Para embalar, Tupi pega Nacional em Muriaé

Carijó venceu a primeira e vai em busca de mais

  Depois de conquistar a primeira vitória do Módulo 2 do Campeonato Mineiro, o Tupi agora busca engatar uma sequência e buscar fora de casa os pontos perdidos em jogos em Juiz de Fora.

  A primeira oportunidade será neste sábado, dia 14, às 16h, quando o Carijó enfrenta o Nacional de Muriaé na casa da adversário, o Estádio Soares de Azevedo. O compromisso pela sexta rodada do Módulo 2 pode até mesmo colocar o Tupi no G4, grupo dos times que se classifica para o quadrangular decisivo da competição.

  Para isso, os juiz-foranos, atualmente na oitava colocação, precisam vencer e torcer por tropeços de Democrata-GV, Athletic e Ipatinga (veja classificação e rodada abaixo). Todos os jogos da rodada serão disputados com portões fechados por determinação da Federação Mineira de Futebol, seguindo determinação do Ministério Público da Saúde de Minas Gerais.

Mais leve

 Após estrear com um resultado positivo com apenas quatro dias de trabalho desde sua chegada a Santa Terezinha, o técnico do Tupi, Julio Cesar Garcias, quer que o time consiga o segundo triunfo em sequência já neste sábado. “Tive a primeira semana de treinos completa depois de chegar ao Tupi. O grupo está mais relaxado e animado após a vencer a primeira no Módulo 2. Os jogadores vêm entendendo mais da filosofia de trabalho. Esperamos que contra o Nacional o time leve para campo o que foi trabalhado para sair de lá com uma vitória.”

Esquerdinha quer a vitória para subir na tabela

  O meia Esquerdinha, autor do gol da vitória contra o Athletic, prevê um jogo duro em Muriaé, mas quer vencer para subir na classificação. “Viemos de um resultado positivo que nos deu mais confiança. Treinamos bem para o jogo que será difícil contra o Nacional. Esperamos conseguir batê-los para nos colocarmos em uma boa condição na tabela”, deseja o camisa 10 carijó.  

Novidade e desfalques

  Exceto o treinamento de reapresentação do grupo completo, na última segunda, dia 9, todas as outras atividades técnico-táticas do Tupi foram fechadas durante a semana. O técnico carijó, Júlio César Garcias, teve que trabalhar alternativas para um desfalque no meio de campo e inserir na equipe um novo lateral-esquerdo. Além disso,  o comandante cobrou o elenco com relação às bolas paradas, cujo aproveitamento foi abaixo do aceitável na vitória por 2 a 1 sobre o Athletic.

  A novidade na equipe fica por conta da entrada de Magdiel, regularizado no início da semana, no lugar de Anderson Tanque, atacante que atuou improvisado diante dos barbacenenses, na lateral-esquerda. No meio de campo, o volante Matheus Dias está suspenso pelo terceiro cartão amarelo. Um de seus substitutos diretos, o veterano Robson, também não pode atuar por ter sido expulso mesmo no banco contra o Athletic. Assim, Lucas Coutinho deve herdar a vaga entre os titulares.

Lucas Coutinho deve ser titular contra o Nacional

De saída

  Uma das alternativas para o lugar de Dias no meio de campo, Matheus Campos, não entrou na briga pela titularidade pois está se desligando do Tupi. Depois de uma sequência como titular com o ex-treinador Alex Nascif, o volante não foi utilizado por Júlio César Garcias diante do Athletic. No início desta semana, o jogador iniciou as tratativas para deixar Santa Terezinha e já não faz mais parte do elenco alvinegro.

Nacional x Tupi

Estádio Soares de Azevedo – 16h

Árbitro: Adilio Ribeiro da Silva

Assistentes: Everton Almeida Pinto e Erica Maria da Silva Lopes

Nacional: Leandro Hentique, Jairo, Elder, Alemão e Jhonatan; Rodrigo, Lucas Silva e João Willian; Michael, Victor Leonardo e Rafael Fernandes. Técnico: Gian Rodrigues

Tupi: Rafael; Arilton, Matheus Mega, Emerson e Magdiel; Isaías, Lucas Coutinho e Esquerdinha; Matheus Marques, Yan e Gueguel. Técnico: Júlio César Garcias

      

Texto: Toque de Bola – Wallace Mattos

Fotos: Arthur Abrahão/Tupi FC

Artes: Toque de Bola com informações da Federação Mineira de Futebol 

Deixe seu comentário