Grupo do Baeta: rodada de goleadas, virada e gente nova no G4

Caldense está no G4 do grupo A6.

  Se a nona rodada foi dos visitantes, os mandantes garantiram os pontos na décima. O destaque da rodada a Caldense, que deixou o rebaixamento para trás e agora está no G4.

  Lá na frente, o Gama segue em paz na tabela e em pé de guerra do lado de fora. De acordo com a agência DF Sports +, os jogadores anunciaram que estão em greve até os dirigentes cumprirem a promessa de pagar os salários. E não teve treino nesta segunda, 26.

 Brasiliense e Atlético-BA também se mantiveram entre os quatro primeiros.

Confira o resumo dos jogos desta rodada.

 

Derrota deixa o Baeta com dez pontos no grupo A6.
Foto: Gustavo Moreno/Especial Metrópoles.

Brasiliense 2 x 1 Tupynambás – Boca do Jacaré

  O Baeta saiu na frente, mas levou a virada do Brasiliense. Romarinho e David fizeram os gols que mantiveram o Jacaré no segundo lugar, com 20 pontos.

  O gol de Fabinho Alves deu esperança, mas não foi ainda que o Baeta quebrou a sequência sem vitórias.

  O time permanece com dez pontos no sexto lugar, beneficiado pela derrota do Villa Nova.

Nunes marcou duas vezes na goleada do Gama sobre o Palmas.

Gama 6 x 1 Palmas – Valmir Bezerra, Gama

  Dois minutos de jogo e o Gama já vencia por 2 a 0, com gols de Esquerdinha e Everton. No segundo tempo, Nunes, duas vezes, Vitor Xavier e David fecharam a goleada que mantiveram a rotina do Gama de vencer e permanecer com a melhor campanha da série D.

  O Palmas conseguiu ser o terceiro time a marcar um gol no Gama, a façanha foi de Felipe Boró aos nove do primeiro tempo. Os garotos da Arara Azul não conseguiram fazer frente ao adversário e continuam sem pontuar na competição.

Jogadores comemoram o gol de Marco Damasceno.

Caldense 1 x 0 Bahia de Feira – Ronaldo Junqueira, Poços de Caldas

  Renascida das cinzas, a Caldense venceu a terceira seguida.

  Marco Damasceno marcou aos 45 do primeiro tempo e a Veterana conseguiu segurar o placar para comemorar a entrada no grupo que avança para a segunda fase da competição.

  O Bahia de Feira pressionou no segundo tempo, mas não conseguiu marcar. Foi a terceira derrota seguida, que deixa o time estacionado nos dez pontos no quinto lugar.

 

Dionísio comemora com os colegas o gol contra o Villa Nova.
Foto: reprodução CBF TV/Mycujoo.

Atlético-BA 5 x 0 Villa Nova – Antônio Carneiro, Alagoinhas

  Dionísio abriu o placar para o Carcará no primeiro tempo. E em 20 minutos da etapa final, Jeam, duas vezes, e Robert transformaram o jogo em goleada. Nos acréscimos, Athirson marcou o quinto gol.

O Atlético segue isolado na terceira posição com 17 pontos.

  A goleada manteve o Villa Nova na penúltima posição do grupo, com sete pontos e saldo negativo de oito gols.

10ª Rodada

  As partidas serão disputadas no sábado, 31 e no domingo, 1º. Estão previstos os confrontos entre os times baianos e entre dois dos mineiros. Baeta enfrenta o líder e o lanterna Palmas recebe o Brasiliense.

  

 
 

 

Texto: Toque de Bola – Roberta Oliveira com informações da CBF e perfis oficiais do clube.

Fotos: Renan Muniz/Caldense; reprodução CBF TV/Mycujoo; Gustavo Moreno/Especial Metrópoles.

Artes: Toque de Bola – com informações da CBF

Deixe seu comentário