Renan Rinaldi fora do Mineiro!

Goleiro Renan Rinaldi teve ruptura do tendão de Aquiles

  Os exames realizados pelo goleiro do Tupynambás, Renan Rinaldi, confirmaram o pior cenário, e o camisa 1 do Baeta está fora do Campeonato Mineiro 2020.

  Realizada na manhã desta segunda, dia 27, a ressonância magnética feita no atleta apontou ruptura total do tendão calcâneo – popularmente conhecido como tendão de Aquiles – do pé esquerdo. O jogador terá que passar por procedimento cirúrgico, inicialmente agendado para esta terça, dia 28, no fim da tarde. O cirurgião responsável será o ortopedista Thiago Resende, da equipe da Pró Sport, parceira do departamento de saúde do Baeta, chefiado pelo fisioterapeuta Marco Aurélio “Dezoito” Del Papa. 

Recuperação longa

  O período de recuperação estimado é de cerca de seis meses, como no caso do centroavante Adriano, que sofreu lesão semelhante quando atuava pelo Corinthians, em 2011. Desta maneira, o arqueiro do Leão do Poço Rico está fora do Estadual e, permanecendo no clube, deve desfalcar o time de Juiz de Fora em boa parte da disputa da Série D do Campeonato Brasileiro, prevista para ser iniciada em maio.

  Renan se contundiu praticamente no primeiro lance do confronto do último domingo, dia 26, com o Atlético, no Independência, em Belo Horizonte. Logo aos 5 minutos, ao apoiar o pé esquerdo para encaixar uma cabeçada do volante atleticano Jair, o goleiro do Baeta escorregou. Na sequência, foi ao solo pedindo atendimento imediato.  Aos 8, foi substituído pelo reserva Bruno Hargreaves, deixando o campo chorando muito. O atleta viu do banco seu companheiro sofrer os cinco gols que deram a vitória por  5 a 0 para o time belorizontino no jogo válido pela segunda rodada do Mineiro 2020.

Bruno (azul) atuou contra o Atlético no domingo

Ida ao mercado

  Com a contusão de Renan, o Baeta tem à disposição no atual elenco Bruno Hargreaves e Marcos Gato. O segundo ainda não teve sua documentação junto à CBF regularizada até as vésperas do jogo contra o Atlético. Mas, nos bastidores do Baeta a avaliação é de que ambos ainda não estão prontos para assumir a camisa 1 do Leão do Poço Rico.

  Neste cenário, o Tupynambás deve ir aos mercado para tentar contratar um goleiro. Paralelamente, outra contratação necessária para o Baeta é um treinador. Com a saída de Paulo Campos na última sexta, dia 24, o auxiliar Zé Luís Peixoto assumiu o cargo de forma interina. Ele irá comandar a equipe no confronto com o América, na quarta, às 20h, em Juiz de Fora, mas o clube tem intenção de contratar um novo técnico. Mas a urgência com o arqueiro deve adiar um pouco esses planos. 

Texto: Toque de Bola – Wallace Mattos

Fotos: Toque de Bola; e Bruno Cantini/Agência Galo 

Arte: Toque de Bola com foto da Rise Up Sports

   

Toque de Bola

Ivan Elias, associado do Panathlon Club de Juiz de Fora, é jornalista, formado em Comunicação Social pela UFJF. Trabalhou por mais de 11 anos no Sistema Solar de Comunicação (Rádio Solar e jornal Tribuna de Minas), em Juiz de Fora. Já foi freelancer da Folha de S. Paulo, atuou como produtor de matérias de TV e em 2007 e 2008 “defendeu” o Tupi, na Bancada Democrática do Alterosa Esporte, da TV Alterosa (SBT-Minas). É filiado à Associação Mineira de Cronistas Esportivos (AMCE) e Associação Brasileira de Cronistas Esportivos (Abrace).

Deixe seu comentário