PJF decreta lockdown; jogo do Tupi sub-20 é suspenso!

Margarida decretou uma semana de lockdown

  Na manhã deste domingo, dia 7, a prefeita de Juiz de Fora, Margarida Salomão, anunciou em coletiva que a cidade entra, a partir da meia-noite desta segunda, dia 8, em lockdown.

  A princípio, a medida vale por uma semana, até o fim do domingo, dia 14. Assim, afeta diretamente o time sub-20 do Tupi.

Jogo suspenso

  O Galinho tinha a estreia na Copa do Brasil Sub-20 marcada para a próxima quarta, dia 10, contra o Serra, do Espírito Santo, às 15h30, no Estádio Municipal Radialista Mário Helênio.

  Perguntada pela reportagem do Portal Toque de Bola sobre a situação do evento, a prefeita foi taxativa. “Está suspenso. Nenhum evento desta natureza pode ocorrer”, disse Margarida.

Tupi tenta adiar partida

  Por conta da entrada da cidade em lockdown, o Tupi tenta adiar o confronto com o Serra. “Estamos em contato com a Federação Mineira de Futebol (FMF) e a Confederação Brasileira de Futebol (CBF) para tentar suspender e adiar a partida. Esperamos que haja bom senso. Se tivermos que jogar em outra cidade, teremos um custo extra enorme por conta da situação. Não é o desejável”, explicou o presidente do Carijó, José Luís Mauler Júnior, o Juninho.

Juninho vai tentar adiar o jogo do Galinho

  O mandatário carijó não concorda com a suspensão das competições. “No futebol, todos os envolvidos têm que fazer o exame para participar da atividade. Mostram que não são portadores da doença. Como cumprimos todos os protocolos de segurança, é um dos ambientes mais protegidos. Entendemos a situação, jamais valorizaria um jogo de futebol acima da vida. Mas, a meu ver, a medida não faz sentido pois é uma atividade totalmente controlada nos padrões de saúde”, acredita Juninho.

Ocupação de UTI chega a 100% 

  O decreto publicado neste domingo, coloca a cidade na faixa roxa do plano Juiz de Fora Pela Vida, a mais restritiva do protocolo de combate à pandemia do Executivo municipal. Nela, apenas supermercados, mercearias, padarias, farmácias e lojas de implementos veterinários poderão funcionar, como elencou Margarida na coletiva. O lockdown em Juiz de Fora é consequência do aumento da ocupação de leitos de UTI na cidade, que chegou a 100%.

Com o decreto, a cidade entra na faixa roxa do JF Pela Vida

  “A situação piorou drasticamente nas últimas horas. Atingimos a capacidade máxima em Juiz de Fora e temos também os números da região. Corremos o risco de um esgotamento sanitário, de faltar medicamentos e de colapso no sistema funerário. Pacientes estão sendo transferidos para municípios vizinhos, e o volume é tão grande que tivemos que contratar outro serviço de ambulâncias. Por isso decretamos o lockdown por uma semana, reavaliando a situação no próximo domingo”, explicou Margarida.

Mínima circulação, máximo isolamento

  Além da restrição das atividades comerciais, visando a diminuição da circulação de pessoas e o extremo isolamento para conter o avanço da covid-19, a Prefeitura vai exigir que a frota de ônibus circule com 100% dos veículos. Os passageiros só poderão viajar sentados nos coletivos.

  O sistema financeiro, principalmente os bancos, deverão funcionar em horário estendido e sem fila fora das agências. Margarida prometeu fiscalização intensa e firme para coibir descumprimentos.  

Texto: Toque de Bola – Wallace Mattos

Fotos: divulgação/PJF; e Toque de Bola

Deixe um comentário