Beatriz Ferreira: “Vou ser campeã olímpica”

 

   Em live apresentada no Instagram do Portal Toque de Bola (toquedebolajf) no início da noite de quarta-feira, dia 10, a campeã mundial e pan-americana de boxe (e atleta do ano – consideradas todas as modalidades – em 2019 pelo Comitê Olímpico Brasileiro) Beatriz Ferreira, baiana radicada em Juiz de Fora, afirmou: “Vou ser campeã olímpica”, referindo-se aos Jogos Olímpicos de Tóquio, transferidos deste ano para 2021 em função da Covid-19.

  Na entrevista, o Toque de Bola colocou no ar depoimentos de familiares, o que emocionou muito a atleta. Além do pai e primeiro treinador Raimundo Oliveira Ferreira, o “Sergipe”, principal referência em sua trajetória, falaram a mãe de Bia, Rosivânia, as irmãs Samira e Maria Antônia e o treinador da seleção brasileira de boxe,  Mateus Alves. 
   Beatriz contou detalhes desde a sua paixão pelo boxe, ainda com quatro anos de idade, e como tudo mudou no momento em que deixou Salvador para morar na cidade da Zona da Mata mineira. 

    Revelou as batalhas e desconfianças que superou, dentro e fora do ringue, até se tornar hoje uma das melhores do mundo no boxe na categoria até 60 quilos.

Deixe um comentário