Futebol-UFJF avalia “peneira” e mira Copa do Brasil!

Projeto quer seguir conquistando títulos em 2020

  Após um sucesso total nas inscrições para a maior seletiva da história do Futebol UFJF, cerca de 14 atletas foram aprovados para período de treinos com os elencos das categorias sub-11 a sub-17.

  De olho no 2020 da garotada, o Toque de Bola entrevistou o diretor do projeto, professor Marcelo Matta. Com exclusividade, ele analisou o número de participações no processo, falou sobre a quantidade de selecionados e revelou uma ambiciosa meta para 2021: a Copa do Brasil.

A peneira

  O processo seletivo promovido no campo da Universidade Federal de Juiz de Fora reuniu mais de 650 inscritos, mas com ausência de cerca de 30% dos atletas. Ainda assim, tudo foi motivo de alegria para o corpo técnico do projeto.

  “Tivemos a seletiva com o número de 650 inscrições, mas com 450 a 470 atletas presentes em todas as categorias. Mesmo com as ausências, foi gratificante ver a quantidade de garotos. Desse volume de presentes, nós selecionamos para fase de treinos conosco aproximadamente três por cento, que já estão trabalhando com o grupo que já vinha desde o ano passado”, observa.

Dos aprovados na seletiva, nenhum está com permanência garantida

Quem fica?

  Ainda de acordo com Marcelo, mesmo que com poucos atletas aprovados, não há garantia alguma de que eles integrem os elencos que disputarão as competições municipais e estaduais em 2020.

  “A categoria que mais foi selecionada foi a sub-11, enquanto a sub-17 foi a que teve menos aprovados: de aproximadamente 200 garotos inscritos, apenas quatro ou cinco foram pré-selecionados para estarem com o grupo, mas isso não quer dizer que eles continuam”, finalizou o diretor.

“Sempre avançar”

  Com grandes metas na temporada de 2020 e com a sequência da parceria com o Tupynambás nas categorias de base, Matta revelou ao Toque as perspectivas da diretoria acerca do ano do projeto após várias conquistas em 2019.

  “A visão do projeto é sempre avançar. Avançar na perspectiva de infraestrutura, de formar melhor nossos treinadores, na qualidade dos atletas, entre outros fatores. Temos que saber que o esporte de alto rendimento é conquista, não tem jeito. Vamos ser uma equipe competitiva no Campeonato Mineiro sub-15 e sub-17. O primeiro objetivo é manter a equipe na primeira divisão em 2021, mas queremos mais”, contou Matta.

Equipe sub-17 foi campeã mineira da 2ª divisão em 2019

Queremos a Copa!

  Entre as metas, uma chama atenção: Copa do Brasil. Segundo o diretor, a ideia é que a categoria sub-17 esteja em condições de garantir vaga na maior competição da categoria em 2021. Para isso, a UFJF deve conquistar, ao menos, o vice-campeonato Mineiro.

  “No sub-17, temos uma meta muito arrojada: classificar para a Copa do Brasil da categoria em 2021. Sabemos que é muito difícil, mas vamos tentar. As categorias sub-11, sub-12 e sub-13 têm que ser mais competitivas e temos que ter a sub-15 fazendo uma boa competição”, concluiu o diretor.

Texto: Toque de Bola – Pedro Sarmento 

Fotos: Rise Up Mídia

Deixe seu comentário