma taça e 16 sem vencer o Estadual, o São Paulo quebrou essa escrita neste domingo, 23. O tricolor venceu o Palmeiras por 2 a 0 e conquistou o 22º Paulistão.

  Após empate sem gols no primeiro jogo e, com um início de partida truncado, Luan abriu o placar com um chute que desviou em Felipe Melo e atrapalhou o goleiro Weverton. No segundo tempo, o Palmeiras buscou o empate, mas Luciano ampliou ao concluir o cruzamento de Rodrigo Nestor pela esquerda.

  Foi a primeira conquista de Hernan Crespo como técnico do São Paulo. O argentino se tornou o nono treinador estrangeiro a vencer o Campeonato Paulista.

Rio Grande do Sul

Ferreira marcou gol do Grêmio

  O Gre-Nal 432 disputado na Arena do Grêmio terminou empatado em 1 a 1 – e o título ficou com os donos da casa. Foi o quarto título consecutivo do tricolor gaúcho, que voltou a ser tetracampeão após 33 anos.

  O time de Tiago Nunes saiu na frente, com gol de Ferreira, no fim do primeiro tempo. Rodrigo Dourado empatou para o Inter na etapa final. Como o placar não mudou, o Grêmio segue a série invicta contra o maior rival: desde 2014, são 11 empates e sete vitórias do tricolor.

 A rivalidade acirrada teve uma discussão com direito a peitada entre Yuri Alberto e Rafinha. O árbitro Leandro Vuaden expulsou os dois ainda no primeiro tempo. 

Pernambuco

Clubes comemoram a conquista dos campeonatos estaduais

  Depois de três anos, o Náutico voltou a levantar a taça do Campeonato Pernambucano. Vitorioso em 2018, vice em 2019 e terceiro colocado no ano passado, o Timbu venceu o Sport nos pênaltis nos Aflitos.

  O tempo regulamentar terminou 1 a 1. Os gols saíram no segundo tempo. Kieza abriu para os donos da casa aos 33 e Mikael empatou aos 42.

  Nas penalidades, a polêmica: o goleiro do Sport, Maílson, defendeu a cobrança de Giovanny, mas o VAR indicou que o arqueiro se adiantou e mandou repetir. Na segunda vez, o jogador do Náutico marcou. No lance seguinte, Marquinhos perdeu e Kieza converteu.

  Enquanto o Timbu celebrava o fim de 53 anos sem vencer os rivais na decisão, jogadores e comissão técnica do Sport cercaram o juiz Rodolpho Toski Marques. A polícia escoltou o árbitro até os vestiários.

Goiás

  Deu interior: o Grêmio Anápolis venceu o primeiro título goiano da história. Após empate em 1 a 1 nos 90 minutos, o time ganhou do Vila Nova por 5 a 4 nos pênaltis.

  Vinícius Rodrigues abriu o placar para o Grêmio Anápolis e o Vila Nova empatou com Willian Formiga. O VAR foi contestado na final goiana, que anulou um gol marcado por Kelvin, do Vila Nova.

  Nos pênaltis, o Grêmio Anápolis não desperdiçou nenhuma cobrança. Arthur Rezende errou a segunda cobrança do Vila Nova. O time do interior ficou com a taça e o Vila segue sem conquistar o Estadual desde 2005 – o que rendeu provocação do Goiás nas redes sociais.

 

Texto: Toque de Bola – Roberta Oliveira, com informações dos perfis oficiais, ge e UOL

Foto: @marcelocortes_/Instagram; São Paulo/Instagram; Grêmio/Instagram; @lucasuebel/Grêmio FBPA; Náutico/Instagram

Deixe um comentário