Com Roberval, Tupi tem novidades no elenco e comissão

Léo Dantas é cara nova no elenco carijó

  A volta do feriado prolongado da Independência do Brasil, na terça, dia 8, marcou o retorno aos trabalhos do Tupi, com a apresentação do novo técnico Roberval Davino.
  Também teve novidade no elenco e caras novas na comissão técnica, além de jogadores remanescentes do elenco carijó de antes da parada do Módulo 2 do Campeonato Mineiro pela pandemia, em 15 de março.

  Único atleta contratado até o momento, o lateral-esquerdo Léo Dantas, de 22 anos e base do Marília, com passagem também pela Portuguesa, já conheceu seus novos companheiros.

Reforços do interior de SP 

  No que depender de Roberval, Léo segue o perfil dos reforços que devem chegar para a sequência do Módulo 2 a partir de 10 de outubro. “Estamos usando nosso conhecimentos. Passei os últimos quatro anos em São Paulo. Tem jogadores com características e, pela amizade, se adequam ao lado financeiro. Estamos tentando trazer mais um goleiro, precisamos também de um zagueiro, por exemplo. A ideia é que venham jogadores compromissados e de qualidade”, descreve.

Gueguel é um dos remanescentes do time

  Além de Léo Dantas, apresentaram-se em Santa Terezinha outros nove atletas. São eles: os zagueiros Matheus Mega e Douglas; os laterais-direitos Adson e Bocão; os meias Kassinho, Julio e Daniel; e os atacante Anderson e Gueguel.

Fora das quatro linhas

  A comissão técnica alvinegra também teve novidades. O preparador de goleiros do Tupi agora é João Gerheim, que tem passagem pelo projeto de Futebol da Universidade Federal de Juiz de Fora (UFJF) e pelo Tupynambás. A seu lado, o auxiliar é xará e tem passado carijó: João Rinco é ex-goleiro das categorias de base do Alvinegro de Santa Terezinha.

Texto: Toque de Bola – Wallace Mattos

Fotos: ogol.com.br; e Toque de Bola 

Toque de Bola

Ivan Elias, associado do Panathlon Club de Juiz de Fora, é jornalista, formado em Comunicação Social pela UFJF. Trabalhou por mais de 11 anos no Sistema Solar de Comunicação (Rádio Solar e jornal Tribuna de Minas), em Juiz de Fora. Já foi freelancer da Folha de S. Paulo, atuou como produtor de matérias de TV e em 2007 e 2008 “defendeu” o Tupi, na Bancada Democrática do Alterosa Esporte, da TV Alterosa (SBT-Minas). É filiado à Associação Mineira de Cronistas Esportivos (AMCE) e Associação Brasileira de Cronistas Esportivos (Abrace).

Deixe seu comentário