Quase inversão de mando, adiamentos e despedidas: a 2ª rodada do Mineiro!

Programado para o Almeidão, Tombense x Cruzeiro foi adiado

  Após uma segunda rodada “quase inversão” de mando de campo e adiamentos por conta das fortes chuvas que atingiram o estado, o Campeonato Mineiro 2020 teve mudanças nas partes de cima e de baixo da tabela. Embora a competição esteja apenas em sua segunda série de jogos, dois treinadores já se despediram se suas equipes.

  Com a goleada sobre o Tupynambás, comandado pelo técnico interino Zé Luís Peixoto, o Atlético assumiu a liderança isolada da competição e empurrou o Baeta para a lanterna. No duelo de alviverdes, a Caldense venceu o Uberlândia; enquanto a URT derrotou o Patrocinense; e Boa Esporte e Coimbra ficaram no 0 a 0.

Chuvas fortes

  Na partida que abriria a segunda rodada do estadual em Tombos, nada de bola rolando. Por conta do alagamento de parte das estradas de acesso à cidade da Zona da Mata nas fortes chuvas que caíram na região, a delegação da Raposa não conseguiu chegar ao local do confronto. 

Resultados da 2ª rodada do Mineiro (clique para ampliar)

  Assim, o duelo entre Tombense e Cruzeiro foi adiado, e a delegação celeste retornou para Belo Horizonte vinda de pernoite em Muriaé. A nova data para o embate é o dia 22 de fevereiro, sábado de Carnaval.

Sem jogo e sem técnico

  Outro jogo da rodada que foi cancelado foi o duelo entre Villa Nova e América. A Federação Mineira de Futebol (FMF), inicialmente, manteve data e horário da partida, mas mudou o local para o Independência. Isso inverteria o mando de campo, embora o Leão do Bonfim tenha indicado o estádio como alternativa para jogos da televisão.

  Com a negativa do time de Nova Lima em atuar, conseguindo liminar no Tribunal de Justiça Desportiva de Minas Gerais (TJD-MG) para que a partida não fosse realizada em Belo Horizonte, o duelo foi adiado e ainda não tem data definida. O curioso é que, mesmo sem entrar em campo, o Coelho perdeu seu treinador. Felipe Conceição aceitou proposta do Red Bull Bragantino e se despediu do América no domingo, dia 26, sendo segundo a se desligar do comando de uma equipe no Mineiro 2020, dois dias depois de Paulo Campos deixar o Baeta.

Chuva de gols

Gabriel sobe para fazer o primeiro do Atlético no Baeta

  Na primeira partida fora de casa no Mineiro, o Tupynambás não fez frente ao Atlético. Com a lesão do goleiro Renan logo aos 5 minutos e a expulsão de Henrique aos 21, o Baeta foi presa fácil para os comandados de Rafael Dudamel. Com gols de Gabriel, Maílton, Fábio Santos, Di Santo e Bruno Silva, o alvinegro fez 5 a 0 e assumiu a ponta da tabela.

Duelo alviverde

  No sábado, dia 25, em Poços de Caldas, a Caldense venceu o Uberlândia por 2 a 0. A Veterana começou com um ritmo forte dentro de casa e marcou logo aos 7 minutos com João Victor, após boa jogada de Nathan. Na sequência, os visitantes equilibraram as ações, mas desperdiçaram muitas oportunidades de gol.

  Na volta do intervalo a Caldense começou mais ligada. Aos 18 minutos, João Victor marcou mais um, mas, em posição irregular, teve o gol anulado. A Veterana continuou pressionando e fechou o placar no fim, com André Mensalão, após bate rebate dentro da área.

Em Patos de Minas, Ronigol!

Roni marcou o segundo gol em dois jogos

  Assim como no empate da estreia, o atacante Roni precisou de apenas uma chance para dar a vitória para a URT diante do Patrocinense por 1 a 0 no Estádio Zama Maciel, em Patos de Minas.

  Após uma primeira etapa equilibrada com bolas na trave de ambas as equipes e muito trabalho para os goleiros, a URT dominou o Patrocinense na segunda etapa. As mudanças do técnico Ademir Fonseca funcionaram e Roni abriu o placar aos 13 minutos, após belo passe de Pitbull.

Nada de gols!

  Debaixo de muito sol, Boa Esporte e Coimbra não saíram do 0 a 0 na manhã deste domingo, dia 26, no Estádio Melão. Com um primeiro tempo melhor da equipe visitante, os donos da casa voltaram mais fortes e dominaram o segundo tempo. Com um alto número de chances criadas e nenhuma convertida, o Boa conquistou seu primeiro ponto no estadual, enquanto o Coimbra já acumula dois pontos na tabela.

Texto: Pedro Sarmento – Toque de Bola
Fotos: Tombense/Divulgação; Bruno Cantini/Atlético; Gilber Barros; FMF

Toque de Bola

Ivan Elias, associado do Panathlon Club de Juiz de Fora, é jornalista, formado em Comunicação Social pela UFJF. Trabalhou por mais de 11 anos no Sistema Solar de Comunicação (Rádio Solar e jornal Tribuna de Minas), em Juiz de Fora. Já foi freelancer da Folha de S. Paulo, atuou como produtor de matérias de TV e em 2007 e 2008 “defendeu” o Tupi, na Bancada Democrática do Alterosa Esporte, da TV Alterosa (SBT-Minas). É filiado à Associação Mineira de Cronistas Esportivos (AMCE) e Associação Brasileira de Cronistas Esportivos (Abrace).

Deixe seu comentário