Em rodada com polêmicas, Cruzeiro, Athletic, Tombense e Caldense vencem

A nona rodada do Mineiro não poupou os torcedores de emoções intensas.
Cruzeiro venceu Atlético no Mineirão

  Virada e revirada, clássico tenso, nervos à flor da pele, arbitragem contestada e empate conquistado no acréscimo: a nona rodada do Campeonato Mineiro não poupou os torcedores de emoções intensas.

  O jogo mais balado da rodada – a partida que comemorava o aniversário de 100 anos do confronto entre Cruzeiro e Atlético teve disputa, herói inesperado e confusão nos acréscimos.

  O América nem conseguiu aproveitar pra diminuir a diferença para o Atlético porque foi derrotado por um início fulminante do Tombense.

  O técnico Gustavo Brancão estreou com vitória no comando do Athletic Club, em uma partida bem disputada no Triângulo Mineiro. A arbitragem foi contestada pelos times de Belo Horizonte e teve expulsão em BH e em Patos de Minas.

  Confira como foi a rodada no resumo preparado pelo Toque de Bola.

Uberlândia 2 x 3 Athletic Club

Gustavo Brancão comemora vitória na estreia pelo Athletic Club

  Teve virada e revirada no jogo que abriu a rodada no Parque do Sabiá. Teve virada e revirada no Parque do Sabiá. Cassiano abriu o placar para o Athletic Club, que dominou a maior parte do primeiro tempo.

  O Esquadrão de Aço não conseguiu ampliar o placar por causa das defesas do goleiro George. Ainda no primeiro tempo, Wandinho conquistou o empate para o Uberlândia.

  Logo no início da segunda etapa, os donos da casa viraram, com Henrique escorando cruzamento de Ávila. O jogo ficou aberto, com o Uberlândia querendo definir o placar e o Athletic buscando a igualdade.

  Em dez minutos, Wallace Lalado, que veio do banco, reescreveu a história da partida. Aos 32, empatou. E aos 42, na reta final, decretou a vitória do Athletic após três rodadas.  

  No fim das contas, Athletic subiu para 12 pontos e o Uberlândia parou nos dez.

Cruzeiro 1 x 0 Atlético

Aílton foi o herói do 100º Clássico 

  O primeiro tempo não teve gols, mas não por falta de tentativa. Vargas parou em Fábio, duas vezes. O chute de Sóbis foi defendido por Everson. Na segunda etapa, a aplicação do Cruzeiro deu resultado: após jogada rápida do ataque, Ailton ficou cara a cara com Everson e marcou aos 16 minutos.

  O árbitro Paulo César Zanovelli não marcou pênalti em dois lances, mas agiu em um lance importante. Nos acréscimos, antes de uma cobrança de falta para o Atlético, Hulk e William Pottker se estranharam na marcação.

  O juiz não hesitou e expulsou os dois. Na súmula, justificou que Pottker, que tinha acabado de entrar, “segurou o atacante pela camisa e o arranhou no peito”. Hulk, que levou cartão amarelo no segundo tempo, recebeu o vermelho direto “por revidar o arranhão com uma braçada”. Da saída de campo ao vestiário, os dois jogadores foram se provocando e deram trabalho aos seguranças.

No fim das contas, a Raposa riu por último, subiu para 17 pontos e ainda provocou nas redes sociais. O Galo permanece líder isolado com 21 pontos.

Tombense 2 x 1 América

A nona rodada do Mineiro não poupou os torcedores de emoções intensas.
Keké marcou o segundo gol numa cobrança de pênalti

  Em um início fulminante, o Tombense ameaçou até marcar. Daniel Amorim concluiu o cruzamento de Rodrigo Carioca aos 12 minutos. O Gavião Carcará pressionou e quatro minutos depois, o juiz marcou pênalti, após Anderson bloquear um chute de Daniel Amorim com a mão. Keké bateu no canto esquerdo de Matheus Cavichioli e marcou o terceiro dele no Mineiro.

  Com a desvantagem, o América foi para cima, equilibrou o jogo e buscou gol. O zagueiro Anderson diminuiu aos 43 minutos, após João Paulo cobrar escanteio, Alê desviar para ele concluir a jogada.

