Baeta leva empate no fim em Nova Lima!

Ygor (11) marcou para o Baeta. Foto: Divulgação/Villa Nova

  Sob sol forte e em tarde de muito calor no Estádio Castor Cifuentes, em Nova Lima, o Tupynambás empatou com o Villa Nova em 2 a 2, em partida válida pela quarta rodada do Campeonato Brasileiro da Série D.

  O atacante Etinho e o meia Talysson Lalau marcaram para a equipe da casa, enquanto os atacantes Nunes e Ygor foram à rede pelo Baeta. Na quinta rodada, o Baeta joga em casa, na quarta, dia 10, contra o Gama. 
  Com os outros resultados do fim de semana- Gama 5×0 Caldense, Brasiliense 1×1 Atlético de Alagoinhas- BA e Palmas 0x1 Bahia de Feira de Santana, o Gama lidera o Grupo A-6 com 12 pontos, quatro a mais que o Baeta, que segue invicto. 

Primeiro tempo

  O Tupynambás teve novidades. O técnico Guiba optou por Wellington Batista na vaga de Felipe Linhares na armação do meio de campo, enquanto Marcus Vinícius substituiu o lesionado Fabinho Alves. Lucas Santos começou na lateral-direita no lugar de João Vitor, suspenso.

  Logo aos quatro minutos, o Tupynambás aproveitou falha do setor defensivo do Leão do Bonfim e abriu o placar com Nunes. Pouco depois, aos 12, Etinho empatou a partida após boa jogada de lateral da equipe da casa pela direita.

  O Villa Nova melhorou na partida e passou a pressionar o Tupynambás. Aos 17 minutos, Etinho teve outra excelente chance, mas chutou por cima. Diferente dos 20 minutos iniciais, a segunda metade do primeiro tempo não contou com nenhuma chance de gol, e o 1 a 1 persistiu até o intervalo.

Segundo tempo

Castor Cifuentes foi o palco do jogo. Foto: reprodução MyCujoo/CBF TV

  A primeira boa chance da etapa final foi com Wellington Batista em cobrança de falta. Aos 13 minutos, o Villa chegou com perigo. Lalau venceu o duelo contra Adriano e finalizou, mas o lateral direito Lucas salvou em cima da linha.

  Dois minutos depois, Marcus Vinícius saiu da área para receber a bola e achar, em bela assistência, o companheiro Ygor. Ele tocou por cobertura na saída de Deola e fez o segundo do Leão do Poço Rico.

No finalzinho

  Diante da necessidade do gol para não sair derrotado em casa, o Villa passou a buscar mais o campo de ataque e chegou ao empate aos 45 minutos. Talysson Lalau marcou, após rebote de Arthur na cabeçada de Etinho, dando números finais ao jogo.

   Villa Nova 2 x 2 Tupynambás 

Gols: Nunes (TUPY); Eltinho (VIL); Ygor (TUPY); e Talysson Lalau (VIL) 

Villa Nova

1 – Deola 

2 – Ramon (20 – João Lucas) 

4 – Rodolfo

3 – Wellington

5 – Joao Paulo

6 – Charles Maceió (15 – Daniel Abalem)

7 – Wander

8 – Juninho (16 – Lorran)

9 – Etinho

11 – Lucas Grossi (17 – Alef)

10 – Talysson Lalau

Técnico: Mancini

Tupynambás

1 – Arthur

2 – Lucas 

3 – Adriano

4 – Gustavo França

6 – Adriano Rafael da Silva 

5 – Guilherme (15 – Felipe Linhares)

8 – Vinicius Leonel

10 – Wellington Batista (17 – Bruno Vieira)

7 – Nunes (16 – Diego)

11 – Ygor

9 – Marcus Vinicius (14 – Albert)

Técnico: Guiba

Texto: Toque de Bola – Pedro Sarmento com supervisão de Wallace Mattos

Toque de Bola

Ivan Elias, associado do Panathlon Club de Juiz de Fora, é jornalista, formado em Comunicação Social pela UFJF. Trabalhou por mais de 11 anos no Sistema Solar de Comunicação (Rádio Solar e jornal Tribuna de Minas), em Juiz de Fora. Já foi freelancer da Folha de S. Paulo, atuou como produtor de matérias de TV e em 2007 e 2008 “defendeu” o Tupi, na Bancada Democrática do Alterosa Esporte, da TV Alterosa (SBT-Minas). É filiado à Associação Mineira de Cronistas Esportivos (AMCE) e Associação Brasileira de Cronistas Esportivos (Abrace).

Deixe seu comentário