Série D: Tupynambás na ponta do Grupo A6!

Beta usou a bola parada para vencer em Palmas

  Tupynambás e Gama, vitorioso no clássico no DF, seguem invictos e lideram o Grupo A6 da Série D do Campeonato Brasileiro 2020. Um gol de saldo é o que coloca o time de Juiz de Fora na liderança.

  Os outros vencedores da rodada deste sábado, dia 26, foram Bahia de Feira, que reagiu em casa, e o Atlético de Alagoinhas que venceu bem como visitante. Villa Nova e Brasiliense caíram na tabela. Palmas e Caldense seguem sem vitórias na competição (veja classificação abaixo).

  A curiosidade: todos os jogos tiveram gols marcados em cobrança de pênaltis. Confira o resumo da 2ª rodada da chave do Baeta na Série D 2020. 

Palmas-TO 0 x 2 Tupynambás

O Baeta assumiu a liderança do grupo ao vencer o Palmas fora – e longe – de casa por 2 a 0. Os gols foram marcados por Ygor, de pênalti, e Nunes, numa cobrança de falta no segundo tempo.

  Neste confronto de extremos, o Palmas chegou à segunda derrota seguida na competição. A jovem equipe está na lanterna do grupo e vai buscar a recuperação na Bahia na próxima rodada.

Bahia de Feira 2 x 0 Villa Nova-MG

Bahia de Feira venceu em casa

  Na estreia do novo treinador, o já conhecido da torcida Arnaldo Lira, o Bahia de Feira se recuperou conquistando três pontos na Arena Cajueiro.  O atacante Ebinho, cobrando pênalti no primeiro tempo, e o zagueiro Menezes, na etapa final, deram a vitória ao tricolor, que subiu para o quinto lugar no Grupo A6.

  Com a derrota, o Villa Nova caiu para o sexto lugar, perdendo nos critérios de desempate para o Bahia de Feira e para o Brasiliense.

Gama 2 x 1 Brasiliense

  O clássico candango entre Gama e Brasiliense teve muita rivalidade. Além disso, falta parcial de luz e sistema de irrigação funcionando na reta final.

  Wallace e Emerson marcaram para o Periquito, que mantém a invencibilidade na Série D e está em segundo lugar por causa do saldo de gols em relação ao Baeta.

  No primeiro clássico nacional entre os dois times desde 2008, o Jacaré só conseguiu descontar com Douglas, em cobrança de pênalti. É o terceiro gol dele na competição. O Brasiliense é o quarto colocado, perdendo no saldo de gols para o Atlético de Alagoinhas e superando Bahia de Feira e Villa Nova nos critérios de desempate.

Atlético de Alagoinhas venceu a Caldense

Caldense 0 x 3 Atlético de Alagoinhas

  Ainda não foi desta vez que a Caldense venceu a primeira na Série D 2020. Jogando em casa, a Veterana foi superada pelo Atlético de Alagoinhas. Agora amarga a lanterna do grupo, com a defesa mais vazada da chave, levou seis gols em dois jogos.

  O único mandante a perder na 1ª rodada, o time baiano “estreou para valer” longe de Alagoinhas com os gols de Robert, em um chute de fora da área; Tobinha de pênalti; e Dedeco, com uma jogada ensaiada na cobrança de falta. Com a goleada, subiu para o terceiro lugar na chave. 

Próxima rodada

  Os times do Grupo A6 voltam a campo na quarta, dia 30, e na quinta, 1º de outubro. O Baeta terá o um dos dois confrontos em sequência contra os mineiros.

  O Villa vai buscar a recuperação contra o vice-líder Gama. O Palmas tenta se recuperar contra o Atlético de Alagoinhas, e o Bahia de Feira tenta embalar contra o Brasiliense.

3ª rodada

30/09/2020

20h30: Villa Nova x Gama – Castor Cifuentes, Nova Lima

20h30: Tupynambás x Caldense – Mario Helênio, Juiz de Fora

01/10/2020

19h: Atlético-BA x Palmas – Carneirão, Alagoinhas

19h: Bahia de Feira x Brasiliense – Arena Cajueiro, Feira de Santana

Texto: Toque de Bola – Roberta Oliveira com informações do ge.globo e da CBF

Fotos: Izabela Martins/Palmas FR; Instagram/Bahia de Feira; e reprodução Instagram/Caldense

jogos da terceira rodada
resultados da segunda rodada
classificação após segunda rodada

Artes: Toque de Bola com informações do site da CBF

Deixe seu comentário