Com vitória, Baeta avança na Série D!

Jogadores do Baeta comemoram classificação

  Se o Tupynambás se deu melhor fora do que dentro de casa no Grupo A6 da primeira fase da Série D do Campeonato Brasileiro 2020, nada mais justo do que se classificar vencendo como visitante.

  Foi assim que o Baeta confirmou sua passagem para a segunda fase da competição na tarde desta sexta, dia 27. Com gol do atacante e artilheiro do time, Fabinho Alves, o Leão do Poço Rico venceu o Bahia de Feira, no interior baiano, por 1 a 0, e está classificado.

Classificação

  O adversário do Tupynambás na próxima etapa da Série D será definido neste sábado, dia 28. Os goianos Aparecidence e Goiânia disputam a ponta do Grupo A5. Quem levar a melhor, pega os juiz-foranos.

Clique para ampliar

  Na chave do Leão do Poço Rico, a liderança terminou com o Brasiliense, que venceu a Caldense por 2 a 1. O Gama ficou em segundo após bater o terceiro colocado, Atlético de Alagoinhas, pelo mesmo placar.

Pressão deles   

  Na partida decisiva, Baeta começou com o mesmo time titular da vitória sobre o Palmas e levando pressão do Bahia de Feira. Logo aos 7 minutos, os donos da casa colocaram uma bola na trave em cabeçada de Deon, após cruzamento da direita.

  Pelo alto, os baianos eram perigosos, e o Tupynambás não conseguia ficar com a bola ou contra-atacar. O primeiro chute do Baeta ao gol, de longe e para longe com Bruno Vieira, só saiu aos 18 minutos.

Baeta na frente

  A partir da metade da primeira etapa, o Baeta equilibrou as ações e se soltou. Já sem sofrer tanto lá atrás, foi à frente e conseguiu abrir o marcador.

Fabinho voleia para classificar o Baeta

  Após cobrança de falta da esquerda, Albert dividiu no alto, na entrada da área, e a bola procurou o artilheiro Fabinho Alves. O atacante deu um voleio e fez 1 a 0 para Tupynambás. Na frente, o Leão do Poço Rico foi para o intervalo mais tranquilo.

Duelo Deon x Arthur

  Na volta do intervalo, com Kel Baiano no lugar de Ceará, o Bahia de Feira partiu para a pressão. Como no primeiro tempo, as tentativas eram pelo alto, como aos 20 minutos, quando Deon ganhou de cabeça da zaga, mas Arthur segurou firme no meio do gol.

  Novamente, aos 31 minutos, Deon, livre na entrada da pequena área, cabeceou firme. Mas Arthur estava atento e evitou o gol de empate.

  O tempo foi passando, e as chances claras para o Bahia de Feira não surgiam pela segurança da marcação do Baeta. Assim, com mais uma vitória fora de casa, o Tupynambás avançou para a segunda fase.    

Um do Bahia, três do Baeta. Foi a tônica da partida desta sexta

Bahia de Feira 0 x 1 Tupynambás

Gol: Fabinho Alves (TUPY) aos 37 do 1T

Bahia de Feira

23 – Marcão

21 – Ceará (16 – Kel Baiano)

4 – Paulo Paraíba

13 – Emílio (10 – Teco)

5 – Deca

15 – Hércules

17 – Cazumba

8 – Jarbas

11 – Breno

22 – Chael (7 – Pelé)

9 – Deon

Técnico: Arnaldo Lira

Tupynambás

Tupynambás precisava pelo menos de empatar e foi competente fora de casa mais uma vez

1 – Arthur

2 – Lucas

3 – Eduardo

21 – Marcos Alemão

6 – Adriano Silva (16 – Diego)

5 – Guilherme

8 – Albert

10 – Bruno Vieira (17 – Nunes)

7 – Wellington Batista

15 – Fabinho Alves (14 – Adriano Seixas)

9 – Ygor

Técnico: Guiba

Texto: Toque de Bola – Wallace Mattos

Fotos: repordução CBF TV/MyCujoo; e Facebook Bahia de Feira

Artes: Toque de Bola – com informações da CBF

 

Deixe seu comentário