Mineiro para com América vencendo Cruzeiro, Athletic no G4 e jogo maluco em Tombos

Hulk celebra o primeiro gol com a camisa do Galo da capital

  Emoções de sobra na quinta rodada do Campeonato Mineiro que terminou neste domingo, 21. Atlético seguiu líder em vitória onde a arbitragem irritou o Coimbra. Athletic venceu, está no G4 e se despediu de Loco Abreu. Uberlândia venceu a primeira no Estadual e URT se recuperou em casa.

  O América levou a melhor contra o Cruzeiro, no primeiro clássico da competição. A URT se impôs jogando em casa. E fechando a rodada, Tombense e Patrocinense fizeram o jogo onde teve de tudo: pênalti-relâmpago, apagão e empate em quatro minutos.  

  Outros destaques foram os primeiros gols no torneio marcados por Hulk e Nacho Fernandez no Atlético; Joseph no América e de Rubens, no Tombense.

  Agora, por causa da Onda Roxa em vigor no Estado, a competição está paralisada até orientação em contrário. Confira o resumo da rodada preparado pelo Toque de Bola.

Athletic 2 x 1 Pouso Alegre

Jogadores do Athletic Club comemoram gol de Alason Carioca 

  Foi um jogo aberto desde o início. O Pouso Alegre tomou a iniciativa, depois houve equilíbrio e o Athletic apareceu no ataque.

  Na segunda tentativa, o goleiro Cairo espalmou um cruzamento de Rafael Mineiro, o atacante Ingro aproveitou e abriu o placar aos 28 do primeiro tempo.

  O Dragão reagiu e o Esquadrão de Aço respondia na mesma medida. Os goleiros Cairo e Lee se tornaram destaques.

  No início do segundo tempo, a pressão do Dragão funcionou quando Roldan empatou, aproveitando rebote de Lee. Os times buscaram a vitória, o Athletic acertou duas vezes a trave do Dragão. Na reta final, Alason Carioca desvio uma cobrança de falta de Natan e deu a vitória aos donos da casa. 

Atlético 3 x 0 Coimbra 

Nacho Fernandez (esq) comemora o primeiro gol pelo Atlético

  A sexta-feira, 19, teve uma partida de estreias. E o Atlético levou a melhor contra o lanterna do Mineiro. Não foi fácil. O Coimbra – agora sob o comando de Eugênio Souza – criou boas jogadas e teve um gol anulado no início do jogo.

 O nome do jogo foi o estreante Nacho Fernandez. No primeiro tempo, ele abriu o placar aos 27 minutos para felicidade do novo técnico do Galo da capital, Cuca.

  Cerca de dez minutos depois, Nacho deu a assistência para o zagueiro Igor Rabelo ampliar. E nos acréscimos, o argentino sofreu o pênalti que permitiu Hulk marcar o primeiro com a camisa do Atlético. No segundo tempo, não houve alteração no placar. 

  E na súmula, o juiz relatou que foi xingado por dois integrantes da comissão técnica do Coimbra, ao final do primeiro tempo. O preparador de goleiro Anderson Cardoso Oliveira recebeu o cartão vermelho direto.

América 1 x 0 Cruzeiro 

Joseph dançou ao comemorar o gol na vitória contra o Cruzeiro

  O primeiro clássico do Mineiro teve o América como protagonista. O Coelho tomou a iniciativa do jogo. Marcelo Toscano chutou de média distância, a bola desviou em Ramon e sobrou para Joseph que marcou o primeiro gol da partida. Lance contestado pelo Cruzeiro porque o autor do gol estava em posição irregular no início da jogada.

  Isso não impediu o América de continuar dando trabalho ao goleiro Fábio, que impediu o segundo gol nos acréscimos do primeiro tempo.

  No segundo tempo, o América seguiu mandando na partida, que foi mais truncada. Na reta final, o Cruzeiro teve dois jogadores expulsos: Mateus Pereira e Eduardo Brock.

  O América poderia ter ampliado no último lance, em uma cobrança de pênalti. No entanto, Léo Passos tirou do alcance de Fábio e do gol. Fim de jogo: 1 a 0 para o América – e a segunda derrota do Cruzeiro na competição.