  Na segunda etapa, o goleiro Felipe Garcia trabalhou bastante para conter o ataque do Coelho. A equipe de BH reclamou de dois pênaltis não marcados pela arbitragem. Na reta final Keké teve chance para ampliar, mas Matheus Cavichioli defendeu. O jogo terminou com vitória dos donos da casa e o técnico Lisca muito irritado com as decisões dos árbitros. O Tombense subiu para 13 pontos. O América segue com 16. 

Patrocinense 1 x 1 Pouso Alegre

  O Pouso Alegre foi ao Triângulo Mineiro buscando recuperação pela derrota para o Atlético. Após uma primeira etapa sem gols, Foguinho cobrou falta na área, Guilherme Paraíba cabeceou e venceu o goleiro Cairo, aos 18 do segundo tempo.

  Sete minutos depois, a arbitragem marcou pênalti para a Patrocinense, que Jeam converteu.

  O Dragão pressionou, mas a defesa do Patrocinense se garantiu. No fim das contas, um ponto para cada lado. O time de Patrocínio sobe para 10 pontos e Pouso Alegre chegou a 12 pontos.

URT 1 x 1 Boa

Jefferson abriu o placar para o Boa

  A URT vinha de duas vitórias, mas sofreu em casa neste domingo. O Boa saiu na frente com gol de Jefferson aos 29 do segundo tempo.

  Houve pressão, mas o time do Sul de Minas estava levando os três pontos. No entanto, nos acréscimos, Pedro Rosa empatou em um chute fora da área aos 49 minutos.

  Aos 44 minutos, o juiz expulsou Márcio, do Boa e o preparador de goleiros da URT, Ronaldo Gontijo Filho, trocaram empurrões no banco de reservas. Na súmula consta que o jogador foi conduzido pelo policiamento até o vestiário. 

  Com o resultado, o time de Patos de MG chegou a 13 pontos. O Boa subiu para cinco pontos e segue na zona de rebaixamento.

  O jogo teve duas curiosidades: primeiro foi o atraso de 18 minutos para começar, por causa da falta de policiamento no estádio Zema Maciel, o Mangueirão. O segundo foi que a arbitragem teve que substituir a bola no segundo tempo. O motivo? Ela furou.

Coimbra 0 x 2 Caldense

Caldense venceu Coimbra em BH

  É o seguinte: a Caldense está vivendo uma relação especial com Belo Horizonte no Campeonato Mineiro 2021. Venceu os três times da capital. Neste domingo, levou a melhor contra o Coimbra em partida disputada no Independência.

  Caio Ribeiro abriu o placar aos sete minutos do primeiro tempo e Bruno Oliveira ampliou aos nove da etapa final.

  O Coimbra foi forçado a atacar para diminuir a diferença. A Veterana teve espaços, mas não conseguiu ampliar, graças às intervenções do goleiro Jori.

  Com o resultado, o Coimbra é o lanterna com cinco pontos. A Caldense se recuperou da derrota para o Uberlândia e voltou ao G4 com 13 pontos.

A nona rodada do Mineiro não poupou os torcedores de emoções intensas.
Classificação após a nona rodada do Mineiro, Clique se desejar ampliar a imagem

 

Próxima rodada

  A nona rodada foi dividida, com dois jogos no sábado, 17 e quatro no domingo, 18. Confira os confrontos:

Sábado, 17 de abril

  • 16h30: América x Coimbra – Independência, BH
  • 19h: Caldense x Athletic Club – Ronaldão, Poços de Caldas

Domingo, 18 de abril

  • 10h: Uberlândia x Tombense – Parque do Sabiá, Uberlândia
  • 11h: Pouso Alegre x Cruzeiro – Manduzão, Pouso Alegre
  • 16h: Patrocinense x URT – Pedro Alves do Nascimento, Patrocínio
  • 16h: Atlético x Boa – Mineirão, BH

  Além disso, a semana tem um jogo isolado da oitava rodada: Boa e Tombense se enfrentam no Melão em Varginha na quarta, 14, às 16h. O adiamento em uma semana foi por causa do time da Zona da Mata que enfrentou o Vasco na Copa do Brasil no dia 7 de abril.

Texto: Toque de Bola – Roberta Oliveira com informações da FMF, ge globo e perfis oficiais das equipes.

Foto: @brunohaddadphotos/Cruzeiro; Pouso Alegre/Instagram; Giovanni Mendes; Boa Esporte/Instagram; Caldense/Instagram; SporTv/reprodução; FMF/reprodução.

Deixe um comentário