Série D: Baeta pode se classificar já nesta rodada!

Toque fez as contas para a classificação do Baeta

  A vitória de virada sobre a Caldense, no dia 13 de novembro, não só proporcionou ao Tupynambás a entrada no G4 do Grupo A6 da Série D do Campeonato Brasileiro, mas deu chance para o Baeta se classificar já nesta rodada.

  Na 13ª e penúltima série de jogos da chave, pela primeira fase da Quarta Divisão, o Leão do Poço Rico recebe o lanterna Palmas, às 16h, de sábado, dia 21, no Estádio Municipal Radialista Mário Helênio.

  A vitória, contra um time que não somou nenhum ponto até aqui na Série D, joga com sua equipe sub-20 e tem um saldo de menos 33 gols, é natural e pode sacramentar a vaga na segunda fase da competição nacional.

Vencer e torcer   

  Para se classificar ao fim da penúltima rodada, após bater o Palmas, o Baeta passa a secar dois oponentes que jogam depois dele na série de partidas: a Caldense e o Bahia de Feira. Para carimbar a classificação, os juiz-foranos precisam que ambos os times não vençam.

  A Caldense também joga no sábado, às 20h30, contra o terceiro colocado Atlético de Alagoinhas, no interior da Bahia. Já o Bahia de Feira vai até Nova Lima encarar o eliminado Villa Nova. 

Só depende do Baeta 

Clique para ampliar

  Mesmo que não consiga a classificação nesta rodada, o Baeta depende somente de si caso vença o Palmas. Na última rodada, os juiz-foranos pegam o Bahia de Feira fora de casa. Completando a sequência de três vitórias nas últimas três rodadas da primeira fase, o Tupynambás se classifica.

  Por conta do confronto direto com o Bahia de Feira, os alvirrubros têm que secar principalmente a Caldense. Caso o time de Poços de Caldas vença seus dois últimos compromissos, obriga o Baeta a fazer o mesmo para não perder a vaga no G4 no desempate pelo número de vitórias. 

Dá pra buscar o terceiro

  Se vencer as duas partidas que restam na chave, o Baeta pode até buscar a terceira colocação, atualmente ocupada pelo Atlético de Alagoinhas. Somando mais seis pontos, o Leão do Poço Rico chega aos 23.

  O atual dono do terceiro posto no G4 tem 21 pontos e, para ajudar o Tupynambás, empatando com a Caldense na 13ª rodada, chegaria a 22.  

  Assim, na última rodada, a torcida do Baeta teria que se juntar à do líder o Gama, que recebe o Atlético de Alagoinhas. Nesse contexto, com combinação de derrota dos baianos e vitória dos juiz-foranos, o Baeta seria terceiro.

Quem vem lá?

Clique para ampliar

  Os times do Grupo A6 da Série D enfrentarão as equipes da chave A5 na segunda fase da competição. Na atual classificação, o Baeta teria chances de pegar o líder, caso se classifique em quarto, ou o vice-líder, se passar em terceiro.

  Assim, uma velha conhecida do torcedor juiz-forano, a Aparecidense, do episódio do massagista contra o Tupi, em Juiz de Fora, pode ser a adversária do Baeta. Ela lidera o Grupo A5 empatada em pontos com o Goiânia.

  O Goianésia é o terceiro colocado, a três pontos dos líderes. O três times goianos têm a companhia do capixaba Real Noroeste, fechando o G4, com 16 pontos, assim como o quinto, Águia Negra, do Mato Grosso do Sul. 

Calendário

  Após a 13ª rodada, neste sábado, a última série de jogos da primeira fase está marcada para a sexta, dia 27. Todos os jogos estão previstos para o mesmo horário, às 16h. 

  A Confederação Brasileira de Futebol definiu a data por conta da realização do segundo turno das Eleições Municipais nas cidades brasileiras com mais de 200 mil eleitores.

Clique para ampliar

  A segunda fase está prevista para se iniciar no fim de semana dos dias 5 e 6 de dezembro, e tem volta nos dias 12 e 13 do próximo mês.

  Na sequência, as oitavas de final estão agendadas para os dias 19 ou 20; e 26 ou 27 do último mês do ano.

Acesso só em 2021

  Já as quartas, na qual serão definidos os times que sobem para a Série C na próxima temporada, têm previsão de serem realizadas nos dias 2 ou 3; e 9 ou 10 de janeiro de 2021.

  As semifinais têm como datas reservadas os dias 17 e 14 de janeiro de 2021. Já a grande decisão da Série D desta temporada está agendada para 31 de janeiro e 7 de fevereiro do próximo ano. 

Texto: Toque de Bola – Wallace Mattos

Artes: Toque de Bola com informações da CBF

Toque de Bola

Ivan Elias, associado do Panathlon Club de Juiz de Fora, é jornalista, formado em Comunicação Social pela UFJF. Trabalhou por mais de 11 anos no Sistema Solar de Comunicação (Rádio Solar e jornal Tribuna de Minas), em Juiz de Fora. Já foi freelancer da Folha de S. Paulo, atuou como produtor de matérias de TV e em 2007 e 2008 “defendeu” o Tupi, na Bancada Democrática do Alterosa Esporte, da TV Alterosa (SBT-Minas). É filiado à Associação Mineira de Cronistas Esportivos (AMCE) e Associação Brasileira de Cronistas Esportivos (Abrace).

Deixe seu comentário