Ramos: “Sport em nenhum momento participou da atividade!”

Ramos esclareceu que Sport não organizou atividade

  No último dia 6, uma atividade no gramado do Estádio Salles Oliveira, em Santa Terezinha, foi flagrada por moradores do entorno, que procuraram o Toque de Bola para denunciar o descumprimento do decreto municipal que proíbe treinos em clubes desportivos. Alguns dos jovens participando do treinamento sob a supervisão de pais estavam trajando uniformes das categorias de base do Sport.

  Após tomar conhecimento do fato pelo Toque, o presidente do Alviverde da Avenida, Jorge Ramos, procurou o portal nesta semana para fazer esclarecimentos oficiais em nome da diretoria do clube sobre o episódio. “O Sport não participa ou participou deste processo. Estamos com as nossas atividades suspensas. O corpo técnico também encontra-se suspenso. Então, não sei de quem ou de onde partiu isso. Respeitamos o direito de ir e vir de todos, desde que se acolham os pré-requisitos legais.”

Sem vinculo 

Algumas crianças estiveram no Salles realizando atividades

 Ramos explicou que a utilização dos uniformes não vincula o clube com a organização da atividade. “É bom deixar muito claro pois somos questionados pelo sócios: ‘poxa, mas está suspenso e o pessoal foi lá no Tupi?’ Sim, pode ter até algumas pessoas na cidade e na região que tenham um uniforme do Sport ou uma camisa. Adquiriu pois frequentava o clube e treinava conosco. Mas, de maneira nenhuma, era o Sport Club Juiz de Fora”, destaca.

  “É bom esclarecer. Cabe a mim como presidente que estou deixar claro em nome da diretoria e do corpo de profissionais que cuidam desses meninos. Com muito carinho. Tem garotos que estão fora do país e muitos destes podem estar em algum tempo. A vida é de cada um. Mas só queria deixar muito claro que, em nenhum momento, o Sport Club Juiz de Fora participou da atividade”, completa Ramos que considera o episódio página virada.

Texto: Toque de Bola – Wallace Mattos

Fotos: Toque de Bola

Deixe um comentário