Tombense 2 x 2 Patrocinense 

  O confronto entre Gavião Carcará e a Águia foi o jogo maluco da rodada. Mal começou, com cerca de 15 segundos, houve erro na saída do Patrocinense, a bola roubada terminou com o juiz Ricardo Marques Ribeiro marcando pênalti para o Tombense. Rubens anotou o primeiro gol dele no Mineiro. 

O artilheiro Rubens desencantou no Mineiro cobrando pênalti

  O Tombense dominou a etapa inicial, Keké teve duas oportunidades. Na terceira vez, ele marcou o segundo aos 45, ao concluir bem um contra-ataque dos donos da casa.

  A segunda etapa começou mais truncada. E parou aos 17 minutos, porque houve queda de energia no Almeidão. É a segunda vez que ocorre no local: a primeira foi na derrota para o Atlético. Depois de cerca de 21 minutos, os refletores estavam restabelecidos e a partida recomeçou.

   Na volta do apagão, o Patrocinense, com seis desfalques para o jogo, partiu para o ataque e empatou em quatro minutos. Primeiro com Fernando, concluindo um cruzamento. Depois foi a vez de Matheus, que entrou sete minutos antes. No último lance, Keké escorou um cruzamento pela direita, mas a bola saiu, confirmando o único empate da rodada.

URT 3 x 1 Caldense 

Mateus fez uma cobrança de manual: bola para um lado, goleiro para o outro

  Com a vantagem de jogar em casa, a URT tomou a iniciativa da partida. Aos 24 minutos, Iago sofreu pênalti, que Mateus converteu e abriu o placar para o Trovão Azul.

  A Caldense foi para cima e chegava de forma mais ameaçadora ao gol da URT. Enquanto isso, o time de Patos de Minas sofria com erros no último passe na tentativa de aumentar o placar.

  No início do segundo tempo, a Caldense investiu mais pela esquerda do ataque e levou mais perigo à área da equipe de Welington Fajardo. O goleiro Renan Rinaldi foi exigido em diferentes lances. Aproveitando que a Veterana tentava empatar, em jogada rápida, o lateral Pedro Rosa costurou e passou para João Diogo ampliar.

  Poucos minutos depois, em bate e rebate na área, o juiz marcou pênalti para a Caldense, que David converteu. Na reta final, com uma cobrança de falta da intermediária, Bernardo colocou no cantinho do goleiro Passareli e decretou o placar do jogo: 3 a 1, para a URT.

Boa 1 x 2 Uberlândia

Boa perdeu em casa para o Uberlândia 

  O Uberlândia conseguiu a primeira vitória na competição e foi com emoção: de virada e fora de casa.

  Fábio abriu o placar para a equipe de Varginha. Nailson e Franco fizeram os gols do Uberlândia. Tudo isso na segunda etapa do jogo disputado na tarde de quinta-feira, 18.

  Outra curiosidade foi o relato do árbitro Marco Aurélio Augusto Fazekas Pereira na súmula: houve atraso de dois minutos para o início do segundo tempo.

  Um minuto foi porque o Boa demorou a retornar para o gramado do Melão. O outro minuto foi aguardando que o sistema de irrigação do campo fosse desligado para o jogo recomeçar. 

Classificação do Campeonato Mineiro após a 5ª rodada
Imagem: FMF/reprodução

Sexta rodada

  Os jogos previstos para 24 de março estão suspensos por causa da Onda Roxa, em Minas Gerais. As novas datas e horários serão confirmadas pela Federação Mineira de Futebol, quando houver a liberação.

  • Pouso Alegre x URT – Manduzão, Pouso Alegre
  • Patrocinense x Boa – Pedro Alves do Nascimento, Patrocínio
  • Cruzeiro x Tombense – Mineirão, BH
  • Uberlândia x América – Parque do Sabiá, Uberlândia
  • Coimbra x Athletic Club – Independência, BH
  • Caldense x Atlético – Ronaldão, Poços de Caldas

Texto: Toque de Bola – Roberta Oliveira com informações da FMF, ge.globo e perfis oficiais dos clubes. 

Fotos: Fernanda Trindade/Athletic Club; Atlético/Instagram; Mário Purificação/Boa Esporte; América/Instagram; TVNSports/reprodução; FMF/reprodução.

Deixe um comentário