Chuvas: Bola Show é danificado e parcialmente interditado!

Queda de barranco causou danos ao Bola Show

  Depois dos estragos no Campo do Cerâmica, as fortes chuvas fizeram mais um estrago em praça esportiva tradicional de Juiz de Fora. O Bola Show, clube de bocha do bairro Santa Luzia, está parcialmente interditado.

  Parte do terreno da sede e uma das duas quadras de bocha foram atingidas pelo desabamento do barranco dos fundos noite de quarta, dia 6. Não houve vítimas, apesar dos extensos danos materiais.

  O proprietário, Wilson Ribeiro, o Tuquinha, contou ao Toque que ainda não conseguiu calcular o valor dos prejuízos.

  A Defesa Civil confirmou que o registro foi em decorrência das fortes chuvas que atingem a cidade nos últimos dias. Já houve vistoria nesta quinta, 7, e a indicação das providências a serem tomadas, assim que for seguro.

Esperar

  O barranco dos fundos de um imóvel na Rua Alberto Berzoini, no Santa Luzia, desceu por volta de 19h, de acordo com o relato de Tuquinha.

  “Havia muito lixo no barranco do vizinho de cima que caiu aqui. Não podemos ficar em certos lugares do imóvel. Temos que esperar alguns dias para mexer, porque ainda não pode movimentar”, explica.

Sem previsão

Entulho e plantas caíram em uma das quadras do Bola Show

  A terra derrubou parte da cobertura das quadras. O Bola Show funciona há 26 anos na Rua Ibitiguaia, 667. Possui um time de bocha e um de futebol amador.

  Não há previsão de quando o clube voltará a funcionar, nem dos gastos para arrumar o local. “Ainda não fizemos cálculo nenhum. Primeiro vou ter que mexer no telhado e depois ver o que vai acontecer”, explica Tuquinha.

Solidariedade

  A Bocha Casa D’Italia de Juiz de Fora divulgou uma nota sobre o desabamento e a interdição, se solidarizando com os amigos do JF Bola Show.

  “Felizmente, como não havia ninguém próximo da área atingida, não houve feridos. A sede conta com duas quadras de bocha e uma foi bem comprometida. Nos solidarizamos com os nossos coirmãos da bocha local e que os danos causados possam ser recuperados”, diz a nota.

Tradição

  Ao Toque, o vice-presidente da Associação Esportiva e Cultural Brasil Itália, Leandro Dias, destacou a relevância do Bola Show para a prática da modalidade em Juiz de Fora.

  “A bocha foi fundada lá tem mais de 40 anos. Já disputaram importantes competições nacionais e estaduais. Conquistaram muitos títulos na cidade e outros no estado. É o único time de bocha de Juiz de Fora que sempre esteve presente em competições oficiais desde sua fundação”, relembra Dias.

Defesa Civil vistoriou local nesta quinta

Parecer

  A assessoria da Defesa Civil informou que a equipe esteve no Bola Show ainda na noite de quarta. E voltou na manhã desta quinta para realizar a vistoria com melhor acesso e visibilidade.

  De acordo com os engenheiros, a queda do barranco causou danos à alvenaria e à cobertura do local. Também foram encontradas trincas na alvenaria da fachada principal.

  Foram detectadas várias fendas na parte superior do barranco, além da presença de plantas e bananeiras, o que aumenta a probabilidade de novos escorregamentos. Além disso, houve cortes e criação de platôs sem a construção adequada para captação, direcionamento e destinação final das águas pluviais.

Orientações 

De acordo com a Defesa Civil, terreno ainda está instável
 

  A Defesa Civil orientou que os proprietários cobrissem com lonas plásticas toda a parte do barranco que escorregou.

 Qualquer intervenção só poderá ser feita depois de, no mínimo, três dias de sol ininterruptos. Primeiro deve ser retirada a parte instável do barranco e depois o material que escorregou.

Urgência 

  As obras deverão ter acompanhamento e serem realizadas por profissionais técnicos habilitados. A Regional de Fiscalização Sul será acionada para solicitar, com urgência, que os proprietários retirem o material depositado na encosta. 

  Também foi recomendado o acompanhamento da evolução das trincas e rachaduras criadas com o dano na cobertura. E que os vizinhos da rua de cima façam obras corretas de captação e direcionamento das águas pluviais.

Texto: Toque de Bola – Roberta Oliveira

Fotos: arquivo pessoal/Tuquinha; e divulgação/Defesa Civil de Juiz de Fora

Toque de Bola

Ivan Elias, associado do Panathlon Club de Juiz de Fora, é jornalista, formado em Comunicação Social pela UFJF. Trabalhou por mais de 11 anos no Sistema Solar de Comunicação (Rádio Solar e jornal Tribuna de Minas), em Juiz de Fora. Já foi freelancer da Folha de S. Paulo, atuou como produtor de matérias de TV e em 2007 e 2008 “defendeu” o Tupi, na Bancada Democrática do Alterosa Esporte, da TV Alterosa (SBT-Minas). É filiado à Associação Mineira de Cronistas Esportivos (AMCE) e Associação Brasileira de Cronistas Esportivos (Abrace).

Deixe seu comentário