JF Vôlei: derrota doída em casa!

  Jogando sem inspiração, com atletas sofrendo por contusões e errando muito, o JF Vôlei foi derrotado pelo Uberlândia/Start Química/Gabarito na noite deste sábado, dia 15, em casa, pela quarta rodada da Superliga B Masculina 2020.

Saque juiz-forano não funcionou contra o Uberlândia

  No Ginásio da Faculdade de Educação Física e Desportos (Faefid) da Universidade Federal de Juiz de Fora (UFJF), o time local não se encontrou após perder o primeiro set e terminou superado por 3 a 0 (26/24, 25/21 e 25/19) pelos os uberlandenses. A derrota machuca as intenções do time local de figurar entre os quatro melhores da fase de classificação da Superliga B. Agora, a recuperação terá que ficar para próxima quinta-feira, dia 20, de novo em casa, mas desta vez contra o time de maior investimento na competição, o goiano Anápolis.

‘Jogamos mal’

  Ao final da partida, o técnico do JF Vôlei, Marcos Henrique, foi direto em sua análise sobre o confronto. Segundo o comandante do time local, que chamou para si a responsabilidade, o jogo de sua equipe não encaixou na noite deste sábado, e o adversário se aproveitou disso, além de fazer uma partida correta.

Muryllo Coutinho para no bloqueio dos visitantes

  “Jogamos mal. Não fizemos o que fizemos nos outros jogos. Mas pecamos principalmente nos saques e na virada de bola. Estressa o jogo quando defensivamente vamos bem e no ataque não. Num segundo momento, no segundo e terceiro sets, não conseguimos fazer nada bem. Mérito deles, souberam defender, atacar com volume interessantes. Mas não tomamos decisões corretas. Assumo a culpa e agora é trabalhar em cima desses erros”, pretende o treinador.

Baleado

  O jogo deste sábado começou com o JF Vôlei saindo atrás e ficando quatro pontos sem mexer no marcador. O fato se repetiria nos dois sets seguintes. Mas, melhorando no saque e no sistema de bloqueio como consequência disso, os juiz-foranos reagiram e tomaram a frente do marcado, controlando a partida até a reta final do set. Mesmo atrás, o Uberlândia não desistiu da parcial e virou em 23 a 22. Mesmo com a luta no fim dos donos da casa, os visitantes levaram a melhor no fim, em 26 a 24.

Renan Levandoski jogou com proteção no supercílio

  O segundo set seguiu o roteiro do primeiro, mas com a linha de passe juiz-forana errando muito. Para complicar, o principal ponteiro passador do JF Vôlei, Muryllo Coutinho, sentiu uma lesão muscular e teve que ser substituído. Com a baixa, os uberlandenses não tiveram dificuldades para fazer 25 a 21. Já na terceira parcial, os erros na recepção e no ataque dos juiz-foranos persistiram. Mascos Henrique ainda tentou trocar o central Renan Levandoski, que jogava com uma proteção e pontos no supercílio esquerdo, por Piauí, buscando melhorar na rede, mas nem isso adiantou. Final25 a 19 e 3 sets a 0 para o Uberlândia.

 

Resultados da 4ª rodada da Superliga B (clique para ampliar)

Texto: Toque de Bola – Wallace Mattos

Fotos: Toque de Bola   

Deixe seu comentário