Galinho goleia Serra-ES na Copa do Brasil Sub-20!

Galinho começou bem na Copa do Brasil Sub-20

  Se em 2020 a estreia foi com goleada contra e eliminação, em 2021 o Galinho inverteu a chave e começou a Copa do Brasil Sub-20 goleando e se classificando.

  Jogando no Estádio das Alterosas, em Venda Nova, região metropolitana de Belo Horizonte, por conta da proibição de eventos esportivos em Juiz de Fora, o Tupi bateu o capixaba Serra, por 4 a 1, na primeira partida da competição nacional.

  Os gols da vitória foram do meia Gilmar (2), do atacante Jonas e do lateral Gabriel. O volante Caio descontou para o time do Espírito Santo. Na segunda fase, o Galinho pega o gaúcho Internacional.

Pressionando

  O Galinho começou melhor. Pressionando a saída de bola do Serra, o time juiz-forano complicava o jogo para os capixabas.

  A tática do Serra era mais simples: qualquer falta a partir de sua intermediária de defesa era jogada na área do Tupi. O expediente não teve muito sucesso.

Abriu o placar

Gilmar toca para marcar o primeiro do Tupi

  Quem foi feliz foi o meia Gilmar, do Tupi. O camisa 10 do Galinho pegou sobra de bola travada na área do Serra e finalizou. O goleiro capixaba pegou a primeira, mas a bola voltou para o alvinegro que só escorou para fazer 1 a 0 para o Carijó aos 20 minutos do primeiro tempo.

  Atrás, o Serra saiu para o jogo. Já o Tupi, baixou sua marcação para tentar ampliar no contra-ataque. Aos 36 minutos, com Mateus, o time capixaba colocou uma bola na trave, após erro na saída do Carijó.

  Aos 44 minutos, Thiago carimbou o travessão do Galinho. Mas, mesmo com os dois sustos, o Tupi terminou na frente a primeira etapa.

Gols no segundo tempo

  Mantendo a postura muito defensiva, mesmo depois dos sustos, o Tupi atraía os capixabas para seu campo, sem conseguir sair na volta do intervalo. O Serra tentava achar uma brecha, mas a marcação do Tupi era segura.

Gol do Serra foi de falta, de Caio

  Aos 21 minutos, o Galinho ampliou para 2 a 0. Em falta cobrada na área, Jonas dividiu no alto com o goleiro, e a bola foi parar no fundo do gol capixaba.

Reação e confirmação

  Mas o Serra não desistiu. Em cobrança de falta, aos 25 minutos, Caio encobriu a barreira, colocou no canto, sem chance para Michael, diminuindo o placar para 2 a 1.

  Na reta final do jogo, o Tupi teve pênalti, quando, após carrinho, o zagueiro do Serra tocou a mão na bola. Na cobrança, Gabriel colocou no ângulo, sem chance para o goleiro, fazendo 3 a 1.

Quem celebrou no fim foi o Tupi

  Aos 51 minutos, Gilmar, mesmo contundido, ficou com sobra de chute de fora. Sozinho na marca do pênalti, só colocou para o fundo da rede. Placar final, Tupi 4 x 1 Serra.

Texto: Toque de Bola – Wallace Mattos

Fotos: divulgalção/Tupi FC; e reprodução/CBF TV/MyCujoo

Deixe seu comentário