Para motivar e avaliar! Bom Pastor disputa Copa Brasil Virtual de Natação

Mal voltaram aos treinos, cerca de 45 nadadores convencionais e paraolímpicos do Clube Bom Pastor disputam, com início na quinta-feira, dia 24, a terceira etapa da Copa Brasil Virtual de Natação. São os representantes de Juiz de Fora entre os 50 clubes brasileiros e internacionais inscritos até o momento.

Por causa da pandemia da Covid-19, o torneio será realizado à distância, cada atleta no seu clube, obedecendo às normas de segurança vigentes. A previsão é de que o resultado seja divulgado no domingo, 27.

Primeiro desafio após parada

O técnico da equipe juiz-forana Fábio Antunes explicou que os atletas voltaram aos treinos no dia 8 de setembro. Por isso, os resultados serão a base para a sequência do trabalho.

“Vai servir como motivação e também para testarmos algumas variáveis de provas e avaliarmos como os atletas estão retornando após 6 meses sem ter contato com a água. Ainda estamos iniciando um trabalho de base com os atletas e, com isso, os resultados tendem a não serem muito bons. Mas estamos animados para este primeiro desafio”, disse em entrevista ao Toque de Bola.

A terceira etapa está prevista para os dias 25 e 26 de setembro. No primeiro dia, serão disputadas as provas de 200m borboleta, 50m nado livre e 200m costas. No segundo dia, serão os 200m medley, 200m nado livre e 200m peito.

Como os organizadores permitiram antecipação das datas pelos clubes, no Bom Pastor, os tempos dos inscritos em todas as provas serão registrados na quinta, 24 e sexta, 25.

“Vamos realizar a tomada de tempo no horário do treino de cada grupo, são 12 atletas por horário. Com isso, não geramos aglomerações. Vamos filmar e registrar os tempos para poder enviar para o banco de dados. Não podemos ter eventos ainda, então é uma forma de criarmos uma competição sem colocar todos os envolvidos em risco”, avaliou Fábio Antunes.

Por causa das regras de prevenção ao novo coronavírus, os treinamentos ocorrem com distanciamento, proteção e sem pessoas que não sejam das equipes. Da mesma forma, o evento não terá torcida. “Não podemos ter público, e os pais não estão podendo entrar no clube neste momento de onda amarela. Estamos com protocolo muito rígido. Não queremos correr o risco de ter que fechar a piscina”, destacou o treinador.

Como taxa de inscrição, os organizadores incentivaram a arrecadação de alimentos não perecíveis para serem doados a uma instituição da cidade natal do clube participante. A equipe do Bom Pastor decidiu doar para o Educandário Carlos Chagas.

Copa Brasil Virtual de Natação

Segundo o regulamento, a terceira etapa em setembro é para festejar o mês do atleta paraolímpico, promover a natação olímpica e paraolímpica, além de motivar a continuidade de treinamentos e competições neste período de pandemia. O treinador do Rádio Clube (MS), Gehilson Silva, destacou que a competição surgiu como uma ação entre os treinadores para motivar os atletas e vem superando as melhores expectativas dos organizadores.

“Na primeira, tivemos 24 clubes, incluindo um de Portugal e outro da Alemanha, onde trabalham brasileiros, com 517 atletas. Na segunda etapa foram 29 clubes, com 492 atletas. Na terceira etapa, tínhamos como meta 35 clubes e, para nossa surpresa, estamos com 50. Dois clubes da Bolívia e representantes de 16 estados mais o DF. Até segunda, podem entrar mais dois que já fizeram contato. A expectativa é de chegar próximo a mil atletas”, contou o integrante da organização do evento.

Cada técnico inscrito receberá acesso às planilhas de inscrição e de resultado, onde deverá cadastrar os atletas por categoria e idade nas respectivas provas. O tempo de cada um deles deve ser lançado até 23h59 do sábado, 26. Os resultados serão tabulados no domingo, 27.

O regulamento ainda determina que a classificação das provas será absoluta. Os atletas serão identificados por categoria e poderão comparar a classificação com os de categorias semelhantes e diferentes.

Os nadadores vão receber um certificado de participação da 3ª etapa da Copa Brasil Virtual de Natação.

Texto: Toque de Bola – Roberta Oliveira
Imagens: arquivo pessoal Fábio Antunes 

Toque de Bola

Ivan Elias, associado do Panathlon Club de Juiz de Fora, é jornalista, formado em Comunicação Social pela UFJF. Trabalhou por mais de 11 anos no Sistema Solar de Comunicação (Rádio Solar e jornal Tribuna de Minas), em Juiz de Fora. Já foi freelancer da Folha de S. Paulo, atuou como produtor de matérias de TV e em 2007 e 2008 “defendeu” o Tupi, na Bancada Democrática do Alterosa Esporte, da TV Alterosa (SBT-Minas). É filiado à Associação Mineira de Cronistas Esportivos (AMCE) e Associação Brasileira de Cronistas Esportivos (Abrace).

Deixe seu comentário