Galo e Coelho ampliam vantagem na semifinal do Mineiro 2021

Galo e Coelho ampliam vantagem na semifinal do Mineiro 2021
Matheus Mendes pegou pênalti no sábado

Por terem feito melhores campanhas, Atlético e América entraram em campo com vantagem sobre Tombense e Cruzeiro. E ampliaram a diferença nas partidas de ida da semifinal do Mineiro 2021.

Artilheiro e goleiro se destacaram no Independência. Também houve momentos de drama e golaço. O Mineirão presenciou uma virada de placar em menos de cinco minutos e a partida tensa terminou em bate-boca no caminho para os vestiários.

Aconteceu um pouco de tudo pelo Campeonato Mineiro neste fim de semana. Leia agora o resumo preparado para o Toque de Bola.

Tombense 0 x 3 Atlético

Hulk participou dos três gols do Atlético contra o Tombense

Hulk foi um dos caras do jogo. Deu assistência para Hyoran abrir o placar e depois sofreu o pênalti que Guga converteu, ainda no primeiro tempo.

Na etapa final, Hulk ampliou em um belo chute de fora da área.   O Tombense teve chance de diminuir, com o pênalti marcado depois da falta cometida pelo goleiro Everson, que foi expulso.

Este foi o momento onde apareceu o segundo cara da partida: estreando no profissional, o jovem Matheus Mendes defendeu a cobrança de Keké, artilheiro do campeonato, no primeiro lance e no rebote.

O jogo, com mando do Tombense, foi no Estádio Independência, por causa da obrigatoriedade de ter o VAR nas semifinais. E teve trabalho: validou a marcação do pênalti no primeiro tempo e a expulsão do goleiro atleticano.

Cruzeiro 1 x 2 América

Sobis abriu o placar para o Cruzeiro

Uma semifinal tensa em campo e fora dela, os gols ficaram para a reta final dos tempos. Na primeira etapa, Rafael Sóbis esperou o VAR validar para comemorar o gol que abriu o placar no Mineirão.

Na segunda etapa, com as mexidas do técnico Lisca, o América foi para cima. E o Cruzeiro tentou ampliar o placar. Airton marcou o segundo, mas o VAR acusou o impedimento no início do lance.

De tanto insistir, o América conseguiu o empate, com Alê aos 41 minutos e a virada, com Ademir, aos 45.

No fim do jogo, tumulto na descida para os vestiários. Houve bate-boca e os seguranças dos dois clubes tiveram  trabalho para separar os integrantes de Cruzeiro e América envolvidos.

América virou contra o Cruzeiro

Segunda rodada das semifinais

No sábado, 8 de maio, às 16h30, o Tombense entra no campo do Mineirão precisando vencer por quatro gols de diferença para reverter a vantagem do Atlético.

No domingo, 9 de maio, às 16h, o Cruzeiro tem que vencer por dois gols para superar o América no Independência e chegar à decisão do Mineiro 2021.

 

Texto: Toque de Bola – Roberta Oliveira

Fotos:  @brunohaddadphotos/Cruzeiro; @victorsouza_foto/Tombense; América/Instagram; Atlético/Instagram

Deixe um comentário