Empate custa vice-liderança ao Baeta na 5ª rodada da Série D!

No contra-ataque, Fabinho Alves empatou para o Baeta

  O confronto das duas melhores campanhas foi o único empate da quinta rodada do Grupo A6 da Série D do Campeonato Brasileiro.

  Bom para o Gama que segue líder. Já o Tupynambás perdeu a vice-liderança para o Atlético de Alagoinhas, que venceu o confronto baiano da chave.   

  Na rodada em que os demais mandantes fizeram valer sua força, a Caldense conseguiu sua primeira vitória, e o Brasiliense se reabilitou com goleada sobre o Palmas.

  Confira um resumo dos jogos do sábado, 10.

Jogo foi movimentado no primeiro e frio no segundo tempo

Tupynambás 1 x 1 Gama 

  O encontro entre os invictos do grupo, então líder e vice-líder, foi equilibrado, com direito a bolas na trave, times mais dispostos ao ataque no primeiro tempo e mais ponderados no segundo. Resultado: empate.

  Nunes marcou para o Gama e Fabinho Alves empatou para o Baeta.  Confira os gols da partida, registrados pelo Toque de Bola.

  O resultado tirou o 100% da campanha do Gama, que segue líder com uma vantagem de três pontos para o segundo colocado. E o prejuízo de não ter sido o único mandante a vencer na rodada: o Baeta caiu para o terceiro lugar no grupo, com nove pontos (veja classificação abaixo).

Brasiliense 5 x 0 Palmas 

Brasiliense voltou a vencer neste sábado.

   A Arara Azul não teve chance na Boca do Jacaré. Os donos da casa voltaram a vencer aplicando uma goleada.

 Romarinho, de pênalti, abriu o caminho da goleada do time de Brasília. Luquinhas e Zé love, marcando duas vezes cada um, completaram a chuva de gols no cerrado.

  O Brasiliense chegou a oito pontos. Mas, por causa dos outros resultados, terminou a rodada no quatro lugar.

  Já o Palmas segue na lanterna, sem marcar pontos e com a pior defesa do campeonato, com saldo negativo de 13 gols.

Caldense 1 x 0 Villa Nova

Veterana venceu a primeira na Série D 2020

  O Villa Nova dominou as ações no primeiro tempo. Mas não conseguiu tirar o zero do placar. 

  No início do segundo tempo, Marco Damasceno reclamou de dores. Ele saiu de campo, recebeu atendimento, voltou e marcou o gol que deu a primeira vitória da Veterana na série D. 

  Com os três pontos do confronto mineiro, a Caldense chegou a quatro e alcançou o Villa Nova. No entanto, o time de Nova Lima está em sexto lugar por ter melhor saldo de gols que a Veterana.

Atlético-BA 3 x 1 Bahia de Feira

  O novo vice-líder da chave venceu em casa, de virada, o confronto baiano da rodada.

  Nunes, de pênalti, abriu o placar para o Tremendão. Dedeco empatou ainda no primeiro tempo. E com 30 segundos do segundo tempo, Jeam virou para o time de Alagoinhas Marcando mais uma vez Dedeco, deu números finais à partida.

Dedeco fez dois na virada do Atlético sobre o Bahia de Feira

  A terceira vitória em cinco jogos fez o Atlético chegar a 10 pontos, três atrás do Gama. O resultado, além de tirar o segunda posto do Baeta na classificação, derrubou o Bahia de Feira para o quinto lugar.                     

Próxima rodada

  Nem dá tempo de comemorar. Todos os times voltam a campo na quarta, dia 14, pela sexta rodada. Em casa, Baeta busca reencontrar a vitória contra o Brasiliense.

  Os dois baianos terão os mineiros pela frente. E o líder Gama enfrenta o lanterna.

Classificação – clique para ampliar

6ª Rodada do Grupo A6 da Série D

Quarta-feira 14/10/2020

19h – Bahia de Feira x Caldense – Arena Cajueiro

20h30 – Palmas x Gama – Nilton Santos

20h30 – Villa Nova x Atlético-BA – Castor Cifuentes

20h30 – Tupynambás x Brasiliense – Estádio Municipal Radialista Mário Helênio

Texto: Toque de Bola – Roberta Oliveira com informações da CBF, ge.com e dos sites e redes oficiais.

Fotos: reprodução My Cujoo/CBF TV; Pedro Sarmento/Toque de Bola; Myke Sena/Especial Metrópoles e Renan Muniz/Caldense

Toque de Bola

Ivan Elias, associado do Panathlon Club de Juiz de Fora, é jornalista, formado em Comunicação Social pela UFJF. Trabalhou por mais de 11 anos no Sistema Solar de Comunicação (Rádio Solar e jornal Tribuna de Minas), em Juiz de Fora. Já foi freelancer da Folha de S. Paulo, atuou como produtor de matérias de TV e em 2007 e 2008 “defendeu” o Tupi, na Bancada Democrática do Alterosa Esporte, da TV Alterosa (SBT-Minas). É filiado à Associação Mineira de Cronistas Esportivos (AMCE) e Associação Brasileira de Cronistas Esportivos (Abrace).

Deixe seu comentário