Pré-CBGE: discutir a gestão para evolução do esporte!

  O ano de 2020 mudou muitas dinâmicas, inclusive no estudo do esporte. Com a impossibilidade de realização, o 11º Congresso Brasileiro de Gestão do Esporte (CBGE) passou para 2021.

  Para marcar a data na qual o evento seria realizado, Associação Brasileira de Gestão do Esporte (Abragesp), entidade sem fins lucrativos que atua para a disseminação de conhecimento na área, em parceria com a Faculdade de Educação Física e Desportos (Faefid) da Universidade Federal de Juiz de Fora (UFJF) e sua empresa júnior, a ACE, vai promover um evento online. 

Aberto

  Entre os dias 7 e 8 de dezembro, quem quiser pode ter acesso aos principais conhecimentos que a gestão do esporte tem produzido no Brasil e no mundo. Basta acessar o site do evento, saber mais detalhes e se cadastrar.  Como explica um dos idealizadores e promotores do CBGE, o professor Heglison Toledo, todos são bem vindos.

  “Qualquer pessoa interessada no conhecimento ligado à gestão do esporte pode participar. O pré-evento vai aguçar reflexões pertinentes no setor e promover engajamento nos diferentes ambientes esportivos, visto que há necessidade de aperfeiçoamento constante e busca pelo conhecimento de qualidade na área”, explica.

Os palestrantes do Pré-CBGE

Quem fala

  De acordo com Toledo, o principal objetivo é difundir conhecimento de forma dinâmica. “Será dinâmico, característica de eventos online, e vai trabalhar com temas da gestão do esporte, economia, marketing e comunicação. Tais abordagens serão tratadas por cada professor em suas falas, tendo a participação das pessoas no chat do canal do youtube da Abragesp.”  

  O time escalado para o Pré-CBGE é de respeito. “Entre os palestrantes temos uma das principais referências internacionais em gestão do esporte, o professor Gonzalo. Além de um ex-aluno da Faefid, atualmente um dos principais nomes da gestão e no tema economia do esporte, o professor Thadeu Gasparetto. Teremos a Renata Mendonça, comentarista esportiva com expressão significativa no meio de comunicação, além do Virgílio, de grande importância no desenvolvimento do rúgbi no Brasil”, lista Toledo.

Texto: Toque de Bola – Wallace Mattos

Artes: divulgação

Deixe um comentário