Panathlon Club JF 45 anos: inscrições abertas para o Desafio da Diversidade

Desafio da Diversidade Panathlon
Desafio da Diversidade Panathlon

  Estão abertas as inscrições para o Desafio da Diversidade, realizado com o apoio do Panathlon Juiz de Fora — que, em 2021, comemora 45 anos de atividades — e da Vem de Pedal. A proposta é envolver ciclistas e amantes de bicicleta de todos os lugares do planeta.

  Participar é simples: quem quiser deve escolher uma quilometragem para realizar — 250 km, 500 km, 1000 km — e registrar as atividades cumulativas no aplicativo Strava. O desafio começa no dia 1° de abril, as inscrições podem ser feitas até o dia 15 de abril, ou até o encerramento das vagas. Mas os participantes deverão cumprir a meta escolhida até o fim do mês.

  Percorrer a distância escolhida não é o único desafio. Pensando na representatividade que as bikes passaram a ter durante a pandemia, ganhando uma importância fundamental para a saúde — física e emocional — de tantas pessoas,  a proposta é que os participantes também se desafiem a pedalar com quem nunca pedalaram antes: grupos diferentes, pessoas com faixas etárias distintas, superando quaisquer tipos de preconceitos e discriminações. 

  Então, convide um amigo seu, que seja seu OPOSTO e venha participar do DESAFIO DA DIVERSIDADE! As inscrições podem ser feitas no link https://doity.com.br/desafio-da-diversidade. E a diversidade é tanta que mesmo quem não quiser pedalar pode se inscrever como apoiador, adquirir uma camisa incrível e ainda defender essa causa tão importante.

Serviço:

Inscrições: até 15/04/2021 ou até o encerramento das vagas.
Início do desafio: 01/04/2021
Local: em qualquer lugar do Planeta
Horário: em qualquer hora 

Texto divulgado pelo Panathlon Club Juiz de Fora

Arte: Divulgação

Ivan Elias

Ivan Elias, associado do Panathlon Club de Juiz de Fora, é jornalista, formado em Comunicação Social pela UFJF. Trabalhou por mais de 11 anos no Sistema Solar de Comunicação (Rádio Solar e jornal Tribuna de Minas), em Juiz de Fora. Já foi freelancer da Folha de S. Paulo, atuou como produtor de matérias de TV e em 2007 e 2008 “defendeu” o Tupi, na Bancada Democrática do Alterosa Esporte, da TV Alterosa (SBT-Minas). É filiado à Associação Mineira de Cronistas Esportivos (AMCE) e Associação Brasileira de Cronistas Esportivos (Abrace).

Este post tem um comentário

  1. Luiz Henrique

    Pedalar é ótimo, por uma boa causa, melhor ainda. Parabéns pela iniciativa.

Deixe seu comentário