“Sumiço” do Tupi das redes sociais gera Nota de Repúdio da Tribo Carijó

Arte: Portal Toque de Bola

  A reportagem do Portal Toque de Bola sobre a desativação das páginas oficiais do Tupi (no Facebook e Instagram) após saída de um assessor de imprensa provocou grande repercussão entre torcedores, veículos de imprensa e opinião pública.

   No início da noite desta terça-feira, dia 29, a torcida organizada “Tribo Carijó” publicou uma nota de repúdio, em que contesta não só a decisão tomada como o posicionamento da diretoria do Tupi sobre a questão, manifestado na reportagem.

 Confira, abaixo, a íntegra da nota de repúdio (sem edição) divulgada pela Tribo:

 

 

NOTA DE REPÚDIO

Arte da Nota de Repúdio divulgada pela Tribo Carijó

  Na tarde de hoje fomos surpreendidos pelo @toquedebolajf com a notícia de que o Tupi DESATIVOU suas redes sociais (Facebook e Instagram). O fato pegou os torcedores de surpresa. Ao ler a matéria, é informado que as redes sociais do clube serão integradas ao perfil da base e terá um trabalho conjunto.

  Porém, o mais curioso é que o perfil da base conta com 2 mil seguidores, e o oficial do clube, que foi desativado, contava com quase 21 mil seguidores, uma diferença absurda. A rede social da base é administrada pela empresa de São Lourenço, que cuida das categorias de base. Logo, dá a entender que após essa junção do perfil a empresa cuidará também da parte profissional. Todavia, nada é eterno.

 E aí vem a dúvida, e se a parceria acabar um dia? O Tupi ficará sem meio de comunicação? Bom, se o problema disso tudo for não ter quem cuide das redes sociais do clube, nós da torcida colocamos à disposição o nosso social media pra poder gerir os perfis oficiais do time, totalmente de forma gratuita, apenas por amor. Todos nós estamos carecas de saber que o Tupi raramente teve um bom trabalho nos meios de comunicações.

  Passa ano e entra ano nunca tem um trabalho sério e profissional. O Twitter do clube entre 2016 e 2018 teve um belíssimo trabalho, conquistou mais de 10 mil seguidores, teve a conta verificada e agora está parado desde o início de 2019. Um desperdício gigantesco que poderia muito bem ser aproveitado e levar o nome do Tupi para mais lugares. Contudo, o pensamento pequeno da diretoria não permite isso.

 No mais, deixamos claro que somos totalmente CONTRA desativar as redes sociais do clube para poder integrar ao da base que conta com APENAS 2 mil seguidores.

DIRETORIA TOTC

 

Reportagem: Toque de Bola

Artes: Portal Toque de Bola e reprodução Tribo Carijó

 

Toque de Bola

Ivan Elias, associado do Panathlon Club de Juiz de Fora, é jornalista, formado em Comunicação Social pela UFJF. Trabalhou por mais de 11 anos no Sistema Solar de Comunicação (Rádio Solar e jornal Tribuna de Minas), em Juiz de Fora. Já foi freelancer da Folha de S. Paulo, atuou como produtor de matérias de TV e em 2007 e 2008 “defendeu” o Tupi, na Bancada Democrática do Alterosa Esporte, da TV Alterosa (SBT-Minas). É filiado à Associação Mineira de Cronistas Esportivos (AMCE) e Associação Brasileira de Cronistas Esportivos (Abrace).

Deixe seu comentário