Matta secretário! Margarida garante: SEL ‘não é sobremesa’!

  Com cobertura ao vivo e anuncio em primeira mão do Toque, a prefeita eleita de Juiz de Fora, Margarida Salomão (PT), escalou seu secretariado na manhã desta quinta, dia 10.

Marcelo Matta é o novo secretário de Esporte e Lazer

  Aguardado por todo meio esportivo, o nome do novo titular da Secretaria de Esporte e Lazer (SEL) foi recebido positivamente. Assume a pasta do professor Marcelo Matta.

  Matta é professor titular da Faculdade de Educação Física e Desportos (Faefid) da Universidade Federal de Juiz de Fora (UFJF). Também é o responsável pelo projeto de futebol nascido na instituição de ensino superior e que, há dois anos, tem parceria com o Tupynambás. 

“Não tem sobremesa”

  Como ainda não tomaram pé da situação de suas pastas ou formaram suas equipes de trabalho, os secretários não falaram após o anúncio. Mas, a própria prefeita, que usou por várias vezes metáforas futebolísticas para se referir a seu secretariado, disse que as pastas, incluindo a SEL, serão dotadas de condições para realizar seu trabalho.

O currículo do novo titular da SEL

  Perguntada sobre a falta de um orçamento para a SEL, Margarida foi direta. “É uma secretaria forte. Aqui não tem secretaria fraca. Já participei de governo, sei como é. Dizem: ‘isso aqui é o arroz com feijão e o restante é sobremesa’. Aqui não tem sobremesa. Tudo é prato principal.”

Condições plenas

  A prefeita eleita também disse que só o fato de o Esporte ter uma pasta no novo Executivo municipal demonstra que é uma prioridade da futura gestão. 

  “Todas essas áreas aqui foram nomeadas, identificadas e priorizadas. Quando você cria uma secretaria, está priorizando. Claro que nós vamos trabalhar para que estas secretarias tenham plenas condições de operação. Para que façam na cidade aquilo tudo que nós prevemos no plano de governo e debatemos durante a campanha”, deseja Margarida.

Repercussão

Basileu Tavares avaliou positivamente o nome de Matta

  O nome de Matta foi bem acolhido no meio esportivo local. O presidente do Panathlon Club Juiz de Fora, Basileu Tavares, considerou positiva a indicação do novo secretário.

  “Enxergo a indicação de Marcelo Matta para a Secretaria de Esportes e Lazer de maneira positiva. Um profissional qualificado e com importante atuação junto a projetos sociais. Acreditamos que as entidades esportivas sejam ouvidas, e que o secretário, em consonância ao Conselho Municipal de Desportos (CMD), buscará o melhor para o esporte de nossa cidade”, prevê Tavares.

Conhecimento aplicável

Maurício Bara elencou qualidades de Matta

  Companheiro de Matta na Faefid, o diretor técnico do JF Vôlei, Maurício Bara, saudou o novo secretário ressaltando sua competência prática e acadêmica.

  “Excelente escolha. Não poderia ser melhor. O Marcelo traz diferentes experiências em diversos ramos do esporte, desde a iniciação, o esporte escolar até o alto rendimento. Então, esse é o principal trunfo dele. Além de um conhecimento científico e acadêmico aplicável muito forte. Conhece de perto, sabe das demandas e dificuldades. Vai representar muito bem o esporte da cidade como secretário”, acredita Bara.

Do meio

Cláudio Dias parabenizou Margarida pela escolha

  O presidente do CMD e vice-presidente do Tupynambás, Claudio Dias, destacou a inserção de Matta no meio esportivo local.

  “Já começo parabenizando a prefeita eleita, Margarida Salomão, pela nomeação. Finalmente teremos alguém do esporte à frente da SEL. Desde sua criação, com o professor Renato Miranda, não tivemos mais ninguém do meio à frente da pasta. A escolha é ótima. Uma pessoa sempre engajada em promover o esporte em Juiz de Fora. O próximo passo é garantir para que a Secretaria seja reconhecida, com verba própria, e que ele tenha condição de gerir da melhor forma possível para o esporte da nossa cidade”, diz Dias.

Projetar o esporte

Juninho prevê desafio para novo secretario 

  Para o presidente do Tupi, José Luís Mauler Júnior, o Juninho, Marcelo Matta foi uma escolha acertada. E o novo secretário, para o mandatário carijó, terá um grande desafio pela frente. 

  “Realmente é uma pessoa do ramo, entende do assunto e é acessível. Foi uma boa indicação. O principal desafio vai ser viabilizar o esporte em Juiz de Fora. Não temos mais equipes e atletas de ponta na cidade há algum tempo. Voltar a fazer a cidade aparecer no cenário nacional”, acredita Juninho.

O secretariado 

Margarida e seu secretariado

  Além de Marcelo Matta na Secretaria de Esporte e Lazer, foram anuncidos pela prefeita eleita os demais secretários da próxima gestão, entre 2021 e 2024:

Secretaria de Governo – Cidinha Louzada

Secretaria da Tecnologia da Informação e Processos Administrativos – Ligia Inhan

Secretaria de Fazenda – Fernanda Finotti

Secretaria de Educação – Nádia Ribas

Secretaria de Saúde – Ana Pimentel

Fundação Cultural Alfredo Ferreira Lage (Funalfa) – Giane Elisa

Secretaria de Assistência Social – Malu Salim

Secretaria de Agropecuária e Abastecimento – Fabíola Paulino da Silva

Secretaria de Planejamento do Território – Fabíola Ramos

Secretaria de Sustentabilidade em Meio Ambiente e Atividades Urbanas – Aline Junqueira

Secretário de Comunicação Pública – Márcio Guerra

Secretário de Recursos Humanos – Rogério Freitas

Secretário Especial de Direitos Humanos – Biel Rocha

Secretário de Planejamento Territorial e Participação Popular – Martvs das Chagas

Secretário de Desenvolvimento Urbano – Júlio Teixeira

Secretário de Segurança Pública e Cidadania – Tadeu David

Secretaria do Desenvolvimento Sustentável e Inclusivo, da Inovação e Competitividade – Ignácio Delgado Filho

Secretário de Turismo – Marcelo do Carmo

Procurador Geral do Município – Carlos Delage Junqueira

GOVERNO MUNICIPAL DE JUIZ DE FORA_2021-2024

Texto: Toque de Bola – Wallace Mattos

Fotos: Toque de Bola; divulgação UFJF e divulgação assessoria Margarida Salomão

Arte: Toque de Bola

 

Toque de Bola

Ivan Elias, associado do Panathlon Club de Juiz de Fora, é jornalista, formado em Comunicação Social pela UFJF. Trabalhou por mais de 11 anos no Sistema Solar de Comunicação (Rádio Solar e jornal Tribuna de Minas), em Juiz de Fora. Já foi freelancer da Folha de S. Paulo, atuou como produtor de matérias de TV e em 2007 e 2008 “defendeu” o Tupi, na Bancada Democrática do Alterosa Esporte, da TV Alterosa (SBT-Minas). É filiado à Associação Mineira de Cronistas Esportivos (AMCE) e Associação Brasileira de Cronistas Esportivos (Abrace).

Deixe seu comentário