Em Patos, Baeta erra muito e fica no empate com a URT

  Com uma boa atuação em Patos de Minas, o Tupynambás empatou em 0 a 0 com a URT no Estádio Zama Maciel, em duelo válido pela 9ª rodada do Módulo I do Campeonato Mineiro, neste domingo, dia 15. Com o resultado, o Baeta segue na lanterna do Estadual.

Baeta ficou no empate contra a URT

  Na estreia do técnico Guiba, o Leão do Poço Rico se comportou bem fora de casa, mas não aproveitou as inúmeras chances criadas no duelo contra o Trovão Azul. O Baeta foi melhor durante todo o primeiro tempo e não conseguiu abrir o placar. Na etapa final, André Zuba apareceu bem e foi fundamental na garantia de mais um ponto ao alvirrubro na tabela.

Só deu Baeta!

  O Tupynambás começou melhor na partida e teve as primeiras oportunidades. Aos 4 minutos, o lateral esquerdo Adriano Silva se apresentou bem no ataque e bateu à esquerda do goleiro Negueti. No lance seguinte, Roni aproveitou falha da zaga do Baeta e ficou cara a cara com André Zuba, mas chutou por cima da meta alvirrubra.

  Aos 20 minutos, em uma sequência de escanteios, Alisson cobrou na cabeça de Sílvio. O zagueiro do Leão do Poço Rico cabeceou e deu trabalho ao goleiro da URT. Perdida em campo, a equipe da URT não conseguia construir jogadas ofensivas e sofria pressão do Tupynambás, principalmente pelo lado esquerdo com Adriano Silva.

  Apesar de melhor no jogo, o time de Juiz de Fora não conseguiu chegar ao gol na primeira etapa. Na tentativa de corrigir a postura dos donos da casa, o técnico Ademir Fonseca colocou Kesley na vaga de Fernandinho ainda no intervalo.

Sai que é sua, Zuba!

  A mudança surtiu efeito. Aos 7 minutos, o goleiro André Zuba fez grande defesa após finalização de Pitbull. Logo depois, Grafitte fez boa jogada e achou Alisson na área, mas o atacante chutou por cima.

  Aos 20 minutos, o Tupynambás perdeu a chance do jogo. Léo Salino fez boa jogada pela esquerda e serviu Alisson. Mais uma vez, o atacante driblou o goleiro Neguetti e chutou para fora.

Confira a tabela atualizada do Mineiro

  Após quase um mês fora por lesão, o atacante Ademilson entrou em campo aos 29 minutos na vaga de Bruno. No primeiro lance, Adê viu a URT chegar com perigo após cobrança de falta de Maranhão defendida por André Zuba em cima da linha. O Trovão Azul cresceu no jogo e obrigou o arqueiro alvirrubro a trabalhar mais uma vez aos 42 minutos. Mesmo com as chances criadas, o placar não saiu do zero.

Suspensão

  Enquanto URT e Tupynambás estavam em campo, a Federação Mineira de Futebol (FMF), seguindo a decisão da Confederação Brasileira de Futebol (CBF), determinou o adiamento dos Módulos I e II por tempo indeterminado. A medida foi tomada por conta da pandemia mundial do coronavírus.

Ficha de jogo

URT x Tupynambás

Árbitro: Ricardo Marques Ribeiro
Assitentes: Luiz Antônio Barbosa e Filipe Ramos de Santana

Cartões amarelos: Walkenedy, aos 12 minutos do 2T, Izaldo, aos 23 minutos do 2T, e Roni, aos 44 minutos do 2T, para a URT; Adriano, aos 35 minutos do 2T, para o Tupynambás.

URT

1-Neguetti
2-Jéfferson
3-Audálio
4-Josué
6-Izaldo
5-Márcio Passos
8-Walkenedy
10-Carlos Magno
19-Pitbull (Maranhão, aos 18 minutos do 2T)
9-Roni
11-Fernandinho (Kesley, no intervalo)

Técnico: Ademir Fonseca

Tupynambás

1-André Zuba
2-Graffite
4-Sílvio
3-Adriano
6-Adriano Silva
5-Léo Salino
7-Vinícius Leonel
11-Bruno (Ademilson, aos 29 minutos do 2T)
9-Sávio (Jair Arame, aos 10 minutos do 2T)
8-Fabinho Alves (Renan, aos 47 minutos do 2T)
10-Alisson

Técnico: Guiba

Texto: Toque de Bola – Pedro Sarmento
Fotos: Tupynambás/Divulgação;
Arte: Tabela elaborada pelo site SuperEsportes

Deixe seu comentário