Coronavírus: Eliminatórias e Libertadores adiadas!

  Seguindo uma tendencia mundial de que se evite aglomeração de pessoas para frear a propagação da pandemia do novo coronavírus (Covid-19), a Confederação Sul-Americana de Futebol (Conmebol) pediu e a Federação Internacional de Futebol (Fifa) aceitou o adiamento do início das Eliminatórias no continente.

  A Conmebol encaminhou um ofício à Fifa na noite de quarta, dia 11, pedindo que os jogos classificatórias para a Copa do Qatar em 2022 possam ser remarcados. Nesta quinta, dia 12, a entidade máxima do futebol mundial decidiu acatar a requisição. Os confrontos estavam marcados para os dias 26, 27 e 31 de março. Na Asia, as partidas classificatórias que ocorreriam em maio e junho já haviam sido foram adiadas. 

Libertadores parada

Olimpia x Defensa y Justicia foi realizado sem público

  Na esteira do adiamento da primeira rodada das Eliminatórias, a Conmebol também divulgou em suas redes sociais a suspensão da Copa Libertadores da América entre os dias 15 e 21 de março. Assim, os confrontos da próxima semana ficam adiados, e a entidade vai estudar os ajustes na tabela nos próximos dias. 

  Vários times brasileiros jogariam na semana que vem pela Libertadores. O Flamengo pegaria o Independiente del Valle no Rio. O Palmeiras iria à Bolívia encarar o Bolívar. O São Paulo receberia o River Plate. Athletico-PR e Jorge Wilstermann se enfrentariam no Paraná. E Santos e Olimpia jogariam na Baixada.

  Nesta semana, algumas partidas da Libertadores foram realizadas com portões fechados por determinação das autoridades de saúde. As partidas restantes desta quinta, dia 12, entre elas o clássico Grêmio x Internacional, marcado para começar às 21h, não sofreram alterações.

Sem europeus

  Na comunicação à Fifa, a Conmebol alegou que as equipes sul-americanas seriam prejudicadas por não poderem contar com atletas vindos da Europa, pois muitos países têm parte ou totalidade de seu território, como a Itália, de quarentena. Isso impediria os atletas de viajarem para a disputa dos jogos das Eliminatórias na América do Sul.

Lista de Tite não vale mais com o adiamento das Eliminatórias

  Na Seleção Brasileira, o caso dos dois atletas da Juventus, da Itália, é o requer maior atenção. O lateral-direito Danilo, natural de Bicas e que atuou pelo Tupynambás, e o lateral-esquerdo Alex Sandro, ambos da equipe italiana, tiveram contato direto com um jogador contaminado pelo Covid-19.

  O zagueiro Daniele Rugani testou positivo para o coronavírus. Além de a Itália ter declarado quarentena geral na última terça, dia 10, o astro do time, o português Cristiano Ronaldo, se colocou em isolamento voluntário por conta do contato com o companheiro. 

Nova convocação

  A Seleção Brasileira estrearia em casa, contra a Bolívia, no dia 27 de março. Depois, enfrentaria o Peru, no dia 31 de março, em Lima, capital peruana. De acordo com a Conmebol, todos os dez países participantes das eliminatórias sul-americanas concordaram com o adiamento das partidas.

  Com o adiamento, a lista de convocados divulgada pelo técnico Tite na sexta, dia 6, não vale mais. Por enquanto, a rodada inicial da fase de classificação para a Copa 2022 na América do Sul ainda não tem data para ser realizada. Segundo o comunicado do Fifa, detalhes serão discutidos e divulgados posteriormente. A entidade máxima do futebol mundial também comunicou que estará atenta à questão do coronavírus e tomará medidas visando proteger a saúde e segurança de todos os envolvidos nas Eliminatórias.    

Pelo mundo

Classificação do PSG de Neymar na Champions foi sem torcida

  A Uefa adiou jogos da Liga dos Campeões e da Liga Europa, além de algumas partidas terem sido realizadas com portões fechados. A entidade marcou para terça, dia 17, uma reunião sobre os rumos de ambas as competições. Os campeonatos Espanhol, Italiano, Holandês, Português, Japonês e Chinês estão suspensos. Já na França e Alemanha, partidas serão jogadas sem público.

  Nos outros esportes, a Associação de Tenistas Profissionais (ATP) anunciou a suspensão do circuito. A National Basketball Association (NBA) também suspendeu a atual temporada. A equipe McLaren se retirou do GP da Austrália de Fórmula 1, o primeiro do ano, por conta da confirmação de um caso de coronavírus entre seus funcionários. A prova e o início do calendário podem ser cancelados nas próximas horas. O GP da China, que seria em abril, foi cancelado e o do Barein, em março, será feito com portões fechados.   

Texto: Toque de Bola – Wallace Mattos com informações da Conmebol e da Agência Brasil

Fotos: divulgação/Conmebol; Lucas Figueiredo/CBF; Facebook Club Olimpia e Facebook Paris Saint-Germain

Deixe seu comentário