Baeta dentro! Novo calendário marca Série D para setembro

Cláudio Dias

  Os clubes, incluindo o juiz-forano Tupynambás, já têm novas datas para se programar para as competições nacionais ainda em meio à pandemia do novo coronavírus.

  A Confederação Brasileira de Futebol (CBF) publicou nesta quinta-feira, dia 9, o calendário revisado de futebol profissional masculino para 2020. Levando em consideração as datas-base das Eliminatórias para a Copa do Mundo de 2022, a CBF estabeleceu as datas de início, reinício e término dos torneios nacionais.

Série D em setembro com Baeta

  Ficou estabelecido que a Série D do Campeonato Brasileiro, na qual o Baeta tem vaga garantida, terá início no dia 6 de setembro. Ainda aguardando um posicionamento da Prefeitura de Juiz de Fora sobre a possibilidade de treinos e jogos no município, até mesmo para a possível volta do Mineiro ainda no fim deste mês, a diretoria do Baeta confirmou a intenção de jogar o Nacional.

  “Só não iríamos jogar caso esta mudasse o formato, por exemplo, para mata-mata. Mas desta forma, vamos estar em campo. Esperamos a resposta da Prefeitura para, paralelamente às providências do time que terminará o Mineiro – provavelmente de garotos -, planejar e tomar providências para a Série D. Agora, veja a diferença: a CBF divulga agora um início em setembro, e Federação Mineira falou que o Estadual voltaria a 18 dias do primeiro jogo”, alfineta o vice-presidente do Baeta, Claudio Dias. 

Confira: CALENDÁRIO DO FUTEBOL BRASILEIRO 2020 REVISADO

   As competições desta temporada só têm previsão de término para 2021. Segundo o presidente da CBF, Rogério Caboclo, as novas datas acomodam  “Este redesenho é a forma que encontramos para entregar o calendário integralmente e garantir o cumprimento dos compromissos assumidos pelos clubes com os detentores de direitos televisivos, patrocinadores e apoiadores”, destaca.

Caboclo explicou os motivos da revisão nas datas

Como fica o Brasileiro?

  A Série A do Brasileirão será disputada entre os dias 9 de agosto de 2020 e 24 de fevereiro de 2021. O formato da competição segue mantido, em pontos corridos ao longo de 38 rodadas.

  A Série B vai de 8 de agosto de 2020 a 30 de janeiro de 2021, também em pontos corridos, com o menos número de rodadas da elite. O acesso para a Série A será garantido às quatro equipes melhor colocadas ao final do torneio.

  A Série C do Nacional terá seu início conjuntamente com as séries A e B, por solicitação dos clubes. A competição será disputada em 26 datas, de 9 de agosto de 2020 a 31 de janeiro de 2021.  Já a Série D tem como previsão de início o dia 6 de setembro de 2020 e de encerramento em 7 de fevereiro de 2021.

Copas do Brasil e do Nordeste

  Para o encerramento, a Copa do Brasil precisa de onze datas para terminar. Estas rodadas serão disputadas entre 26 de agosto de 2020 e 10 de fevereiro de 2021. O torneio será reiniciado com os jogos de volta da terceira fase e segue com o mesmo regulamento. 

Série D tem início previsto para setembro

  Maior competição regional do país, a Copa do Nordeste, organizada pela CBF, tem cinco datas a serem disputadas e será retomada em sua oitava e última rodada da primeira fase, no dia 21 de julho, em sede única, na Bahia. As quartas e semifinais do torneio serão em jogo único. Já a decisão será em dois jogos, com o inicial marcado para 1º de agosto e o segundo para o dia 4 do mesmo mês.  

Eliminatórias e torneios continentais

  O calendário confirmado pela FIFA na última semana prevê seis datas para os jogos das Eliminatórias para a Copa de 2022. São duas no mês de setembro, nos dias 3 e 8; duas em outubro, 8 e 13; e duas em novembro, nos dias 12 e 17. As competições nacionais não serão interrompidas durante esses períodos. 

  Já as datas das competições organizadas pela Conmebol, como a Copa Libertadores e a Copa Sul-Americana, ainda não foram estabelecidas. Por conta dos diferentes momentos da pandemia nos países do continente, a entidade ainda não definiu como ou quando os torneios serão retomados.

Texto: Toque de Bola – Wallace Mattos com informações da CBF

Fotos: divulgação CBF; e divulgação UFJF

Deixe seu comentário