Vai rolar a bola no Estadual!

Campeonato Mineiro – 1ª rodada (clique para ampliar)

  Com o Tupynambás como representante de Juiz de Fora, começa nesta terça, dia 21, o Campeonato Mineiro de 2020. A competição terá em sua primeira partida um estreante na Primeira Divisão de Minas Gerais, o Coimbra, que recebe a URT, às 20h, no Independência, local escolhido pelo clube de Contagem para mandar seus jogos.

  Além do confronto entre o debutante na elite do Estadual e equipe de Patos de Minas, o primeiro dia do Mineiro 2020 marca a estreia de um dos grandes do estado. O Atlético vai até o Parque do Sabiá encarar o Ubelândia, às 21h30. Esta será a primeira partida do técnico venezuelano do Galo da capital, Rafael Dudamel, que faz mistério quando à equipe que levará a campo na estreia. Outros quatro jogos, incluindo a estreia do Baeta e do Uberlândia do técnico juiz-forano Felipe Surian completam a rodada na quarta, dia 22 (veja tabela ao lado).

Em reformulação

Técnico Dudamel é a principal novidade no Atlético

  Com a contratação do técnico estrangeiro como seu principal reforço, o Atlético passa por um processo de reformulação em relação ao time de 2019. Mesmo assim, com jogadores como o experiente goleiro Victor; os zagueiros Réver e Igor Rabello; os laterais Fábio Santos e Patrick; além das contratações do volante Allan, ex-Fluminense, do meia colombiano Dylan Borrero; e do atacante Hyoran, ex-Palmeiras, o Alvinegro de Belo Horizonte é um dos favoritos ao título.

  No arquirrival atleticano, a crise instalada no fim de 2019 com a investigação da polícia civil sobre administração do clube não dá sinais de que será resolvida tão cedo. O Cruzeiro já perdeu diversos titulares como o volante Henrique, o lateral-esquerdo Egídio e o lateral-direito Orejuela por não aceitarem redução salarial – o time tem um teto de R$ 150 mil por mês para os jogadores para 2020. Em litígio com o clube desde o fim da última temporada, o meia Thiago Neves é outro que não continuará. O time também está prestes a perder o zagueiro Dedé, o meia Rodriguinho e o atacante Fred. Por outro lado, o goleiro Fábio, o zagueiro Léo e o lateral-direito Edilson garantiram permanência na Raposa.

Sem mistério

Rodriguinho (esq) pode deixar o time de Adilson (dir)

  Com a base do time que bateu na trave do acesso para a Série A do Campeonato Brasileiro, o América do técnico Felipe Conceição, ex-jogador de Botafogo e Tupi, aposta no conjunto para o Mineiro 2020. Com contratações pontuais para os três setores do campo, embora a referência de qualidade da equipe continue a ser o meia-atacante Matheuzinho, o Coelho espera surpreender, aproveitando a crise e a reformulação dos rivais de Belo Horizonte.

  Entre os times do interior, Boa Esporte e Tombense, adversário do Baeta na estreia, têm vaga garantida em competição nacional e vão usar o Campeonato Mineiro para tentar acertar seus elencos para a disputa da Série C do Campeonato Brasileiro. Já uma possível briga pelo título do Estadual depende de uma má fase dos times de Belo Horizonte, somada ao encaixe rápido das peças dos elencos reformulados das equipes de Varginha e Tombos.

Pelo calendário

Surian comandará o Uberlândia no Mineiro 2020

  Sete times, entre eles o Tupynambás e o Uberlândia – do técnico juiz-forano Felipe Surian e seu conterrâneo, o volante Leandro Salino – entram no Campeonato Mineiro com o foco inicial voltado para a permanência na elite do Estadual. Além das duas equipes, Caldense, Patrocinense, URT, Villa Nova e o estreante Coimbra vão buscar pontos para garantir estadia na Primeira Divisão de Minas por mais um ano. Mas, a conquista desse objetivo deve levar a outros indiretos.

  O primeiro colocado do interior, mesmo que não se classifique para as semifinais do Mineiro, fará jus à uma das duas vagas de Minais Gerais na Série D do Campeonato Brasileiro 2021 – a outra será do time interiorano na semifinal neste cenário. Isso porque, Tombense e Boa Esporte já disputam a Série C; Cruzeiro e América estão na Série B; e o Atlético é o representante mineiro na Série A. 

Regulamento

  A primeira fase do Mineiro 2020 será disputada em turno único, com todas as equipes se enfrentando. Os quatro primeiros colocados avançam para as semifinais do Estadual que passa a ser disputado em sistema de mata-mata, em cruzamento olímpico (1º x 4º e 2º x 3º) com jogos de ida e volta até a última partida da decisão, prevista para o dia 26 de abril.

  Novidade para nesta temporada, o Troféu Inconfidência reunirá os times de quinto a oitavo, também em cruzamento olímpico. O vencedor deste mata-mata conquista o novo torneio. As duas equipes de pior colocação na primeira fase do Mineiro 2020 serão rebaixadas para o Módulo 2 em 2021. 

Texto: Toque de Bola – Wallace Mattos

Fotos: Facebook Atlético-MG; Facebook Cruzeiro EC; Facebook Uberlândia EC

Arte: Toque de Bola com informações da Federação Mineira de Futebol (FMF)

Toque de Bola

Ivan Elias, associado do Panathlon Club de Juiz de Fora, é jornalista, formado em Comunicação Social pela UFJF. Trabalhou por mais de 11 anos no Sistema Solar de Comunicação (Rádio Solar e jornal Tribuna de Minas), em Juiz de Fora. Já foi freelancer da Folha de S. Paulo, atuou como produtor de matérias de TV e em 2007 e 2008 “defendeu” o Tupi, na Bancada Democrática do Alterosa Esporte, da TV Alterosa (SBT-Minas). É filiado à Associação Mineira de Cronistas Esportivos (AMCE) e Associação Brasileira de Cronistas Esportivos (Abrace).

Deixe seu comentário