Tupi e Baeta querem Módulo 2 com vacina e público!

  Como o Portal Toque de Bola adiantou nas redes sociais, o arbitral do Módulo 2 do Campeonato Mineiro foi convocado.

  Na última terça, dia 2, o departamento técnico da Federação Mineira de Futebol (FMF) marcou para a próxima semana, no dia 9 de fevereiro, às 14h, a reunião virtual para definição da disputa do Módulo 2 em 2021. Tupi e Tupynambás estarão na competição e, se serão rivais em campo, estão do mesmo lado na primeira queda de braço que já pinta no horizonte em relação ao torneio.

Com vacina e público 

  Os clubes locais têm uma pequena diferença em relação ao posicionamento no arbitral. Enquanto o Tupi não determina data, o Baeta já entra para a reunião com um dia a ser proposto para o início do Módulo 2. 

  Mas ambos concordam que a competição só deveria ser iniciada mais tarde do que pretende a FMF pela possibilidade da vacinação e consequente liberação de público nos estádios.

Palavra dos cartolas

Convocação para o arbitral

  “Preferimos que o início seja depois de abril, devido à possibilidade de estarmos quase todos vacinados e poder contar com público no estádio. Assim, podemos economizar com protocolos de segurança e exames de covid”, diz o presidente do Tupi, José Luís Mauler Júnior.

  “Colocamos nossa opinião junto aos demais clubes para construção de consenso: início dia 4 de julho. Seria uma data que poderíamos projetar ter vacinação, para fugirmos dos custos com testes de covid, e esperança de público nos estádios”, explica o vice-presidente do Baeta, Claudio Dias.

Queda de braço

  Informações de bastidores apuradas pelo Toque de Bola dão conta de que a Federação insiste em manter a data divulgada ainda no fim de 2020. Pelo calendário oficial, a previsão da FMF é de realizar o Módulo 2 a partir de abril.

  Mas os clubes pensam diferente. As tratativas entre dirigentes de Tupi, Baeta, Nacional de Muriaé, Aymorés (Ubá), União Luziense (Santa Luzia), Villa Nova (Nova Lima), Ipatinga, Guarani de Divinópolis, Betim, Serranense (Nova Serrana), Democrata de Governador Valadares e Democrata de Seta Lagoas estão quentes, e a maioria quer a Segundona do Estadual entre junho e agosto.

Fórmula mantida

  A discussão da data de início deve mesmo dominar a reunião virtual na próxima semana. Isso porque a fórmula de disputa, por conta do Estatuto do Torcedor, não pode ser alterada, pois mudou em 2020. 

  Assim, o Módulo 2 terá a fase de classificação com onze rodadas. Os quatro primeiros colocados após a mesma avançam para o quadrangular final, disputado em sistema de ida e volta, em seis rodadas. Ao final delas, os dois primeiros sobem para elite do futebol de Minas em 2022. Os dois últimos da etapa inicial caem para a Segunda Divisão do Campeonato Mineiro, a popular Terceirinha. 

Texto: Toque de Bola – Wallace Mattos

Imagens: divulgação FMF

Deixe seu comentário